Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

terça-feira, setembro 12, 2006

Feito!

Há muito que já escrevi o livro. Vou amanhã plantar uma nespereira. E já vi, por fim, o Sporting marcar um golo ao Inter. Creio que não falta mais nada!

14 Comments:

At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Blogger Leão Verdedisse...

O Sancho foi contigo?

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Anonymous K@ffadisse...

E que bem feito :)

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Anonymous JPCdisse...

Já só falta a Champions - mas o golo ao Inter foi meio caminho andado!

Saudações Leoninas

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Blogger Rantasdisse...

E que bonito que foi

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

É incrível, mas o Sancho esteve mesmo em Alvalade. Sou por isso forçado a concluir que, sem ele, teríamos goleado...

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Blogger Apredisse...

Fantástico, parabéns, que golo incrivel, que vitória sobre uma das 4 melhores da europa!

Grande Sporting!

É o filho, em vez do golo, mas hoje compreende-se.
Que livro escreveste?

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Anonymous Pibermandisse...

Foi um momento para mais tarde recordar! Que os momentos continuem, obrigado aos miudos.

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Nespereira. Boa escolha.

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Anonymous Helena Henriquesdisse...

Parabéns, belo golo!

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

Só para o Apre: isso fica nos segredos dos deuses. Afinal, como os super-heróis, tenho de proteger a minha identidade secreta.
Posso, porém, garantir que não vendeu mais de mil exemplares. Aliás, já ultrapassei essa frustração... Bando de chupistas, que não compram um reles livro, e deixam os jovens autores na penúria. Malditas editoras, que formam um cartel… ahem… já ultrapassei muito bem a frustração, como é notório.

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Blogger Leão Verdedisse...

"Sou por isso forçado a concluir que, sem ele, teríamos goleado... "
Eh Eh Eh

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Anonymous Helena Henriquesdisse...

Ora Bulhão, se entre nós as edições andam pelos 2 mil exemplares, vender metade não é mau, e se for poesia então é mesmo brilhante. Eu sei que era só para o Apre, mas já se sabe que o meu género não consegue deixar de meter o nariz onde não é chamado...

 
At quarta-feira, 13 setembro, 2006, Blogger n_sardasdisse...

hehehehehehe

 
At quinta-feira, 14 setembro, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

O livro do Bulhão deve ser sobre o seu passado desportivo, onde decerto que há largos capítulos sobre o seus nebulosos momentos de milhafre ao peito.
Contudo, acho que o rapaz até escreve umas merdas e o livro até é capaz de ter interesse. Qual o local em que se pode adquirir o seu livro, caro Bulhão?

 

Enviar um comentário

<< Home