Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

segunda-feira, março 06, 2006

Não Renoves, Sá!

Sei que a opinião não é maioritária entre sportinguistas, mas prefiro que Sá Pinto não renove contrato no próximo Verão. É herético, bem sei. Por menos do que isso, há quem seja queimado na fogueira.
Ninguém põe em causa que Sá Pinto deu muito ao Sporting. Foi o símbolo que Oceano nunca conseguiu ser e que Barbosa teimou em não confirmar. Ninguém melhor do que o Sá transmite energia vulcânica para as bancadas. O Sá é a nossa projecção no relvado – adeptos velhos ou adeptos novos, sócios sem posses ou endinheirados, revemo-nos nas explosões dele, protestamos como ele, insultamos como ele. Mordemos os lábios de raiva em face da injustiça, do azar, da azelhice. E alguns de nós choram como ele perante a derrota (aqui o vosso amigo soluçou como uma madalena depois da final da UEFA).
Todos sonhámos, nem que fosse por um dia, em sair da Luz como o Sá saiu – aos berros, exultando, rejubilando com o triunfo nas barbas do adversário. O Sá personificou o sonho de alguns milhões. E, por isso, estar-lhe-ei sempre grato.
Há quem se queixe de que este ano de centenário (real, nunca é de mais dizê-lo) não tem sido digno: não temos presidente à altura da ocasião, porventura não temos SAD digna dos 100 anos, o clube está em polvorosa e prepara-se para cortar com o modelo que vingou no primeiro século de existência. Mas numa coisa, creio, há unanimidade: temos o melhor capitão imaginável para o ano do centenário. Francisco Stromp ficaria orgulhoso do Sá, do que ele representa, do que ele aglutina, mesmo que ficassse chocado com a linguagem.
Todavia… o Sá deste ano (e pontualmente, o do ano passado) faz-me lembrar um animal dominante na iminência de perder o estatuto. Colegas e adversários pressentem que os sprints estão um décimo de segundo mais lentos. As pilhas já não chegam para 90 minutos de correria. As pernas pesam mais uns gramas. A técnica, a inteligência e o carácter estão lá, são inatos, mas o Sá, dobrado sobre a cintura, recuperando o fôlego, já não parece o mesmo. O guerreiro esgotou-se. É a ordem das coisas.
Em seu redor, perfilam-se já as gadanhas da morte desportiva, precipitando o fim. Para mim, porém, nada poderia ser mais doloroso do que o Sá arrastando-se no relvado mais uma época, sem força, sem velocidade, à mercê de qualquer Carlitos desta vida.
Bem sei que as sereias do costume vão murmurar as mais belas cantorias, tentando convencê-lo a dar mais um tiro na roleta russa. “É só mais um tiro, quase não há risco.”
Há, Sá! Tapa as orelhas como os marinheiros de Ulisses e esquece as sereias. Abandona no Verão e sairás de Alvalade em ombros. Lembra-te que, na roleta russa, acaba sempre por haver uma bala.

21 Comments:

At terça-feira, 07 março, 2006, Anonymous Jay Jay Okochadisse...

Clap. Clap. Clap. Excepcionalmente hoje gostei de ler.

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Anonymous Anatolydisse...

Gostei, mas não concordo. O Sá ainda tem muito para dar.

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Leão Verdedisse...

Estou de acordo. Deve sair no fim da época, por cima. Não há nada pior para quem está na ribalta do que não saber sair de lá a tempo.

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

Para mim o Sá tem tudo para ser o álvaro magalh~es do sporting, só que com os dedos todos e com muito mais educação, se é que fosse difícil ter mais educação do que aquele presente rançoso de Lamego que assentou arraiais no clube dos couratos

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger GreenPowerdisse...

Eu tou completamente de acordo! O Sá para andar um epoca no banco, ou a se arrastar e a receber comentarios menos bons, iria fazer esqueçer o seu excelente desempenho deste ano e do ano passado, se acabar este ano acabará em beleza, por isso estou de acordo com o excelente post! Saudações Leoninas!

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Concordo em absoluto. Por mais que não goste de Sá Pinto - e não é este um sintoma de que é um bom capitão sportinguista? -, acho que os jogadores da sua estirpe (lutadores, incansáveis, abnegados) não devem deixar-se arrastar como os leões moribundos na hora da sucessão - embora aqui a metáfora até encaixasse bem. Para que se conserve a boa memória, devem sair em grande, à hora certa. Se eu fosse portista, teria ficado triste por ver Jorge Costa ser posto de parte daquela forma. Se o Bicho tivesse arrumado as botas um ano antes, seria hoje um deus no Dragão. Assim é um grande jogador que saiu pela porta pequena.

PS - Juveneno: o Sá Pinto não tem tudo para ser um Álvaro Magalhães, especialmente no que concerne aos dedos. Não confundas o Álvaro com o Shéu. O Álvaro é o que tem um dedo a mais. O Sá Pinto teria que fazer um enxerto.

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

Tens razão Guitarrista, para mim vocês são todos iguais.
Sabes aquelas das moscas, muda o cheiro...

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

Que violência, Juveneno

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Que exagero, Juveneno. Uns têm três dedos, outros seis; uns cheiram a suor, outros a sandes de coirato; uns são analfabetos, outros têm a quarta-classe; uns são gatunos, outros apenas mecânicos bate-chapas... Não deves aplicar o estereótipo assim, a torto e a direito. Nem todos somos da Cova da Moura. Há muito bom benfiquista da Musgueira, da Damaia ou da Brandôa!... E todos somos bons chefes de família. Aliás, muitos de nós até somos exemplares chefes de VÁRIAS famílias. If you know waht I mean... EHEHEH (sorrisinho alarve - à la benfiquiste -, seguido de coçagem de escroto minuciosa, com mindinho direito em evidência, dando uso à unhaca que os sportinguistas tanto desdenham... acreditem, tem muita utilidade).

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

Ok Guitarrista.
Revejo-me em ti como adepto lampião, consegues ser mau mas com elevação.
Por ti queria que o benfica amanhã levasse só 5, pela generalidade dos lampiões, sei lá... talvez que o avião caísse!

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Don Corleonedisse...

Raimundo António: concordo em absoluto com o que dizes, embora o meu clube não seja o mesmo que o teu. Foi com tristeza que vi o Jorge Costa abandonar o meu clube, sem oportunidades de jogar, poderia acabar a carreira em ombros, mas talvez tenha ouvido uma "sereia" e está agora na Bélgica, só ele viu o que tinha mais para dar ao futebol. Já tinha acontecido com Secretário e adivinha-se o mesmo com Baía, quanta sereia deve andar no rio Douro... Jogadores como estes que vestem a camisola, não há muitos, mas no Sporting não é de estranhar que o Sá de amanhã seja Carlos Martins, esse mesmo que por cada golo que marca beija a camisola, no Porto Ricardo Costa e no Benfica... João Pereira!?

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Agradeço o gesto lambe-botista, mas declino. Não me dou com gente da tua laia. Prefiro os meus irmãos das barracas. E quando digo "irmãos", é mesmo irmãos que quero dizer. Isto da poligamia não é invenção da minha geração...

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Don Corleonedisse...

Raimundo António: concordo em absoluto com aquilo que dizes, embora o meu clube não seja o mesmo que o teu. Foi com tristeza que vi o Jorge Costa abandonar o meu clube, embora sem jogar, tal como Paulinho Santos, poderia ter acabado a carreira em ombros, mas deve ter dado ouvidos a alguma "sereia" e embarcou para a Bélgica. Já tinha acontecido com Secretário e adivinha-se o mesmo com Baía, quanta sereia deve andar no rio Douro... Jogadores que vestem a camisola, não há muitos, mas há alguns e no Sporting não é dificil adivinhar o Sá de amanhã, Carlos Martins, esse mesmo que por cada golo que marca beija a camisola, no Porto Ricardo Costa e no Benfica... João Pereira!?

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

O lambe-botismo é um fetiche meu, lamento que o tenhas descoberto, porque se a bota tiver lama, então sorvo-a até ao fim.
Pronto... tenho que acabar porque de soslaio(a) já estou atrasado e tenho que ir ter com o meu "irmão" à barraca para lhe levar pão, como costumo fazer aos milhafres mais famintos.

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Anonymous Conandisse...

Alguém duvida que o novo grande capitão do Sporting vai ser Rodrigo Tello ? A alma, o querer, a raça, a devoção, a forma como os colegas o veneram, está tudo lá.
Daqui a dez anos ninguém se vai lembrar quem foi o seu antecessor...

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Ó Bulhão, não percebo por que raio tens a moderação de comentários ligada se não fazes bom uso dela. Já leste bem os desabafos do Juveneno? Qualquer dia isto parece o consultório sentimental da TV Mais.

Acrescento que essa raça de milhafres que o dito comentador alimenta com pão não é habitualmente designada dessa forma. No Rossio diz-se "pombo", por exemplo. E, já agora, não percebo o que é que anda um reformado aqui a comentar no Mãos ao Ar. Se não tem idade para trabalhar, não tem nada que ter a internet.

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Mindodisse...

Sá Pinto mesmo a meio gaz continuará a ser uma referença no balnéario!
Por mim deveria acabar a carreira quando o Sporting for campeão este ano! Se o sistema não deixar (como no ano passado) e se formos à LC então deveria jogar mais um ano!

P.S: Acho muita graça a estes lamps! E que eles tem um capitão de nome Simulão 'The Tomba-Lombas'' Sabioso cuja principal qualidade é querer bazar de lá!
Nem 1 jogador de referença do Benfas vem das suas escolas de formação! Que granda dor de cotovelo!

P.P.S: Podemos ter um co-optado por presidente mas sempre vale mais do que tripeiros repentidos!

Saudações leoninas

 
At terça-feira, 07 março, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

A lenta transformação deste blog num consultório sentimental para solteiros e casados é um projecto que nos move, a mim e ao Sancho, desde a primeira hora. Creio que estamos num momento muito interessante de partilha emocional.
Comecemos, pois.
Juveneno: quando respondes com rispidez, não estarás a esconder uma alma magoada, que pretende um pouco de carinho? Pensa nisso.
Guitarrista: em vez de bloqueares o Juveneno, escondendo-te numa carapaça de indiferença, não seria melhor abrires a alma e perceberes que os outros também precisam de conforto? Pensa nisso.

Ora bem. Dois minutos de consulta. São 50 euros. Aceitamos cartões.

 
At quarta-feira, 08 março, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

É verdade Bulhão, a minha rispidez são realmente carências de afecto.
Quanto ao Guitarrista até acho que o rapazola me está a descobrir os fracos gradualmente, e é uma pessoa com formação de aves, tendo até descoberto que existem pombos no Rossio. Eu como sou da Chamusca e gosto de os ver à frente babados, prefiro os passarinhos da lezíria.

 
At quarta-feira, 08 março, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Bom, penso que tens razão, Bulhão. Podia começar por dar atenção ao Mindo, por exemplo. Mas... não sei, tem aqueles tiques que me merecem muito mais indiferença do que carinho, acho eu. Por exemplo, aquela expressão do "Simulão"... epá, não sei o que te diga. Sinceramente, acham mesmo que o transformismo do nome dos jogadores do Benfica, o gozo com a águia e a gripe das aves, a intencionalidade da alcunha "orelhas" para designar o nosso Querido Líder, o gag já centenário dos "coiratos"... acham mesmo que isso causa transtorno aos adeptos do tal "Benfas"? Meus queridos, isso são adereços, alfinetadas de importância menor. A mim dói-me é quando ouço um Gerrard dizer que "a taça ainda é nossa" (não exactamente por estas palavras, mas em termos semelhantes - só que em estrangeiro). Porquê? Porque é um facto. Por enquanto, é um facto.

 
At quinta-feira, 09 março, 2006, Anonymous Apredisse...

O Sá ainda tem nele a garra daquele pontapé ao Artur Jorge, a forma como jogou, marcou e saiu da Luz, é a marca de um líder.

Eu concordo contigo Bulhão, acho que ele devia sair já, e ir para o Belenenses.

 

Enviar um comentário

<< Home