Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

segunda-feira, abril 09, 2007

Ó comadre

Devesa Neto irritou-se. Devesa, recordo, era fiscal-de-linha, e dos maus! Formou quadrilha com Olegário Benquerença, espécie de Bonnie & Clide do futebol português, mas o par norte-americano tinha, ao que parece, bons fundos. Devesa & Olegário tinham bolsos sem fundo, o que não é bem a mesma coisa.
Há pouco mais de um ano, Devesa foi envolvido no Apito Dourado, o que pode ser muito desagradável. Nestas coisas dos processos judiciais, é preciso ter bons conhecimentos para não se deixar envolver pelos mais viscosos, mas Devesa, está bem de ver, caiu no alçapão da Justiça (se este blogue fosse um estádio, tinha ido agora abaixo com esta metáfora tremenda, tremenda! Mas não é. E eu só ando cá para poder ganhar uns tostões para pagar o colégio do miúdo. E o colagénio da mulher. Parece pouco, mas é melhor do que andar a róbar ou ser reitor da Universidade Independente).
O Ministério Público considerou pouco própria uma conversa de Devesa Neto com o anterior presidente da Liga de Clubes (a escuta não especifica se terá decorrido enquanto o major envergava o felpudo roupão da colecção Primavera, griffe 2003, que encantou o país e ainda lidera o top de vendas da Zara, logo seguido pela elegante Parka vermelha que Bibi revelou aos portugueses no Inverno anterior). Depois de auxiliar Olegário na condução de um Boavista-Sp. Braga, Devesa ligou ao major e contou-lhe: “A gente, na dúvida, decidiu a favor do Boavista. Pumba, percebe?”
Não vou debater se a frase era suficiente para levar o árbitro assistente a tribunal. Interessa-me mais discutir a provocação pública de Devesa a Olegário, agora que se libertou dos nós górdios da Justiça (clap clap, senhor leitor, clap clap). Devesa não gostou que Olegário tivesse dito que “não estranhava” a sua ligação aos dois arguidos da história (os dois Loureiros). E que Devesa era muito “mariquinhas”.
Ao “Record”, Devesa ripostou e utilizou a tirada clássica: “Ele que não me obrigue agora a vir dizer para a praça pública coisas que, se calhar, nem a UEFA sabe.”
A ameaça velada apaixona-me. Sou um estudioso do género e imagino que há poucas coisas mais nobres do que sugerir que um rival fez algo terrivelmente errado, mas não dizer o quê. Evidentemente, se necessário, Devesa pode ser criativo. Pode dizer que a UEFA não sabe que, na intimidade do balneário, Olegário veste roupa de mulher. Ou que utiliza as insígnias da FIFA como guardanapo. Ou que sonhava com uma carreira de decorador, como o Cláudio Ramos. Ou que teve posters da Marina Mota descascada.
Para já, Devesa não revela. Mas junta mais um pózinho de canalhice: “Que ele se lembre que eu tenho filhos e ele nem sabe o que isso é.” Fino! Sugere-se, sem o certificar, que Olegário pode não saber que um filho se faz por inseminação da mulher através da transmissão natural, ou de piruetas badalhocas, de fluidos corporais do homem. Ou de vários homens. Ou de uma ovelha, um transformista e uma tesoura para cortar sebes. Ou, em alternativa, através de um milagre de inseminação sem contacto físico, por obra do Espírito Santo – não é o do banco, ó marabunta, é o outro. Uma terceira e devastadora hipótese é a sugestão de que Olegário poderia gostar de fazer o chamado amor com os chamados marinheiros, numa prática que a chamada sociedade ainda tem dificuldade em aprovar.
Aqui há uns meses, sugeriu-se numa caixa de comentários deste espaço que a Olegário faria bem um saudável ensaio de pancada à antiga. Enganámo-nos. Bem pior do que perder momentaneamente o baço é ganhar esta fama – não confirmada, mas sussurrada por todos os estádios, por todos os adeptos, por todos os jogadores. Murmurada de pai para filho. De pastor para ovelha. De marinheiro para marinheiro. O Olegário é roto.
Aquele abraço, Devesa! Eu não faria melhor.

28 Comments:

At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Corrosivodisse...

Lindo!!! Na dúvida decide-se a favor do Boavista.

O quê condenar alguém por isto? Por alma de quem?

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Sirdisse...

Ainda ontem, na final dos putos, o gajo nos sonegou uma grande penalidade.

Já estou mesmo a imaginá-lo, no balneário, a sodomizar o Carlos Castro ao som de Maddona. Romântico. Inspirador. Enjoativo.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Juvenenodisse...

Um azar nunca vem só. Pior que ser roto só mesmo ser lampião.
Disseram-me ainda que o Olegário tem um fetiche por - e pelo - Orelhas, e que gosta muito menos de mulheres que a Leonor Pinhão.
Enfim, merdas da vida íntima que nós não devíamos entrar por aí mas temos um feitio do caraças... e dá nisto

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Guardador de Porcosdisse...

Dissem que o gajo tem sido visto a passear no funicular da Bica.
Porque Será?

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Chalanadisse...

O Olegário é do sportém. Toda a gente sabe isso. Sempre vos ajudou e agora fazem-lhe isto. Acho muito ingrato. Estão em terceiro porque os apitadores como o Olegário assim o permitiram.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Anatolydisse...

Também concordo, Chalana. Se não fossem os apitadores como o Olegário estaríamos em cima do primeiro.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Juvenenodisse...

Guardador,
Dissem ou disseram-te?

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Guardador de Porcosdisse...

Pior que lampião e roto só mesmo o chalana.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Férenc Meszarosdisse...

Ouvem-se as comadres, descobrem-se as sexualidades...

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Não era zanguem-se as comadres???

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Natália Sdisse...

Já não é a primeira vez que este blog condena a homossexualidade como se ela fosse algo repugnante, algo a evitar, algo que repudie. Que se brinque com os outros é uma coisa. Que se goze com as suas preferências sexuais é outra bem diferente.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Mãe?

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Juvenenodisse...

O Bulhão é seguramente de extrema-direita e abomina a homossexualidade.
Neste aspecto o facho menos coerente é o Paulo Portas, não se importa nada de ser roto.O Bulhão é muito mais convicto na sua defesa dos valores fascizóides

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Jay Jay Okochadisse...

Alguem ainda se lembra que oi este gajo que roubou o Benfica escanadolosamente no golo do Petit do Glorioso-FC Porco. O Olegário é o mais primário dos antibenfiquistas. É pior até do que o Dias Ferreira, esse lagarto ordinário

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Bulhão, esquerda ou direita?

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Depende do cruzamento!
Mas olha sempre antes de atravessares uma passagem de nível

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous agoiro Jr.disse...

Espectáculo! em grande forma, Bulhão! nao sei se me ri mais do post ou das respostas aos comentários! CLAP, CLAP, CLAP! :-D

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Acho que quantos mais rotos melhor...desde que não me chateiem

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

É de leitores como o Agoiro Jr. que este blogue precisa. Gente que aplaude. Gente que reconhece. Gente que me gaba. Ponham os olhos nisto, senhores Juveneno, Chalana, Corrosivo, Guardador, Sir, Anatoly, Férenc, Jay Jay, Natália e anónimos.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous muleta negradisse...

Estou de acordo com o agoiro jr: o bulhão continua brilhante nos seus escritos!!!
Quanto às preferências sexuais de cada um, desde que não se pegue...

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Guitarristadisse...

:)

Ainda me estou a rir da resposta à Natália...

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Corrosivodisse...

Já estou a ver o Pinto da Costa no julgamento a dizer que é mentira que tenha pago prostitutas ao Olegário, até porque ele gosta é de homens.

Mª José Morgado, pelo sim pelo não, quando fizeres a acusação mete lá favores sexuais independentemente do sexo.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Blogger Antão Bordoadadisse...

"...Olegário pode não saber que um filho se faz por inseminação da mulher através da transmissão natural, ou de piruetas badalhocas, de fluidos corporais do homem. Ou de vários homens. Ou de uma ovelha, um transformista e uma tesoura para cortar sebes...."

Uma autêntica partenógenese cómica. Toma um arco (em inglês), Bulhão.

 
At segunda-feira, 09 abril, 2007, Anonymous Roiazunhasdisse...

Ó kridos, tá tudo parvo, é?
O Devesa foi um nojento como o Bulhão bem assinalou e vcs só falam nas pretensas preferências do Olegário? O gajo é lamp e isso chega pra infortúnio! E se for gay, bom proveito!

 
At terça-feira, 10 abril, 2007, Blogger Sirdisse...

Ó Bulhão, quem disse que não te admiro?

Digo-te já, que és dos patos que mais tenho em consideração. Estás no pódium, e tudo. Logo atrás do WC Pato.

 
At terça-feira, 10 abril, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Este rapaz, o Devesa, não é o companheiro do José "Laca Fiero" Veiga (que saudades!!) nas jantaradas no restaurante Sapo?
O mundo está cada vez mais pequeno!

 
At terça-feira, 10 abril, 2007, Anonymous JPCdisse...

Olegário e Devesa? É caso para dizer - diz o roto ao nu...

 
At terça-feira, 10 abril, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Muito bom, JPC

 

Enviar um comentário

<< Home