Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

terça-feira, outubro 23, 2007

Refugo

São onze.
Doze, com boa vontade.
Um homem olha para o banco e só vê canastrões... Celsinho. Purovic. Had. Um gasto de espaço no avião.
- É preciso meter alguém.
O montenegrino bom - porque o outro, daqui para a frente, será o montenegrino mau - só dura 45 minutos. No campo, o russo também dá o berro. Os italianos vão por ali fora.
- É preciso meter alguém.
Quem, deus do céu, quem? Paredes... Gladstone.. Felizmente, deixou-se o sueco em Lisboa. O Moutinho já não pode. O Tiago nunca pôde. E aí vêm eles outra vez.
- É preciso meter alguém!
O Djaló é uma sombra do que foi no ano passado. O Romagnoli rebentou.
- É preciso meter alguém!
O Tonel, sem Polga, é como o Benfica sem os árbitros: precisa de muletas. O Veloso, ali, mete dó. Era, de facto, preciso meter alguém, mas... só há onze. Doze, com boa vontade.
O resto é refugo.

12 Comments:

At terça-feira, 23 outubro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Houve alturas em que desejei o Paulinho no centro, mas depois...
O jeito que tinha dado um Soares na frente de ataque, um malabarista como o Freitas no vértice atacante, um esquerdino ziguezagueante, como o Miguel, um gajo na direita como o Eduardo.
O vértice atacante foi o que nos faltou, raios partam o Freitas!

Mesmo assim, grande joga e mais uma derrota injusta.
Fizémos o suficiente para em Roma sermos mais papistas que o Papa.

 
At terça-feira, 23 outubro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Mais, ou o Veloso, apesar da posição, o Moutinho, o Romagnoli e o Liedson, assumem posições decisivas e titulares nesta equipa, ou então deixo de ver estes jogos.
Com o Adrien no banco, é lamentável deixar o Veloso de fora.

 
At terça-feira, 23 outubro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

O Bulhão ao seu melhor nível...

Só rir... o texto e a vossa equipa...

Clap, clap, clap...

 
At terça-feira, 23 outubro, 2007, Blogger Insurrectodisse...

volta Ricardo...

 
At terça-feira, 23 outubro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Anónimo, proponho-te esperar 24 horas até te começares a rir.
É mais saudável. O diafragma vai-se largando aos poucos e depois podes extravazar.
Atenção às contracções repentinas, podem causar depressão, o alcoolismo que habitualmente acompanha, e pior, a unhaca do mindinho passa a crescer mais depressa.

 
At quarta-feira, 24 outubro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Insurrecto, volta Simão...

 
At quarta-feira, 24 outubro, 2007, Blogger Insurrectodisse...

O Simão vai voltar e não vai demorar muito...

 
At quarta-feira, 24 outubro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

E os comentários do Paulo "Risquinho ao Meio" Bento no final do jogo? O primeiro objectivo e o segundo objectivo e no fim saíu-lhe o terceiro objectivo. Não há quem aguente tanto objectivo.

 
At quarta-feira, 24 outubro, 2007, Blogger Jedi Master Atomicdisse...

Nã nã bulhão. Ele tinha um "não canastrão" no banco. Chama-se Adrien.

Mas como a logica dos treinadores portugueses é dificil de entender, eu, em 1ª mão, vou explicar porque ele nem o considerou para entrar.

Atenção......tcham....tcham.....é para o proteger.

 
At quarta-feira, 24 outubro, 2007, Blogger Metralhadisse...

Com a azia que estou só mesmo o Bulhão para me fazer rir.

Lembram-se do defesa esquerdo que jogou nos ultimos minutos com o Bétis?

É português nascido em França e disseram-me que num jogo é capaz de correr mais que o Paredes na carreira inteira.

 
At quarta-feira, 24 outubro, 2007, Blogger El Pibedisse...

A roma viu-se á rasca para nos ganhar. Essa é que é essa! Catano!!!

 
At quarta-feira, 24 outubro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Vejam um Balanço feito entre a percentagem de jogadores aproveitados com base nas contratações VS Formação.

http://forumsporting.com/forum/viewtopic.php?t=4229

Ficaram chocados com algumas conclusões.

 

Enviar um comentário

<< Home