Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

terça-feira, fevereiro 27, 2007

Parabéns, Benfica parte 2: Faça-se Luz

O acontecimento está na génese da fusão de duas agremiações desportivas, quando, em 1908, o Grupo Sport Benfica se juntou ao Sport Lisboa, como os benfiquistas sabem na ponta da língua bífida: uns, tinham um razoável bando de pontapeadores na bola; outros, era uma cambada de pernetas mas que tinham um pelado de fazer inveja à testa proeminente de João Vale e Azevedo, futuro presidente e – diga-se a talho de foice – bastante injustiçado pelos adeptos e pela justiça podre que sempre reinou em Portugal. Vamos, Vale, levanta-te e caminha e termina a tua obra, vinga-te daqueles que só te querem mal. Justiça popular! Vivó Vale! Vivó Vale! Viv... (desculpem, deixei-me levar pelo entusiasmo na defesa de tão íntegra personalidade que, um dia, a História virá dar razão). Mas retomemos o fio à mealhada, perdão, à meada.
Nos anos seguintes, o jovem clube andou, literalmente, de casa às costas – nada mais natural para quem é filho de pais incógnitos. Andou por aqui e por ali, mendigava aqui e acolá, pedinchava terrenos baldios e até pediu emprestado um troço de terrenos de um clube que já tinha sido fundado há um par de anos, ali para as bandas do Lumiar. O sonho era ter casa própria, desejo legítimo de qualquer parente pobre e, em 1953 – 45 anos depois da criação do SLB’08 – começou a erguer-se o batatal com bancadas. No dia 1 de Dezembro desse ano, a obra estava pronta, e a inauguração foi feita com pompa e circunstância: desfilaram o conjunto filarmónico de Carnide, a associação de protecção das aves de rapina, alguns encarapuçados do Ku Klux Klan, a neta de Cosme Lampião em ceroulas e corpete que levou a turba ao delírio, a sociedade anónima “Afilhados do Garrafão”, um grupo de pauliteiros de Miranda intitulado “Bordoada como o Petit” cujo nome que causou interrogações mas que hoje todos compreendem, umas meninas contratadas à ultima da hora numa casa de alterne da Invicta que desfilaram sob a designação de “Carolinas de Portugal”, algumas figuras do Estado Novo para dar ainda mais brilho à festa e, por fim, um convite especial à equipa do Futebol Clube do Porto para jogar à bola – os amigos servem para estas ocasiões.
Até aqui tudo bem. Os benfiquistas inchavam de orgulho. O pior foi no fim: amigos, amigos, negócios à parte (e os portistas são especialistas nestes assuntos) e, no fim dos 97 minutos (todos os jogos do Benfica a partir de então passaram a ter pelo menos 97 minutos), os encarnados incharam 3-1 dos tripeiros. Nada mau para uma festa de inauguração.
Volvidos 51 anos, o clube embirrou que também queria ter um estádio novo, como outros também tinham. Pedinchou, negociou, intrujou e lá ergueu aquilo que nem vale uma missa – a nova “catedral”. Mas nem os santinhos ajudaram: no primeiro jogo oficial, foram derrotados por um conjunto de pescadores da ria de Aveiro. Sem apelo nem agravo. A festa foi bonita, sobretudo para os auri-negros. E, para que a tradição não fosse interrompida, era bom que todos os fins-de-semana o Benfica inaugurasse um novo mamarracho de betão.

35 Comments:

At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger Don Corleonedisse...

Mais uma vez, muito bom...

Copiei o link deste post para o meu blog, espero que não me levem a mal... é que um post desta qualidade, deve ser lido, por muita e muito boa gente...

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous RexImperatordisse...

É verdade Sancho, durante uns anos emprestamos o nosso velho pelado (aquele que foi engolido pelo Metro e que ficava atrás das bilheteiras) aos inomináveis. Mas, como sempre na sua curta “fábula” (sim, porque tratamos com animais), um belo dia levantaram arraiais e seguiram o seu errático destino para os lados de Carnide. No entanto, ao contrário de ti Sancho, estou convencido que as razões históricas que levaram ao seu nomadismo se devem essencialmente à sua pro-funda incapacidade de integração social, não ao seu “bastardismo”. Basta obser-varem as iluminadas faces de espécimes vários como o Petit ou o pequeno gnomo, o interminável vocabulário (com vários neologismos de forma) do pastor-mor (sim, aquele farta bigodaça) ou ainda os comentários dos seus adeptos, sejam cap-tados no seu habitat natural (ex. o famoso bezano que não sabia pronunciar o nome do Micoli) ou mesmo os captados em blogs da concorrência (veja-se os “nossos” cromos Chalana e JJ).

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous hkdisse...

Muito, muito bom.
Mas gostava que recordasse, meu caro, com este meu comentário e por falar em etádios e respectivas mudanças, o último derby no Estádio José Alvalade, no Campo Grande, e o primeiro, no fantástico e amarelado, Alvaláxia XXI (pobre homem José de Alvalade, o que te fizeram ao nome). Dois hinos ao futebol, dois fantásticos jogos, em que um grupo de pernetas comandados por um espanhol suado, fizeram questão de mostrar quem, na maior parte das vezes, se saí a rir, seja o jogo na mal cheirosa luz, na eclética (futebol, hamburgers e cinema) Alvalaxia, no Jamor ou em qualquer recinto desportivo.

Vivó Val.... Soares Franco.

Que o seu humor e fantásticas prosas durem tanto como a superioridade dos mal-cheirosos intrujas sobre o seu eclético e bem-cheiroso clube. Por ser tão agradável ao olfacto e ao tacto, se torna tão apetecível de…. Foder, ano após ano, derby após derby.

PS: O Sport Lisboa e Benfica apesar de fundado em 1908, tem uma história e um passado que remonta a 1904. É esta a data do seu nascimento histórico.

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

Lindooooo, Sancho.
Não fosse o risco de me electrocutar, cobria o monitor de repenicados beijos.
Grande momento!

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger Guitarristadisse...

Estou sem palavras. Que o texto seja lamentável, não surpreende ninguém - a qualidade da prosa do Sancho e a sua piada forçada é já sobejamente conhecida do público deste blogue. Agora, que gente que sabe ler e escrever lhe venha elogiar o "ensaio", isso causa-me espanto e, até, uma certa tristeza. Era só para dizer isto, podem continuar.

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Muito bom dia,

Apesar de ser um leitor assidúo deste magnífico (no mínimo) blogue, apenas hoje envio a minha 1ª nota escrita. Serve apenas para corrigir o Sr. hk quanto à terminologia correcta a utilizar quando se refere a todo o complexo onde o grande Sporting, entre outras coisas, joga futebol. O estádio, ao contrário do que é dito, não se chama Alvaláxia XXI, mas sim, e como antes, Estádio José de Alvalade. Em 2º lugar, todo o complexo tem o nome de Alvalade XXI (e não Alvaláxia), sendo que este último nome é utilizado para o Centro Comercial e os cinemas.

Muito bom dia a todos,

Henrique

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous desp. avesdisse...

98 anos? tudo bem...

ganhamos muitos mais troféus desportivos (excepto pé coxinho, sacupi, culinária desportiva) em menor tempo que o sportém e o fcputedo...

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous hernan crespodisse...

antes mamarracho de betão que um WC gigante com aqueles azulejos aberrantes...

o WC XiXI...

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger Pedrodisse...

Não vale uma missa mas já sentiu o prazer de tocar vários trofeus nesta sua curta existência...agora o WC só vê titulos por um canudo...

Azar..

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Apenas uma pequena correcção ao ultimo anónimo: apenas te enganaste no nome do estádio, o estádio chama-se José Alvalade e não José de Alvalade, erro que muitos sportinguistas infelizmente cometem.

Sporting Sempre!

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Hugodisse...

Demais!!! Lindíssimo!

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous hkdisse...

Caro Sr. Henrique, muito obrigado pela atenção e pela preciosa correcção.
Fiquei no entanto curioso, quanto às outras coisas que o grande (a exemplo do seu fabuloso timoneiro) Sporting faz nesse complexo, denominado Alvalade XXI. Confecção de Hamburgers? Projecções Cinematográficas? Jornadas Míticas de Bowling? Sem desprimor para estas conceituadas modalidades, creio que o Grande Sporting (Grande Miccoli, também se usa, com maior justiça, mas sem comparável contradição) em termos de modalidades, digamos representativas, apenas pratica o seu lastimoso futebol.
Já agora, porquê Alvalade XXI? Se o Complexo do Grande Sporting (desculpem, mas isto é tão hilariante que não consigo evitar), que engloba o estádio José Alvalade, se situa no Campo Grande?

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Tens toda a razão..my honest mistake...mas Alvaláxia é que não...bolas.

Henrique

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger Sancho Urracodisse...

Obrigado, guitarrista, para ti também. Seja bem aparecido e já agora... Parabéns!

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Grande Miccoli???? Só se for para a frente..eheheheheh.

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Reximperatordisse...

Fui ali ao lado ler um texto ao acaso de um tal Guitarrista, só para conhecer um pouco da obra do John Steinbeck da blogosfera desportiva. Perante a crítica mordaz aos textos do Sancho, esperava algo mais do que uma prosa pacóvia e (essa sim) desprovida de qualquer qualidade humorística. Suponho que lida pelo universo encarnado tenha algo mais de sentido. Eu, cá para mim, continuarei a ler o Sancho com muito maior gosto….

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger falsolentodisse...

Mais um blogue sportinguista sobre o Benfica. Este, pelo menos, tem piada. Parabéns.

Também não percebo porque é que insistimos nessa coisa da idade do clube. Se o Benfica é, de longe, o clube com maior palmarés em Portugal, tê-lo conseguido em menos anos do que os rivais só torna o feito ainda mais assinalável.

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Alguém sabe os nomes dos dois cabrões que escrevem este blogue? Gostava de lhes dizer umas coisas pessoalmente...

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Anatolydisse...

Gosto destes valentões digitais, prontos a fazer isto e aquilo se tivessem a chance.
Limitem-se a apreciar, a comentar e a brincar com fairplay. Qualquer coisa para lá disso é palahçada. Não é todos os dias que se pode ler prosas destas.

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Cabrões????? Belíssima peça de prosa,sim senhor. Ao nível do "gostastes" e "fizestes" do nosso "amigo" Chalana há uns dias atrás (embora com a assinalável melhoria de, ao menos, o plural da palavra Cabrão estar bem escrito).

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous PAPOILA SALTITANTEdisse...

Nunca vi um lagarto que soubesse tanto de História, ainda para mais do Benfica.
Mas como ants de ser Sporting há que ser antibenfica, já se compreende. E pelo esforço e dedicação ao apurado estudo da origem do Benfica, merecias a glória. Ou pelo menos uns valiums.
Isso de andar a estudar o Benfica não resultará em processo e julgamento em pleno conselho leonino?
Vê lá se não vais para a fogueira como herege. Olha que o post anterior é capaz de servir de acendalha.

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger Sancho Urracodisse...

Respondendo ao anónimo:

Estes "cabrões" respondem pelos nomes de Bulhão Pato e Sancho Urraco. Espero que a dúvida esteja desfeita...

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger NMBdisse...

Onde está o Chalana?

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous doutordaboladisse...

Como só vês vermelho à frente, passas a vida a marrar, não é? E, para mais, gostas. Ao menos sempre dás uso à cornadura. É justo.

Já agora, desculpa-me que te diga, ó sancho coiso, tu - enquanto frequentador inveterado daquela arrastadeira revestida a verdulejos e amarelejos e que é a coisa mais foleira que já foi dada a conhecer à Humanidade - não tens qualquer legitimidade para te pronunciar seja sobre o que for do ponto de vista estético e, muito menos, sobre a Catedral do Glorioso, tás a perceber, ó caramelo?

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Blogger Sancho Urracodisse...

Ui, doutordabola, essa doeu. Caramelo? Ofender assim não vale...

 
At terça-feira, 27 fevereiro, 2007, Anonymous António Neivadisse...

"um convite especial à equipa do Futebol Clube do Porto para jogar à bola – os amigos servem para estas ocasiões."

Tristes os pobres de espírito... e os ignorantes! Caso não saibas - e parece ser o caso - na inauguração também foi convidado, e esteve presente, o zporting ( com dezenas de atletas, diga-se ).
O zporting não jogou, que aquilo era para homens, mas desfilou no interior do estádio, cumprindo a sua parte nas festividades.

 
At quarta-feira, 28 fevereiro, 2007, Anonymous JPCdisse...

Oh Neiva? Já tratas por "tu" o Sancho? Eu a pensar que eras um lampião erudito, afinal não passas de um garrafão de tintol como os outros!

 
At quarta-feira, 28 fevereiro, 2007, Anonymous Pepysdisse...

Mas onde é que anda o "guardador de porcos"???

Estás a deixá-los fugir do curral para virem para aqui escrever comentários com as suas unhas mal lavadas.

Vá, toca a trabalhar porque esta imundice vermelha é que não pode continuar.

Xô porcos, Xô!!!

Um aparte agora, muito bons estes post. Hilariantes!!!

 
At quarta-feira, 28 fevereiro, 2007, Anonymous Corrosivodisse...

Óbvio que o FêQêPê teve a amabilidade de convidar o maior clube português para a inauguração do estádio das Antas. E o maior clube português retribuiu vencendo a partida e marcando, se não estou em erro, 8 golos.

E para ser claro, o Benfica ganhou o jogo de inauguração da nova Catedral.

Nova Catedral essa que já teve a felicidade de festejar uma Taça e uma Liga, e onde se assistiram a noites mágicas europeias, por exemplo, contra Man Utd e Liverpool.

Já o WC nunca viu um titulo, e noites europeias, viu uns russos marcar 3 golos e eliminar o clube queque da Europa em casa, repetindo o feito de uns simpáticos padeiros e carteiros suecos, que ao fim de semana se juntam para jogar no Halmstad.

Mas também se viveram alegrias no WC, como por exemplo o golo do Geovani. Esse golo deu tanta alegria à Juve Leo, que esses ogres festejaram invadindo o campo para dar largas à sua alegria.

 
At quarta-feira, 28 fevereiro, 2007, Blogger Pedrodisse...

"creio que o Grande Sporting (Grande Miccoli, também se usa, com maior justiça, mas sem comparável contradição)"

HAHAHAHAHAHAHAHAHA

"Mas também se viveram alegrias no WC, como por exemplo o golo do Geovani. Esse golo deu tanta alegria à Juve Leo, que esses ogres festejaram invadindo o campo para dar largas à sua alegria."

É verdade...já me esquecia desse momento de inimitável alegria nas hostes leoninas

hehehehehehehe

 
At quarta-feira, 28 fevereiro, 2007, Anonymous RRdisse...

Os Lampiões sairam todos à rua!!! Afinal isto é um blog de sportinguistas mas estes gajos não se conseguem afastar!

Grande texto Sancho! Qualquer texto que põe os lampiões a quererem agredir-te, é uma excelente prosa!

Siga com o garrafão de tintol e a sandes de Torresmo, tudo consumido à sombra do autocarro parado na 2ª circular!

 
At quarta-feira, 28 fevereiro, 2007, Blogger Bulhão Patodisse...

E reconheçamos que uma estalada ou duas no Sancho não lhe faziam mal nenhum...

 
At quarta-feira, 28 fevereiro, 2007, Blogger Joaodisse...

este merdas que dá pelo nome de Sancho (fodasse, isto é nome de filho bastardo!!!) devia era de estar caladinho e lembrar-se que o único campo que pertence aos andrades é o da Constituição e os leões foram comidos por trás sem vaselina por um ex-presidente de tão "prestigiada instituição" (queriam ganhar dinheiro com terrenos, não era...)ficando com um estádio com uns azulejos de wc e um pseudo-centro comercial às moscas...
os benfiquistas, ao contrário dos andrades e lagartos têm orgulho no passado e no presente do clube que amam, não têm de andar a esconder presidentes como o fcp nem são reféns de banqueiros pseudo-sportinguistas, como o sporting...

 
At domingo, 04 março, 2007, Blogger Jorge Friasdisse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At domingo, 04 março, 2007, Anonymous Anónimodisse...

Viva o ceporteemmmmm!!
LOLOLOLOLOL

ceportem nunca acabes, ainda me irei rir muito a vossa custa.Lagartos apesar de ODIAR lampioes admito que voçes sao a COMEDIA deste Pais, voçes metem o Povo aqui do Norte a rir sem parar(como era,halmstad,partizan,gerzensksin, viena....LOLOLOL)

Força Porto
esperamos por voçes no Dragao

 

Enviar um comentário

<< Home