Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

sexta-feira, março 30, 2007

A Farsa

Uma rosa continua a ser uma rosa, mesmo que lhe chamemos outra coisa — William Shakespeare
(Eu, pelo menos, julgo que é de Shakespeare. Pode ser só uma epígrafe que eu li nos azulejos da estação de metro do Parque, mas parece-me que é de Shakespeare. Ou, pelo menos, pode ser. Tenho um amigo que leu metade das “Alegres Comadres de Windsor” e ele diz que isto tem todo o ar de ser de Shakespeare)

O Apito Dourado é um processo judicial que, apesar de todo o ruído, assenta num único pressuposto: na capacidade de os dirigentes do FC Porto codificarem intenções criminosas em frases com duplo significado. “Chocolates” seriam, segundo o Ministério Público, prostitutas mulatas; o “papa” seria o presidente do FC Porto; “fruta da época” seria um grupo de prostitutas recém-chegadas ao bordel e por aí fora.
Confesso que não estou convencido.
Em mais de vinte e cinco anos de trabalho no FC Porto, ninguém escutou de Reinaldo Teles mais do que grunhidos ou ocasionais monossílabos. Sinceramente, não consigo associar ao vice-presidente do FC Porto a capacidade de codificação elaborada, que costumamos ver nos espiões mais requintados. Reinaldo Teles parece-me mais o tipo de indivíduo que, se no acto sexual lhe falarem em preliminares, ele perguntará se são os jogos de apuramento para a final. Não é – repito – o protótipo do espião.
Há duas semanas, o “Público” trazia à estampa mais um excerto de uma escuta entre Reinaldo Teles e um árbitro. A dado passo da conversa, o dirigente do FC Porto dizia:
“O prior da nossa paróquia quer mesmo ajudá-lo. E há fruta da época ou chocolates para si, se fizer um bom trabalho.”
Bem sei que no Ministério Público querem mesmo encontrar provas de que Pinto da Costa é responsável por toda a corrupção do futebol português, pelo escândalo da dona Branca, pelo massacre de Darfur e pelo êxito daqueles rapazes romenos que cantavam em cima de um avião e pareciam mais femininos do que a Dina, mas eu gostava de explorar uma hipótese alternativa.
E se Reinaldo Teles não estivesse a falar em código? E se o prior em causa fosse mesmo o padre Júlio, da paróquia da Prelada? Imaginemos que o árbitro Jacinto Paixão mais não era do que uma ovelha tresmalhada do rebanho dos céus, por quem Reinaldo Teles fez de samaritano. Posso dizer, em sua defesa, que quase todos os meus melhores amigos são samaritanos, mas muito poucos entre eles participam em orgias com prostitutas em «boîtes» do Porto.
Não me custa, pois, a acreditar que quando Reinaldo Teles ofereceu fruta da época a Jacinto Paixão tinha em mente três ou quatro melões maduros e não necessariamente as porcarias que os senhores do Ministério Público se deitam logo a inventar.
E os chocolates?, perguntam. Talvez o vice-presidente do FC Porto, conhecendo as fraquezas do árbitro, lhe prometesse ainda uma tablete de Pantagruel ou um daqueles guarda-chuvas da Regina caso Jacinto voltasse ao presbitério.
É assim tão improvável?

14 Comments:

At sexta-feira, 30 março, 2007, Anonymous pietradisse...

Os meus sinceros parabéns Bulhão. Vês que até consegues escrever umas coisas giras??
1 grande abraço

 
At sexta-feira, 30 março, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Faz falta nestes comentários, um chalana do FCP, a espumar da boca.

Poderia chamar-se por exemplo Paulinho Santos, guarda Abel, ou mesmo, sei lá, Miguel Sousa Tavares.

Vejam lá isso, não deve ser difícil arranjar um.

 
At sexta-feira, 30 março, 2007, Blogger Corrosivodisse...

Ai eram melões maduros?

Tu é que hoje ao ver a capa do jornal ficaste com um grande melão.

E se calhar no Domingo ficas com outro

 
At sexta-feira, 30 março, 2007, Blogger Jay Jay Okochadisse...

Está giro. Ou pelo menos estºa melhor do que a outra merda que escreveste. Tu és como o Fábio Coentrão – fazes-te.
Mas acabaste, com tanta palavra, por não dizer quem queres que ganhe no domingo. Quase que aposto que serás tripeiro.

 
At sexta-feira, 30 março, 2007, Blogger Corrosivodisse...

Se vires o post do Bulhão de 9 de Outubro de 2005, vésperas do jogo em que fomos ganhar 2-0 às Antas, vês que o Bulhão optou por uma estratégia de grande apoio e elogio ao Benfica, na esperança que isso nos desse azar. O resultado foi o que se viu.

Por isso Bulhão, espero que esta semana não te tenhas esquecido de desejar aredentemente a nossa vitória. Que o resultado seja o mesmo do da outra vez, é o que eu desejo.

 
At sexta-feira, 30 março, 2007, Anonymous Pepysdisse...

Bulhão, boa prosa!!!

Mas tenho de concordar com esta lampionagem (acho q é a única vez nos últimos 30 anos, e nos próximos 70) e recriminar o facto de não falares no xaval do Rio Ave que vem plantar couves para o Seixal Campus Training Caixa Fit, ou lá como se chama.

Devias revelar o verdaeiro nome do míudo, que segundo fontes próximas do processo é:

Fábio Aquino Cuentrão!!!

Logicamente o rapazola quer conviver com os JayJay Rabocha, Chalanas e demais compinchas.

Saudações Leoninas,

 
At sábado, 31 março, 2007, Blogger Lionheartdisse...

O processo Apito Dourado é uma encomenda que só serve para levar o Benfica ao colo. Quando este processo começou, o Benfica foi logo a equipa mais beneficiada, tendo tido muito mais ajudas das arbitragens na época 2004/2005, do que o Porto costuma ter. Até porque o plantel do Benfica era (e continua a ser) pior que o do Porto, logo tinha de ter mais "empurrões" para chegar ao título. Porque é que não se investiga o último campeonato em que o Benfica foi campeão? Fala-se num Porto-Estrela da Amadora não sei de quando, e então o Estoril-Benfica em Faro?? O que foi aquilo se não um escândalo?

Isto é tudo uma cortina de fumo e o resultado deste estardalhaço todo será a implantação de um novo sistema VERMELHO. Toda a gente sabe que há gente do Benfica por detrás da ofensiva da Carolina Salgado contra o Pinto da Costa, para beneficiar o Benfica, mais ninguém. O que é que o Sporting tem a ganhar com isso?? Ou os sportinguistas acordam ou vamos ser novamente comidos como foi o Dias da Cunha há dois anos.

Eu pergunto o seguinte aos sportinguistas: quem foi o clube mais prejudicado com a hegemonia portista dos últimos vinte anos? Quem foi o clube mais roubado desde que Pinto da Costa é presidente? Foi o Sporting DE LONGE! E nesta porcaria deste processo não há UM único jogo em que o Sporting possa ter sido prejudicado?? Fala-se no Nacional-Benfica, mas isso tem alguma comparação? Querem um exemplo de um verdadeiro roubo de igreja que decidiu um campeonato? Lembrem-se do Boavista-Sporting há três anos, cuja derrota leonina foi inteiramente "mérito" do árbitro e que destroçou as hipóteses do Sporting lutar pelo campeonato até ao fim (tendo até acabado por perder o 2º lugar para o Benfica), permitindo ao Porto poupar jogadores no último mês e concentrar esforços na Liga dos Campeões. Tivessem os "andrades" de suar para ganhar a Superliga e se calhar nunca teriam tido pernas para ganhar a Liga dos Campeões. É assim que se fazem as hegemonias no futebol. Se o Sporting tivesse essas ajudas, há dois anos teria ganho campeonato e Taça UEFA numa semana. Mas como não teve, foi roubado na Luz e teve a equipa fisicamente de rastos na final da UEFA, contra um CSKA que tinha acabado de começar o campeonato na Rússia.

Por isso, entre o Benfica e o Porto, não sei qual dos dois me dá mais vómito. Nem sequer vou ver o jogo. Os dois que se lixem, e viva o Sporting!

 
At sábado, 31 março, 2007, Anonymous Leão Bolhãodisse...

Caro Lionheart,

Como me recordo desse jogo no Bessa...

Tenho até a ideia (gostava de rever essas imagens ou fotografias pois são históricas) de ver na bancada todos juntinhos a assistir ao jogo, o Valentim Loureiro, o Pinto da Costa, a Carolina Salgado (com um cachecol do Boavista) e o Cunha Leal...

Sim, isso mesmo, o Sistema todo junto e ao vivo! O Porto poderia descansar e concentrar-se exclusivamente nesse desígnio nacional que era a Champions... O Benfica aproximar-se-ia perigosamente do segundo lugar ficando ao alcance de mais um asslto à mão armada (o jogo de Leiria)... E o Bosvista do Loureiros procurava ainda fazer uma aproximação à Europa...

No relvado o Bruno Paixão esmerou-se. Expulsou o Rui Jorge com dois amarelos ridículos e inclinou o campo até não poder mais...

Mais uma curiosidade - na terça feira seguinte a esse jogo o Valentim Loureiro foi detido, iniciando-se o caso Apito Dourado...

Se quisessem pôr todos no xadrez com um único jogo, este roubo no Bessa bastaria...

 
At sábado, 31 março, 2007, Blogger Lionheartdisse...

"Mais uma curiosidade - na terça feira seguinte a esse jogo o Valentim Loureiro foi detido, iniciando-se o caso Apito Dourado..."

Exactamente. Eu também me lembro disso. E durante algum tempo o caso centrou-se em torno do clube de Gondomar e das divisões inferiores do futebol. Só meses depois é que chegou ao Porto e ao Boavista. Mas eu continuo a dizer que este processo é uma farsa que se destina a acabar com um sistema de corrupção no futebol para abrir caminho a outro.

No campeonato dos grandes, o Sporting foi o clube que foi mais vezes directa e indirectamente prejudicado pelas arbitragens, nos últimos 25 anos. E com tantos jogos em que houve roubalheira, como esse do Bessa, não há nenhum no processo que refira o Sporting como tendo sido lesado?? Para a investigação, só o Benfica é que foi prejudicado, o que é um branqueamento da história. A investigação não foi séria, e isto só serve para, lixando o Porto, meter o Benfica a mandar no futebol outra vez. Não por acaso, os lampiões foram logo campeões após o início do processo Apito Dourado, mas com mais apoio da arbitragem do que o Porto. O ano passado, os processos começaram todos a ser arquivados e o Porto foi campeão. Este ano, a Maria José Morgado está a reabrir tudo outra vez e o campeonato está de novo em aberto. Está tudo relacionado. Há uma luta pelo poder no futebol português, que mais do que em campo, se joga na justiça e na política. E não se pense que a Justiça é cega. É nos bastidores que se lançam as bases de uma hegemonia no futebol. Daí que eu não acredito que, findo o sistema Pinto da Costa/Valentim Loureiro, o futebol seja limpo da corrupção. Apenas mudaria a cor do sistema.

 
At sábado, 31 março, 2007, Blogger NMBdisse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At domingo, 01 abril, 2007, Blogger verdadesdisse...

Para melhor saberem quem domina o sistema , o Benfica sempre teveesse dominio,tem o apoio de todas as instituicoes, principalmente as da comunicacao social que fazem toda a pressao, vou fazer o copy/paste dum artigo publicado no blog do Antonio Boronha. Gostava de saber porque o Benfica tem na sua folha de pagamentos ex-arbitros como Porfirio Alves e Antonio Rola.
E ninguem investiga isto?
Aqui esta o que diz o Blog:
" Não vou por em causa a afirmação de manuel vilarinho quando diz que desde os inícios dos anos noventa o benfica não joga tão bem... fui, no farense, contemporâneo da presidência de jorge de brito e não tenho essa convicção, tão enraizada.
recordo, até, um jogo na luz, por alturas da páscoa de 1992, em que o benfica conseguiu empatar com o farense (1-1) depois da hora, com um golo em fora-de-jogo. o árbitro foi um 'artista' de leiria chamado lourenço ferreira.
a saída do estádio da luz, acompanhado pelo álvaro braga jr., ainda tivémos a oportunidade de sofrer a intimidação e a ameaça de um 'figurinha' que defendia a actuação do árbitro com unhas e dentes. o então 'isento', 'insuspeito' e muito 'competente' membro do conselho de arbitragem da federação portuguesa de futebol, porfírio alves.
creio que continua na folha de pagamentos do benfica. agora oficialmente, é claro."

 
At segunda-feira, 02 abril, 2007, Anonymous pietradisse...

Chatinhos...

 
At quarta-feira, 04 abril, 2007, Blogger Helena Henriquesdisse...

:D
Bulhão, tu complicas-me a capacidade comentarial... errr, comentativa hummm, bom, adiante, que posso eu comentar, como soberbó-rural a este texto? Que falta o relógio de 150€ e a viagem a Moçambique com o PM Barroso - isto significa que só valorizas assuntos que metam gastronomia?

PS - Assim como assim, ficaram de fora os cafezinhos.

 
At quinta-feira, 05 abril, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Esqueci-me dos cafezinhos. Tss tss.

 

Enviar um comentário

<< Home