Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

segunda-feira, abril 23, 2007

Mito Urbano

Depois de José António Lima, António Lobo Antunes, Férenc Meszaros e José Quitério, temos a honra de apresentar o quinto colunista convidado do Mãos ao Ar. É verdade que não lhes pagamos. Na maior parte das vezes, nem sequer agradecemos. Mas, mesmo assim, esta gente continua a aceitar escrever aqui. Terão seguramente um pirolito a menos, mas nós aproveitamo-nos deles sem um pingo de vergonha.
Sem mais introduções, a prosa que se segue é da responsabilidade do Visigordo.

«Já todos nós ouvimos falar em mitos urbanos, mais localizados ou mais globais, todos nos questionámos por uma vez se tal fenómeno, assim e assado, seria verdade ou não.
Há um em particular que me entusiasma, e por mais que consulte nos jornais as páginas de classificados, não percebo onde é que está a falta de veracidade nisto. Falo obviamente do mito urbano da existência de 7 mulheres para cada homem.
Outros há igualmente interessantes, como a combustão espontânea, o Blair Witch Project à portuguesa na Serra de Sintra, o Holocausto visto pelo Nacional-Socialismo, etc.
É um nunca mais acabar de coisas que qualquer um de nós, com maior ou menor capacidade criativa, poderá inventar, só ficando dependente da nossa convicção na hora em que tivermos de puxar pelo poder argumentativo. Se se quiser reduzir as doses na capacidade criativa, convicção ou poder argumentativo, posso adiantar-vos desde já, que terão de aumentar em sentido proporcional a capacidade selectiva da plateia que vos ouve. O Homem sonha, o mito urbano aparece.
O que isto tem de bom é que, volta, não volta, dá-nos tema de conversa entre imperiais e caracóis, possibilita-nos meter conversa no elevador com aquela secretária que trabalha no terceiro piso e pode-nos até chegar a servir de desculpa quando a esposa já nos espera a uma hora que nem nós sabemos qual é. O que tem de mau é.....bem, no fundo não é nada, não aquece nem arrefece.
Há no entanto um, e não querendo entrar em questões transcendentais, esotéricas, teológicas, e, nem no tarot da Maya, ao qual é impossível ficar indiferente. O Benfica!
Eu sei que o Benfica dos sextos lugares, do Vale e Azevedo, dos 7-0, dos 7-1, do Veiga e do Vieira, o Benfica que nada ganha, não é um mito, infelizmente ele existe. Assim como existe uma prova palpável, incontornável na arquitectura lisboeta, da sua existência, um bloco de cimento, vulgo mamarracho, a que orgulhosamente os seus adeptos chamam de catedral. Se acreditasse em Deus, de cada vez que se chama àquilo catedral, acredito que Deus diria “Valha-me minha nossa senhora!”.
Não falando de um estudante do antigo 9º ano de Art & Design, afinal não adiantaria grande coisa à prosa opiniões especializadas ( a conversa poderia tornar-se demasiado técnica), mas aos olhos, por exemplo, de qualquer moça nova aprendiz de bordados e bilros, aquilo não é mais do que um vómito de cimento que o bairro de Benfica teve, um protesto das entranhas da Terra que não estavam preparadas para deglutir um Colombo ali tão perto com uma sobremesa daquelas. O Al Gore bem avisa que é preciso preservar, mas parece que ninguém o ouve.
Não! Não falo desse Benfica. Esse é o Benfica que existe, de facto. Falo do outro, do mito urbano. Só que este é um daqueles mitos urbanos que chateiam, qual melga em noite de Verão, que, por mais que se sacuda, teima em largar o seu bzzzzz na nossa orelha para nos atormentar. Falo daquelas melgas que, já sabem que se chegam perto, apanham. Mas têm sempre, durante a noite inteira de fazer bzzzzz, nem que seja a uma distância em que, mesmo no escuro, não é possível provocar-lhes um traumatismo craniano.
Desde sempre que guardo na memória uma frase que ouvi repetidas vezes a um avô meu: “O que é demais, é moléstia!”.
Vem isto a propósito das demasiadas vezes que ouço: “campeões somos nós”; “somos os maiores do mundo”; “vivem em função de nós”; “se não fôssemos nós, vocês não existiam”, e a minha preferida, “contra tudo e contra todos”.
Nos últimos 10/20 anos, esta gente não ganha nem um décimo do que o que lhes permitiria tamanhas veleidades, no entanto, é vê-los por aí a comemorarem records do Guiness aos quais, os vencidos afirmaram nem saber existir tal coisa, não estarem minimamente preocupados com isso, porque mais do que isso têm eles, e isto sem contar com as gamebox lá do sitio vendidas este ano.
Nos últimos 10/20 anos, têm passado por enxovalhos atrás de enxovalhos e nem assim baixam a crista, comemoram a eleição do vigésimo clube mais rico do mundo (isto foi o que passou nos media, mas não foi do que se tratou), quando no dia seguinte pedem um empréstimo obrigacionista de 20 milhões para pagar um de 15.
Nos últimos 10/20 anos, queixam-se constantemente dos media e eu acho que nem Salazar, em Portugal, teve tão boa propaganda. Para os media, o Benfica também é o maior e o que os faz vender. O curioso é que quando há bronca no Benfica, as edições esgotam e tiram-se várias edições, afinal o povo gosta de rir. Quando não há...os resultados estão à vista, têm vindo por aí abaixo. Ou será um sinal de que cada vez são menos?
Nos últimos 10/20 anos, dizem ser 6 milhões, só em Portugal.. Pois serão, mas como é que chegaram a esse número? Através dos estudos que o seu presidente mandou fazer em que até conseguiu deportar alguns de cá para a Indochina? Expressem-no! Por exemplo, se o Sporting tivesse tamanha massa associativa, venderia a totalidade dos lugares do seu estádio no inicio de cada campeonato. O Benfica não o faz, porquê? Quando o Sporting está por baixo, nos jogos de campeonato, e não aqueles a meio da semana e a horas em que é suposto trabalhar-se, mete no mínimo 20.000/30.000 pessoas. Neste projecto de estádio da Luz já vi assistências que não deveriam ir além das 10.000. Trata-se de quantidade sem qualidade? (Quanto a esta, é simplesmente retórica).
Nos últimos 10/20 anos, chateiam tudo o que é gente adepta de qualquer outro clube e não têm a noção que se está tudo marimbando para eles. E é aqui que importa acabar com este mito urbano. Qual louco internado na ala esquizofrénica do Júlio de Matos, também eles deveriam ser internados.
Melhor, deveriam levar com um tratamento idêntico ao visionado no 1984 do Orwell, até concordarem que se estão a pôr em bicos de pés, e a seguir levavam com O Processo de Kafka, só até verem que também em Portugal existe mais do que um clube e nem todos queremos saber o que lá se passa. Ou pelo menos o que não seja para rir. Porquê, perguntariam? Lá está! Também eu passo pelo pelo mesmo Processo há imensos anos e pergunto-me porquê. Não entendo e custa-me a acreditar.
O curioso nisto tudo é que quando era pequeno e já ligava ao futebol, o Benfica até ia ganhando uma coisita ou outra e não me lembro deste constante zurzir do “campeões somos nós” existir.
A actual geração de fãs do Benfica é doentia, melhor, é doente e precisa de acompanhamento. Só vêm o Benfica campeão, gritam a plenos pulmões que ninguém os pára, quando é raro o borra-botas que não o faz, e já vêm o Barbas e o Jorge Máximo a serem canonizados.
Como tudo isto se passa só em sonhos, Carl Jung talvez conseguisse explicar.
Eu não.»

52 Comments:

At segunda-feira, 23 abril, 2007, Anonymous paulo_marquesdisse...

ó bulhão, mas que sacrilégio.. se te apanham imolam-te qual joana d'arc. esqueceste de alguns mitos, tipo serem o único clube que tem uma sinfonia,embora ninguém ouça aquela merda, ou o do sempre presente e eterno nuno gomes goleador, ou o recorrente do novo eusébio, que agora até já são mais maleáveis e não exigem que seja preto, pode até ser chinês o ilustre sucessor de akwá e de mantorras. já agora, uma dúvida que sempre me atormentou... se há tantos carlos manueis e artures jorges e outros mais em honra a essas velhas glórias lá do estaminé, porque não pululam por aí os eusébios da minha infância?... esse é o maior mito de todos..

 
At segunda-feira, 23 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

vai trabalhar bulhão...

Ass: Chefe

 
At segunda-feira, 23 abril, 2007, Blogger Guitarristadisse...

Epá... a sabedoria popular às vezes simplifica a questão: no melhor pano cai a nódoa. O Mão ao Ar fez de pano... Mau demais este texto.

 
At segunda-feira, 23 abril, 2007, Blogger Sirdisse...

Foi mesmo o visigordo que escreveu isto, não foi? Nota-se. Falta-lhe aquela toque de genialidade à la Bulhão. A distinção. Há coisas aí proferidas que, não tendo piada, não passam de baboseiras.

Mas há uma altura em que o post ganha uns contornos engraçados. Por exemplo, quando se compara o número de adeptos do Benfica ao número de adeptos Sportinguistas.

E as incongruências são variadas e para todos os gostos. Que digam que o Benfica não enche a Luz nos momentos menos bons, está correcto. Agora dizer que o Sporting tem lá mais adeptos nas fases negativas? Piadíssima. Referes a necessicade de apresentar provas de que somos 6 milhões e eu desafio-te a provar que o Benfica, nesta época, teve alguma assitência perto que seja dos 10 mil adeptos.

Falas no "vivem em função de nós" num post que, só por acaso, é sobre nós. Num blog que não fala de outra coisa.

Mais: tens o descaramento de falar na estética do nosso estádio quando o vosso se assemelha a um mega-urinol.

Se é por seres retardado ou por ainda sofreres os efeitos de Chernobyl não sei, mas devias tratar disso.

 
At segunda-feira, 23 abril, 2007, Blogger Confúcio Costadisse...

:)

 
At segunda-feira, 23 abril, 2007, Anonymous Marquês de GOndomardisse...

Muito bom!
só te faltou dizer que os benfica já arranjou 4 novos patrocinadores para cada uma das bancadas:
robbialac
barbot
cin
dyrup

 
At segunda-feira, 23 abril, 2007, Blogger Leão Verdedisse...

Os comentários das lamparinas confirmam em absoluto a tese defendida no post.

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Chamo a atenção para esta notícia:

http://www.record.pt/noticia.asp?id=742621&idCanal=93

Parece que se confirma a votação.

ehehehe

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Muito bom trabalho, Bulhao, mas eles teem razao, se nao fossem tao ridiculos, mesquinhos e frustados, ninguem falava deles.
Exagerando esses defeitos sempre chamam a atencao dos restantes Portugueses perpelexos por tanta estupidez e atraso.

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Blogger RG54disse...

Em que modalidade é que eles não acusam doping, porra??? Esta é uma das razões principais para eles serem falados, para passarem a vida a gritar "os campeões (do doping)somos nós". E isto não é mito urbano, qualquer criancinha o sabe, apesar do branqueamento que é feito por tudo quanto é "media", qual sol tapado com esburacada peneira. Enfim, siga par Bingo!!!

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Blogger MAFdisse...

1. A nomeação de Olegário, que toda a gente já sabe, é a todos os níveis: Catastrófica!
2. A falta de credibilidade institucional da Liga, pela "fuga" de informação, atingiu proporções nunca antes previstas!
3. O Sporting, caso tudo isto se confirme, só tem uma posição a tomar: - tirar os seus representantes da Liga, pois não se pode rever "nisto".

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Blogger vamos a elesdisse...

a pérola actual do SLB, nuno gomes, se tivesse a cara do petit, nem no Atlético jogava.

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Blogger RJSdisse...

Como leitor deste blog gostaria de sugerir a divulgação do seu conteúdo no Futebolar - o novo canal da Portugalmail dedicado em exclusivo ao futebol.

Sempre que escrever no seu blog um artigo que considere interessante partilhar com a nossa comunidade, convido-o a submetê-lo no Futebolar.

O Futebolar é um canal de conteúdo submetido pelos utilizadores que elegem os artigos que consideram mais interessantes. Os artigos mais votados são destacados na primeira página obtendo ainda mais visibilidade e angariando mais visitantes para o seu blog (o Futebolar beneficia actualmente de mais de mil de leitores dia).

Agradeço desde já o seu contributo e continuação de bons posts.

Rui Santos
Director editorial do Futebolar
futebolar@portugalmail.net

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Penetra-murosdisse...

Eu compreendo perfeitamente o que é ser benfiquista e todo o folclore associado ao fenómeno. O ser "benfiquista" representa uma espécie de vitória da ignorância sobre o desportivismo e o associativismo. Eles no fundo, não são adeptos de um clube, mas sim de uma maneira de ser. Ou seja, o ser benfiquista, representa uma postura alarve em relação ao resto do país, sem respeito institucional sobre o próximo, refugiando-se em estigmas popularuchos da vitória da mediocridade, confundindo glória com demagogia e desportivismo com inverdade desportiva. Basta reparar na forma como recebem os jogadores da diáspora na sua fossa paga com o dinheiro dos contribuintes.
Para rematar em perfeição, deixo o exemplo de toda a tragédia que envolveu o falecimento do pobre Féher. Toda a nação benfiquista "fatimizou" o seu falecimento, acusou terceiros pela falta de respeito pela não presença no velório do dito e abominou qualquer referência humorística ao seu infeliz falecimento. Ora bem! Há que ser coerente, e para se ser respeitado, tem que se dar ao respeito. E como exemplo da falta de respeito desta gente, deixo os dois exemplos infelizes dos anos 90. Que foram a morte do Rui Filipe e o acidente do nosso Cherbakov. No meu caso, a memória não é curta, e lembro-me perfeitamente da falta de respeito que a mediocridade destes adeptos mesquinhos ridicularizaram estes dois tristes acontecimentos, com o anedotário da altura, lambuzavam-se todos com as expressões " o Cherba fodeu-se porque não parou no "encarnado" " ou " quem marca golos ao Preud´Homme tem como gastigo amorte" hahahahaha...complementado pela falta de respeito dos seus profissionais. Quem não se lembra do célebre jogo em que o Figo marca um golo, dedicando ao Cherba, para logo a seguir, esse panasca sarrafeiro do Schwarz pisar a camisola do Cherba na marcação de um fora, camisola essa, se bem se lembram, estava ao lado do banco Sportinguista, tendo sido ovacionado pela turba pela sua magnifica postura nazi que tão bem os suecos conhecem. E aqui se vê e confirma a forma de estar deste colectivismo bacoco.
Se alguém me pergunta se eu compreendo a situação por qual o país passa, não terei dúvidas que grande quota parte e
dessa responsabilidade está nas mãos desta gente menor e ignorante que só envergonha o país!

Saudações leoninas

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Lucho Gonzalesdisse...

Caro Visigordo,

Está muito bem falar do mamarracho à frente do Colombo, mas a vossa casa-de-banho também prima pela completa falta de estética. É ela também um monumento de fealdade!

Salva-se o Dragão e mais alguns... Lisboa ficou mais feia com esses dois edifícios de fugir...

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Blogger Guitarristadisse...

Caro Penetra-Muros:

um dia perderei tempo eludicar-te acerca do que é ser benfiquista, do que é ser desportista, do que é ser grunho, estúpido e umas quantas outras coisas que, por ignorância ou má-fé, se usa associar levianamente ao adepto benfiquista. Acredita: não fazes melhor figura quando enumeras todas essas características do adepto-tipo do Benfica do que o próprio adepto benfiquista que, com infelicidade, se vê obrigado a enfiar a carapuça. Ora, eu que não a enfio, não tenho muita paciência para o discurso alarve e demagogo, esse sim, do qual a tua verborreia barata é tão bom exemplo. Felizmente, não tenho as mesmas palas que tu e, como tal, não direcciono a minha negatividade para um determinado alvo - tirando o poster do Mostovoi que tenho pendurado na porta da arrecadação. E por isso também não associo o sportinguista a um bicho ou a um Mário Machado. Há sportinguistas para todos os gostos - aproveito até para sublinha que há algumas sportinguistas que preenchem muito razoavelmente os quesitos do meu gosto (se alguma estiver interessada, não é difícil contactar-me...). Tu não és, seguramente, um sportinguista de que eu goste. Mas não é por isso que vou dizer "todos os sportinguistas são penetra-muros". Claro que não. Felizmente, há muitos que são inteligentes, esclarecidos e honestos quando falam. Mas continua lá o teu discurso para a populaça. Pelos vistos, há quem goste de ler palermices.

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Blogger Guardador de Porcosdisse...

bulhão,
Manda o post do Comentador Soul Glo para o site do Rui Santos, pois é um artigo interesante

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

bem,o benfica apesar de tudo tem uma coisa que se poderia aproveitar.Era o Moreira!!!!
Podiamos vender o sr.Ricardo a um qualquer clube grego e ficavamos com um keeper de classe.Pelo menos ate o terceiro guarda redes ganhar mais maturidade.

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

gregos não sei...talvez lá para a ucrania...e se fosse dado....talvez

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

O Moreira ?!?!?
O Moreira é um chouriço. Não percebi ainda, porque gostam tanto dele os lampiões.

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Blogger Visigordodisse...

Antes de mais, as minhas mais sinceras e sentidas palavras para o Bardo

 
At terça-feira, 24 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

O Pano está,
a nódoa persiste,
tu estás cá,
é uma nódoa à Nietzsche

 
At quarta-feira, 25 abril, 2007, Blogger Visigordodisse...

Bardo, esqueci-me, obviamente de assinar.

 
At quarta-feira, 25 abril, 2007, Blogger Visigordodisse...

Não vamos brincar com isto...

O Pano está,
a nódoa persiste,
tu estás cá,
é uma nódoa à Nietzsche

Já vim tarde, Bardo, mas eras tu que assim o queria, e fica assinado

 
At quarta-feira, 25 abril, 2007, Blogger Visigordodisse...

Sir, obrigado!
O teu último paragráfro comoveu-me, e fico com as tuas palavras, sentido, no meu intestino grosso.

 
At quarta-feira, 25 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Se acreditasse em Deus, de cada vez que se chama àquilo catedral, acredito que Deus diria “Valha-me minha nossa senhora!”.

AHAAHAHAHAAHAAHAHAHA
MUITO BOM, BULHÃO, MUITO BOM!!!

 
At quarta-feira, 25 abril, 2007, Blogger Visigordodisse...

Bardo, apesar de tu não me gramares, nem à lei da bala, falas do que eu falo, há anos (um ou dois, mas há anos).
Eu sei que a vossa falange não é propriamente desdentada, ou parte dela, mas vamos por as coisas assim, são dois terços.
Não? É metade, metade?
A maioria faz a imagem, como tu, quando nos chamas Viscondes.Como tu quando te lembras da monarquia para classificar que a maioria optava por votar no Roquette, só por haver por ali sangue real.
Se reparares bem, não há viscondes de verde, nem os há em Alvalade.
Se reparares bem, há fulanos de cachecol verde, com uma postura normal, postura normal entenda-se não andar a malhar forte e feio.
Adiante, com o Belém|||||

 
At quarta-feira, 25 abril, 2007, Anonymous AntiFascistadisse...

4 Campeonatos em 33 anos de Democracia. Viva o SSporting.

 
At quinta-feira, 26 abril, 2007, Blogger Guitarristadisse...

Ó Visigordo, lanço-te o desafio: encontra nos meus textos qualquer referência a viscondes, monarquia ou ao Roquete (é com um dois tt?). A sério. Mas procura bem. Tixa, lagartixa, lagarto, turminha... Isso, sim... De resto, continua lá com a verborreia. De resto, o texto é miseravelmente mau. Ao menos podia ter piada, mas é que nem isso consegue. Tenta de novo.

 
At quinta-feira, 26 abril, 2007, Anonymous metralhadisse...

Ser benfiquista é achar piada a frases tipo:

-"Vamos ser sérios" - JVA

-"Equipa maravilha"- LFV

-"Deixem jogar o Mantorras"- LFV

-"Mais vale lugares na liga do que pontas-de-lança"- LFV

Isto é que é HUMOR, foda-se!
(Tem de se dizer uma asneira para perceberam que o texto/ideia acabou.)

 
At quinta-feira, 26 abril, 2007, Blogger Visigordodisse...

Tento de novo? Tu desculpa lá, mas tento de novo o quê?
Por ter um pirolito a menos, ver o oportunista do Bulhão a aproveitar-se de mim e nem sequer me pagar uma mine e uma sandes de courato, tento de novo o quê?
Parece que este texto te terá incomodado de alguma forma ou, pelo que tu lês por essa blogoesfera fora, pelo insulto directo e ordinário que não falta por aí, não te terias dado ao trabalho de, em dois comentários, vires criticar a qualidade literária do texto.
O Bulhão convidou-me a escrever um texto para o Mãos ao Ar, convite esse que honrosa e agradecidamente aceitei. A partir daí, vai lá discutir o texto com quem tem o critério editorial, com a senhora da limpeza do blog ou com o ascensorista, porque eu não sou funcionário desta casa nem aspiro a nenhum Pulitzer.
Pelo sim, pelo não, pedi um parecer ao Grémio Literário, pelo qual aguardo impacientemente a resposta. Assim que o tiver, transmito-to, está bem assim? Poderás ter de vir a engolir todos esses insultos e ainda nos encontraremos no Túnel do Marquês, ao nascer do Sol, para um duelo de penas.

 
At sexta-feira, 27 abril, 2007, Blogger Guardador de Porcosdisse...

A long time que o caro bulhão não publica um post.

Será que as ameaças se concretizaram e fizeram dele Foie Gras ?

 
At sexta-feira, 27 abril, 2007, Blogger capicua101disse...

Já entrou em estágio...para domingo!

 
At sexta-feira, 27 abril, 2007, Blogger vamos a elesdisse...

O dia aproxima-se, e sinto os lampios nervosos. depois de abandonarem a linda frase "...vamos a caminho de Glasgow", depois de abandonarem a taça, resta o 2ª lugar. Mas...eles sabem que isso implica que o atchim, santinho! ficará mais um ano. Daí que, no seu porte inconfundivel de barata tonta, o lampio médio não saiba o que desejar. O lume ou a frigideira, a dúvida existencial que os consome, aquele treinador que aos 5 minutos de jogo já está com cara de forca, ou tentar o impossível, ganhar aos leões. Nada posso fazer por eles. entristece-me. Alguns são meus amigos. É sempre difícil não poder ajudar um amigo em dificuldades. Ainda para mais não é culpa deles. É sempre um pai, um tio (enfim, as pessoas em quem confiamos)que os arrastam para aquela triste sina. Não será isto criminoso...não deviam estas pessoas serem chamadas ás suas responsabilidades? sim, porque com que direito se condena uma criança inocente a uma vida de desgostos e vergonhas...deixo aqui um alerta aos nossos governantes...é urgente legislar!!!

 
At sexta-feira, 27 abril, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Estou a trabalhar, malandros. Pareço um forçado das galés, daqueles que remam muito se um gorila marcar o ritmo com um tambor.
A vida custa muito a ganhar. Para terem uma ideia, aqui na repartição nem sequer tivemos tempo para o torneio semanal de Minesweeper.

 
At sábado, 28 abril, 2007, Blogger Visigordodisse...

Uma vez que neste blog ainda não se fez o "oprfijktfjklt duo derby."

Os Putos a correr,
as myladies a aprender,
qual será a mais bonita
que se irá esconder?
O Nuno Gomes, claro!

 
At sábado, 28 abril, 2007, Anonymous AntiFascistadisse...

Alvalade, 1 de Dezembro de 2006. Ricardo Rocha e Simão Sabrosa. 7 em 13.

 
At sábado, 28 abril, 2007, Blogger LionHeart (o autêntico)disse...

Visigordo:

Conta lá à gente o que é que sabes sobre os bilhetes para a final da Taça?

 
At domingo, 29 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Bulhão, tás a falhar. Nem um post a fazer a antevisão do benfica - Sporting? Faz aí um apelo aos deuses para que o Sporting ganhe 1-0 com um auto-golo do padrasto da mariana, ou algo do género.

 
At domingo, 29 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Pois... eu para mim aquilo ao pé do Colombo não é um WC... é uma ARRASTADEIRA!!!

Cuidado que o "Soul Glo" já anda a ler o blog

 
At domingo, 29 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Alguem devia escrever sobre os 5ºs amarelos de hj no jogo do porto...
Tenho a clara sensação q mais vale jogar contra o nacional do q ter uma eliminatoria da taça... é q na taça ja nao da p limpar os cartoes...
O trongo Alves vai mandar o nacional perder contra o porto só p prejudicar o sporting!

 
At segunda-feira, 30 abril, 2007, Anonymous Pedrodisse...

Alguém me explica o facto de cerca de 90% dos posts deste blog, supostamente sportinguista, se referirem ao Benfica?

É algo que, sem falsa ironia, não consigo perceber.

Obrigado.

 
At segunda-feira, 30 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

ó pedro e o que é que tu, supostamente lampião, fazes num blog sportinguista? VAI-TE MATAR

 
At segunda-feira, 30 abril, 2007, Anonymous Sem Anestesiadisse...

Qual foi o clube que teve um dirigente que era Presidente da Legião Portuguêsa?

Posso dizer o nome do Sr: Francisco Cazal Ribeiro.

Grandes mitos.

 
At segunda-feira, 30 abril, 2007, Anonymous pedrodisse...

Caro anónimo,

A resposta à sua pergunta é muita simples: gosto de visitar blogs de adeptos de outros clubes para saber o que dizem eles do seu próprio clube. Normalmente nem comento, limito-me a ler. Mas este tem a particularidade de só falar do Benfica, e eu gostava de entender o porquê.
E felizmente não tenho tendências suicidas...

 
At terça-feira, 01 maio, 2007, Blogger Visigordodisse...

Pedro,
deixe-me esclarecê-lo que entre o seu e o meu clube existe um ódio figadal.Você, se calhar, é daqueles que olha para um derby com desdém, mas eu, sou da escola antiga, ou seja, não me importo nada que entre o vosso centro de estágio e o estádio sejam atingidos por uma bazooka e que haja um cisterna por perto, carregado de gasolina, só para garantir que não há sobreviventes.
Numa altura destas, portanto, não espante ver o seu clube invocado. É contra quem vamos jogar e deixe que lhe diga, entrámos por ali adentro que até parecia que iamos ganhar.

 
At terça-feira, 01 maio, 2007, Blogger Visigordodisse...

lionheart,
o que eu tinha a dizer, disse-o, com a ressalva que tinha sido obtido entre "portas e travessas".
Acho que todos sabemos o que isso quer dizer. Não é oficial, não é sequer digno de se fazer um post.

 
At terça-feira, 01 maio, 2007, Anonymous Sem Anestesiadisse...

pedro,
nao vês que este blog é terapeutico?
Foi o médico que lhes receitou esta terapia.
Deixa-os.

 
At quinta-feira, 03 maio, 2007, Anonymous AntiFascistadisse...

Assistências oficiais desta época, até ao momento. Dados que provam que este post é mentiroso.

 
At quinta-feira, 03 maio, 2007, Blogger Visigordodisse...

A única coisa que esses dados provam é que tu, tal como o Sir, não sabem ler.

 
At sexta-feira, 04 maio, 2007, Anonymous Antifascistadisse...

Insistir na mentira não é ignorância, é estupidez. Natural, sendo quem o faz.
Volta lá pra escolinha, vá.

 
At quarta-feira, 16 maio, 2007, Anonymous darlingdisse...

Na mouche, a tese do mito urbano.
Já não há cú (perdoem-me o vernáculo) para o direito divino à vitória que os benfiquistas acham que têm.
Não percebem que são um efeito secundário do salazar? Um rebanho acéfalo e saudosista, de um tempo em que todo o povinho era vermelho?
Vá lá. Parem, olhem para os últimos vinte anos: o Benfica é apenas e só um clube de futebol.
Valha-vos Deus...

 

Enviar um comentário

<< Home