Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

segunda-feira, setembro 04, 2006

Borracha Traquina

Com vénia ao Luciano Rodrigues, reproduzimos uma passagem do Blog do Belenenses. Antes, porém, uma curta linha de contexto:
No dia 30 de Agosto, o presidente do Belenenses denunciou na televisão que o regulamento das competições para a época 2005/2006 tinha sido propositadamente modificado. Mais concretamente, no site da Liga de Clube, um parágrafo do ponto 4 do artigo 87 foi propositadamente obliterado. Mais curioso ainda: na quinta-feira, já não se conseguia aceder aos regulamentos attravés da página da Liga. A página foi entretanto afixada novamente, com um espaço grosseiro entre o ponto 4 e o ponto 5.
Já agora, o parágrafo apagado dizia o seguinte:
§ Único – Se um clube da Primeira Liga for punido, por sanção disciplinar, com as penas de desclassificação, baixa de divisão e exclusão, a vaga será preenchida nos termos do número anterior.

«Procura-se
Parágrafo Único pertencente ao Artº 87 do Regulamento das Competições da Época 2005/06, que fugiu para parte incerta. Mais se informa que hoje mesmo desapareceu de sua casa, no Site da LPFP, o link para os Regulamentos das Competições.
Na última vez que foram vistos, fugiam a sete pés, com medo do Major Batatinhas que ia atrás deles aos gritos "Quantos são, quantos são?" e do Rei do Soquete, que pensava que eles fossem animais do Parque Jardim "Zoológicos"...»

29 Comments:

At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Blogger MMSdisse...

Genial, apagar da página da net o artigo, como se isso mudasse o conteúdo da norma!

Esta nem na Colômbia faziam...

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Javardo filho da puta. Se esta merda não fosse com um clube de Barcelos. Se esta merda fosse com um dos senhores de Lisboa, queria ver esta merda toda, com FIFAS e UEFAS e outros caralhos que todos ao barulho. O Gil, como é pequeno, pode ser zurzido. Vão todos à merda, seus hipócritas.

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

Estou com este anónimo do Norte. Apesar de não gostar do Gil Vicente, até porque acima de Coimbra não me revejo neste país, ainda gosto menos dos pastéis. Força Atlético, se subirmos à II Liga, para o ano jogamos contra os correlegionários do "almirante Tomás".

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Anonymous Xico de Belémdisse...

Estes comentários destes dois últimos montes fumegantes de esterco dão-me vómitos. É-lhes indiferente que as vitórias do GV tenham sido ganhas com ajudas externas. Neste país, vale tudo. Felizmente, que gente como o Luciano esteve de olho aberto. Faço ideia de quantos casos Mateus não existem todos os anos.
E vão ter de levar connosco na Primeira.

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Blogger Luciano Rodriguesdisse...

Amigo, quanto à vénia, esquece lá isso, é um prazer! ;)

Em relação aos comentários, tenho pena em especial do do Juveneno. Joguei futebol no Atlético e respeito MUITO essa camisola. E essa rivalidade é já tão antiga, que se deveria ter extinguido no tempo.

Quanto ao anonymous, não deve saber o que se passou com a Juventus, que "amochou".

Um abraço!

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Monte de merda és tu e mais os 500 adeptos bem contados que o teu clube tem, meu palhacinho de nata!
Pastéis para a II...

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

Há qualquer coisa poética nos "montes fumegantes de esterco". Não sei ao certo o quê, mas há.

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Foda-se. É preciso ser cego para não ver que o Belenenses está cheio de razão neste processo. Do lado do Gil, é só malfeitores, bandidos, chulos e mafiosos.
Às vezes, basta olhar para a pinta de cada um para saber quem é o bandido e quem é o honesto.

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

Não duvido que o Belenenses terá razão, mas a proposta de avaliar conflitos jurídicos "pela pinta" dos arguidos parece-me um prometedor caminho para a justiça. E, de facto, aí, o Belenenses está carregado de razão. Basta olhar para o presidente Cabral Ferreira. Pois se ele até usa óculos é evidente que não pode ser um malfeitor.

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Blogger Visigordodisse...

O último verso, Bulhão, o último verso.

Javardo filho da puta,
montes fumegantes de esterco,
com este anónimo do Norte,
eu por aqui me perco.

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

LINDO, VISIGORDO. LINDO! :-D
Não é um alexandrino, mas também tem muito encanto. Aliás, não vejo a hora de ir ao Grémio para recitar esta obra-prima. E ainda dizem que não há poesia na blogosfera. Prfffttt! (som do meu desprezo)

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

É Grémio-Inter ou Inter-Grémio? Eu prefiro o empate.

 
At segunda-feira, 04 setembro, 2006, Blogger Felizberto Desgraçadodisse...

ompHá qualquer coisa poética nos "montes fumegantes de esterco".
BP 4/9

As moscas??!!

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

Falta-te poesia, Felisberto.
Onde uns pressentem apenas moscas, outros imaginam uma cortina de varejeiras, trincheira de soldados alados em volta do seu monte fumegante de esterco. É por isso que o Xico de Belém pode vir a ser outro Cesário, e tu e eu não podemos aspirar a ser mais do que um Vasco Graça Moura.

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Blogger Antão Bordoadadisse...

Não há símbolo quimíco do cobre que aguente os fornicadores de ovelhas que choram devido ao "zurzir" dos seus "honrados" clubes de pauliteiros e abre-pernas à andradalhada. Firme restando que, mesmo ainda hoje só clubes da igualha de Salgueiros, Leixões SC ou Varzim SC (para cima) fazem sombra ao Atlético (e aos seus antepassados), foram exactamente os clubes a Sul do Vouga a ser quilhados pela massa de lenocidas que foi comer à mão do Teles e do Bimbo. Ele foram ajustamentos nas zonas, desdobramentos da 2ª divisão, moscambilhas administrativas que prejudicaram a Académica a favor do VSC, décadas de dinheiro público a inflacionar um mercado que nunca se recompôs, roubalheira arbitral durante anos a fio nas divisões profissionais, a instiutição da liga nestes moldes e com os apanágios que existem actualmente, alargamentos geograficamente oportunos para fazer pender a balança a favor das pequenas porcarias que servem de palco para a vaidade de gebos fiúzas como o Fiúza. Pobres Belém, Sp. Covilhã, Elvas, Barreirense, Portimonense, Farense, etc, que nunca mais puderam ter esperanças de contar para alguma coisa.
O CFB tem a lei e, mais importante, a justiça, a seu lado (pois no último confronto directo foi ROUBADO).

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Blogger Felizberto Desgraçadodisse...

"É por isso que o Xico de Belém pode vir a ser outro Cesário, e tu e eu não podemos aspirar a ser mais do que um Vasco Graça Moura"

Ou quem sabe um EPC, para manter a questão na familia sportinguista?

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Quem? O quisto sebáceo?
Sabem que ele teve um processo com o jornal Diabo durante muitos anos porque o jornal lhe chamou – e cito: o quisto sebáceo que engordura a última página do Público?

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Blogger Lars o Kirkdisse...

Não sou homem de leis, pelo que para mim tudo é simples e claro, assim vejamos:

1. O Gil desce. Cometeu fraude, teve azar, foi catado e assim vai parar à 2ª liga. Não faz cá falta nenhuma.

2. Os pasteis descem, porque descem. Perderam, fizeram menos pontos que os outros e como tal o seu lugar natural e merecido é a 2ª liga. Ah! e não fazem cá falta nenhuma.

3. Assim, voto pelo Leixões, pois estes ao menos lutaram para subir e até ficaram perto. Embora... também não façam cá falta nenhuma!

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

Pois é Luciano, a rivalidade entre o Atlético e o Belenenses foi-se esbatendo com o tempo, mas a minha antipatia pelo Belém é de sempre, não gosto de vocês nem um bocadinho.
Quanto ao que interessa, que é o Caso Mateus, estou com o Lars o Kirk, o Leixões é que deve jogar na primeira e os pastéis tem na II o seu verdadeiro lugar.

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Anonymous Xico de Belémdisse...

Deves ter sido tacteado indecentemente por um mânfio da Casa Pia e reagiste assim, Juveneno. Eu e o Belenenses perdoamos-te. Mesmo que só digas disparates e não consigas ver a grandeza do Belenenses e dos seus adeptos. Afinal, já sofreste taaaaannnnttttoooooo!

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Anonymous Maria Filódisse...

Pensei que havia algum tipo de moderação para impedir as barbaridades que a maior parte dos comentadores deixa nas caixas de comentários. Lê-se o fórum e encontra-se este chorrilho de asneiras.

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

E há moderação, Maria Filó. Há uma regra que todos os participantes conhecem: não me podem insultar porque eu sou particularmente sensível.
Agora, quando os leitores se apelidam entre si de "montes fumegantes de esterco" , eu lavo daí as minhas mãos. Na poesia, não se toca.
Critique agora, mas quando eu e o Visogordo estivermos no Grémio a recitar, quero ver quem será a primeira a estender-nos livros para assinar.

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Anonymous Bastos Lopesdisse...

Descia o Belenenses e o Leixões não subia, passando a Liga a 15 clubes...

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Blogger Lars o Kirkdisse...

Já agora, juntava-se o Nacional da Madeira (bem mereçem) e ficava-se com um belo campeonato de 14 equipas, que aqui para o burgo é mais que suficiente!!

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

O teu nome indicia mais a proximidade com a Casa Pia, afinal se trocar uma letra no teu pseudónimo passas a ser o Bico de Belém, e posso garantir-te que se não tiveres dentes até eu me ponho na fila. Afinal sempre posso continuar a sofrer, mas sem o risco de ser mordido.
Vai levar onde mais gostares, até porque deves de ser um dos poucos tristes que se passeiam pelos bancos de jardim de Belém, afinal o local onde a MERDA do teu clube nasceu!

 
At terça-feira, 05 setembro, 2006, Blogger Visigordodisse...

Carissima Maria Filó,
atente nas palavras do Bulhão e registe, porque eu sou um indivíduo de rancores criados em blogs, sitio de onde tiro a maior parte da inspiração para urzir a pérola que lhe pus à frente dos olhos, e que, naturalmente, atrairá os observadores de Nobel a este blog. Poderei ter 100 Watermans, 30 dias disponíveis e 20 ou 30 estádios de Alvalade à espera que lhes assine os versos, mas a si, Maria Filó, mas a si em particular, não lhe faço nem uma cruzinha no best seller. Mais, estou mesmo disposto a colocar-lhe o sr. Luis Filipe Vieira como RP para lhe justicar tal posição.
Bulhão, Visogordo? Isto parece-me uma tentativa dissimulada de evocar jihads contra a franja blogistica mais anafada.

 
At quarta-feira, 06 setembro, 2006, Blogger Apredisse...

Incrivel como o sacana do Major quiz tentar pôr o Gil na 1ª liga apesar do Mateus ter marcado golos e ganho pontos ao Gil que devia ter sido desclassificado logo em Janeiro.

 
At quarta-feira, 06 setembro, 2006, Blogger Felizberto Desgraçadodisse...

Eu acho que a maria filó é como aquele tipo gordo que mandava calar toda a gente no Grémio e às larachas das meninas do Jet7 se saía com um insonso "Catita".

Andam por aqui bandeiras da cultura nacional como o Luciano e o Bulhão, quais Cruges e Alencares, a espalhar um "cheirinho" de poesia de alta qualidade, e a reacção é esta?

PS. A referência a EPQ era, óbviamente, irónica, tal qual (acho) a de VGM.

 
At quarta-feira, 06 setembro, 2006, Blogger Visigordodisse...

Bom, sobre o tema propriamente dito, e falando nós mais a sério, alguém imagina o que teria sido a nossa infância se alguma vez, por alguma obra do acaso, o Bolinha tivesse franqueado as portas do seu clube à Lulu?
As regras eram claras e sempre foram cumpridas, menina não entra!

 

Enviar um comentário

<< Home