Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

terça-feira, setembro 11, 2007

Um dardo tranquilizante para o Mais Futebol

Sou um estudioso de notícias cretinas. Colecciono-as. Guardo-as ciosamente. É verdade que, nos jornais respeitáveis, as notícias cretinas escasseiam, mas felizmente não há muitos desses.
Por estes dias, tem havido pouco para escrever. Parece que a Mariza foi nomeada para um Gremlin, ou coisa assim, mas eu percebo pouco de música. Para esse tema, há vários especialistas em Portugal. E dos bons! Ora, não havendo bola a sério até ao próximo fim-de-semana, o Mais Futebol teve de se desenrascar. E juntou, num cocktail delicioso, ciência e desporto. Aqui
Nota-se, em primeira leitura, grande sintonia do autor com o tema. A prosa poderia – e deveria! – ter nascido da prodigiosa fonte de criatividade que é a taberna. Arrisco-me até a dizer que, no Mais Futebol, a mama recebe um tratamento mais digno do que aquele que a literatura normalmente lhe reserva. Basta lembrar que n’ “O Codex 632” José Rodrigues do Santos descreve secamente como a prostituta sueca se oferece para dar a provar ao herói o leite de mama, esse néctar dos deuses. Ora, leite de mama provámos todos – excepto o Nelinho da minha rua, que foi enjeitado. Não fazendo gala disso, é néctar que só entusiasma em dias de festa. Ainda hoje, no autocarro, uma senhora me ofereceu uma golfada, mas eu recusei porque enjoo com o movimento.
Ora, dizia eu, o Mais Futebol rompeu convenções literárias e restituiu dignidade à mama balouçante.
É dos livros que o recurso aos números ajuda a estabelecer a autoridade do especialista. Por isso, o repórter fuzila-nos com a perspectiva de “uns assustadores 21 centímetros” de mama balouçante na prática desportiva, um registo suficiente para vazar a vista a alguém.
E mais: “as mamas modernas balançam mais do que as antigas, que não ultrapassavam uns moderados 16 centímetros”, cita ainda o especialista. A bem da verdade, eu não sou perito nestas coisas da gravidade. Desconhecia até o horror dos rankings. Não vou ser ingénuo ao ponto de dizer que pensava que estava tudo bem no mundo da mama e do desporto. Evidentemente, havia no horizonte sinais preocupantes, que prenunciavam a tempestade mamilar, mas nunca cuidei que estivéssemos perante uma epidemia. É que cinco centímetros fazem a sua diferença! Ora perguntem ao alpinista João Garcia: com cinco centímetros de nariz, ele ainda cheiraria o odor da cabidela no tacho!
Com uma certa perfídia, o repórter vai mais longe e acena com a perspectiva assustadora de que até “as senhoras de mamas mais humildes” também podem sofrer. Não explica, é certo, se a mama é humilde por uma questão de estrato social ou de personalidade (Conheço meia dúzia de mamas e há algumas que têm um feitio levado do diabo!). Mas, pretensiosa ou humilde, a mama passa a dispor de uma luz ao fundo do túnel, por assim dizer: já há suportes especiais no mercado, anuncia o jornal online. Mesmo aí, porém, há que ter cuidado com os vendedores de banha da cobra: é que os suportes existentes no mercado “ainda não são inteiramente confiáveis, já que as mamas também balançam para os lados”.
Leio numa revista etnográfica que, na Irlanda celta, era costume os vassalos jurarem fidelidade ao soberano sugando-lhe vigorosamente um mamilo. Parece-me que, embora seja um costume requintado [porque não impô-lo em cada sessão do nosso parlamento? Cada deputado da nação passava rapidamente pela mesa da presidência e sugava um mamilo do Mota Amaral!], essa moda não pegará.
A dimensão crescente da mama balouçante do Mais Futebol torna-a tristemente impraticável.

29 Comments:

At terça-feira, 11 setembro, 2007, Anonymous RRdisse...

Passámos das meninas do Ronaldo para as comuns mamas das inglesas.

Posso-vos assegurar, vivendo em terras de sua majestade, que há para aqui muitas que não foram feitas para o desporto!

Pôr algumas meninas destas a fazer desporto devia ser proibido por razões de segurança pública!

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Diego Armésdisse...

HHu-hrum... Bulhão, e se o meu amigo deixasse o Mais Futebol e passasse a ler o Público, por exemplo, ou mesmo o Expresso ou até, quem sabe, o Diário de Notícias (belhéque...)? O Mota Amaral?! Ora, faça lá melhor as contas, que aquele bordel já não tem o mesmo dono...

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Sancho Urracodisse...

Mais balouçantes, mais humildes, ou mais qualquer coisa, uma mama é sempre uma mama. E eu cá gosto muito de mamas!

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Até porque se o Mota Amaral ainda andasse pela mesa da presidência, dizem as más linguas que essa moda pegava num instantinho.
Jesus, Maria, José!

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Anonymous Juvenenodisse...

És um velho perverso Sancho. E eu que aqui tanto pugnei pela tua liderança deste blog. Afinal prefiro o Bulhão, mesmo com a costela de pastel e de lampião que existe nele.

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Diego Armésdisse...

Não sei, porém, Visigordo, se o ritual no mamilo o seu ponto-chave... Isto, pelo que ouvi dizer. Já se sabe que o tuga tem uma língua que é um perigo. Pior só se fosse bífida.

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger LionHeart (o autêntico)disse...

Mas há uma deputada do Bloco de Esquerda a quem eu não me importava nada de prestar esse tipo de vassalagem.

Com sorte ainda lá ficava dependurado por algum tempo.

De resto, estou com o Sancho. Pequenas ou grandes. Paradas ou balouçantes, mais ou menos afectadas pela gravidade, pretas, brancas, amarelas e até vermelhas (tipo "bifa" ao sol), nunca são demais. Eu pelo menos nunca me farto...

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Consta por aí que o seu ponto-chave está pendurado na medalha da Grande Loja que pende entre os piercings nos mamilos, curiosamente a fazerem as vértices da linha horizontal do pentagrama tatuado no peito, mas repito, isso é o que diz por aí, e quanto a isso do que se diz por aí, cruzes, credo, que isto do povo não é de confiar.

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Consta também que a corrente está lassa.

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

De facto, não é o Mota Amaral. Foi um lapsus linguae. Cuidei que ainda era. Mota Amaral parecia-me - e é um elogio e pêras! - um líder merecedor de um bom mamilo sugado. Agora o Jaime Gama...

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Visigordodisse...

O Jaime Gama já tem que lhe chegue, ou como é que tu julgas que chegou a uma copa C?

 
At terça-feira, 11 setembro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Tens aí o teu exemplo, Diego, pior que bífida, só a dada a lapsus.
O povo é danado, é o qu'eu te digo!
Por falar nisso, e a história dos pais irem embora a fugir com o cu à seringa. Os biltres, culpados de tudo e mais alguma coisa e piram-se. Par'mim, faziam-se já milícias qu'era para verem o qu'era bom p'á tosse!
Acabava-se logo com essa malta que vem para os blogs dizer o que não é verdade, ainda considera certa gente (que os há) merecedora de um mamilo sugado, e pior, um gajo que começa o texto a falar nas mamas da Mariza e não voltar a elas. Nem que fosse para dizer que até os pequenos pelos que envolvem a auréola levam gel.

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Anonymous Pibermandisse...

"Mais vale uma na mão, que duas no soutien..."
Poético.

Eu estou com o Sancho!

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Ah, perdão, discordo. A citada mama do Jaime Gama não me entusiasma.

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Francisdisse...

pode ser que o dalai lama cumpra a tua fantasia com o jaime gama...

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Muito baixo, senhor Francis, muito baixo.

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Agora que falas nisso, se calhar, era um costume que tinha alguma graça impor aqui no blogue. Os senhores chegavam a esta caixa de comentários, sugavam ao de leve um mamilo do promotor da casa e lançavam-se então na escrita livre e descomprometida.
Aos senhores, não custava nada. A mim, era um gosto que me faziam!

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger O 7 Malditodisse...

As semanas de selecção são a silly-season do futebol nacional...
Valham-nos as mamas.

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Lars o Kirkdisse...

Venha o diabo e escolha, mas a julgar pelas respectivas fisionomias, estou inclinado a preferir uma mama do Jaime Gama às duas do Mota Amaral. As últimas parecem-me serem um bocadinho secas...

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Eu sempre achei que as mamas do Narana Coissoró tinham um encanto exótico.

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Francisdisse...

Caro Bulhão,

O Dalai Lama goza de estatuto de intocavél, aqui no blog ?

E as mamocas da Ana Drago ?

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Entre a Ana Drago e o Dalai Lama, eu prefiro a Joana Amaral Dias

 
At quarta-feira, 12 setembro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

(falava em golpe baixo, porque a história do mamilo gentilmente sugado não é uma fantasia minha. É uma aspiração, digamos).

 
At quinta-feira, 13 setembro, 2007, Blogger Visigordodisse...

Resposta óbvia. Toda a gente prefere a Joana, o pior é quando ela abre a boca ou se torna mandatária do Soares... e já que falamos em mamas...

 
At quinta-feira, 13 setembro, 2007, Blogger Sirdisse...

O Jaime Gama pode ter umas saborosas mamas, mas o Mota Amaral mama muito melhor. Contaram-me.

 
At quinta-feira, 13 setembro, 2007, Blogger Leão Verdedisse...

O sérvio é que mamou do scolari...

 
At quinta-feira, 13 setembro, 2007, Blogger Antão Bordoadadisse...

O brasuca é tão triste que falhou e fugiu. Está mais do que na hora de lhe acabarem com a mama. Aposto que até a nenuca bloquista lhe dava uma coça.

PS- Atraso nenhum, Bulhão. Corte, ergo, ROUBO.

 
At sexta-feira, 14 setembro, 2007, Anonymous Várzea do Lagarto Embuchadodisse...

Ó Bulhão, à conta do tema anda tudo doido!... O Jaige Mama, o Dalai Mama, o Mamará Coissoró e até a Joana Mamaral Dias!... Venha o campeonato!
Saudações!

 
At sexta-feira, 14 setembro, 2007, Blogger Diego Armésdisse...

Correcção: o PEITO da Ana Drago. Vamos lá a cuidar do rigor. Mamas tem o Jaime Gama...

 

Enviar um comentário

<< Home