Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

segunda-feira, março 06, 2006

Coitus Interruptus

O post já estava escrito. Era um texto notável (a modéstia em excesso é a vaidade dos tolos), sublime, que levaria as quatro pessoas que me lêem a abandonar a fé católica e a criar uma religião inspirada em mim.
Mas eis que surgiu o golo que mudou tudo.
O feito de Miccoli não me preocupou desportivamente. São mais três pontos para o Benfica, mas esse, reconheçamos, é um problema para os adeptos do Braga e do Boavista. Ah! E do Nacional também, senhor engenheiro.
Cá em cima na tabela, onde o ar da montanha é revigorante, os ecos dessas coisas são atenuados. Chateiam como uma picada de mosquito, mas pouco mais.
Não, leitores, o que mais me chocou no golo de Miccoli foi a perda sofrida pela literatura. Pela cultura. Por todos vós. Vocês não sabem - nem saberão - o que estava escrito naquele post. E isso dói muito...

Arre porra, Sancho, quando é que escreves alguma coisa? Suspeito que os leitores já perceberam que somos mais superficiais do que a laca do cabelo do José Veiga.

8 Comments:

At segunda-feira, 06 março, 2006, Blogger Insurrectodisse...

Ainda falta tanto jogo... tanto ponto perdido... tem calma que ainda vem aí uma avalanche...

 
At segunda-feira, 06 março, 2006, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Bem-ditos M&Ms amarelos!

 
At segunda-feira, 06 março, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

Caro Bulhão, o Sancho está em Portugal?
Pelos resultado do Sporting suspeito que esteja bem longe, para aí na Nova Zelândia!

 
At segunda-feira, 06 março, 2006, Blogger Sancho Urracodisse...

Estou em retiro espiritual, a sorver com sofreguidão o ar puro do topo da montanha classificativa. Em breve darei notícias - quando a merda do meu computador decidir funcionar...

 
At segunda-feira, 06 março, 2006, Anonymous juvenenodisse...

Que sejas bem vindo, lá por alturas da pré-época 2006/2007.
Fica bem pela montanha, que nós estamos bem sem ti em Alvalade. Já falei de ti ao Paulo Bento, e eles está disponível a pagar-te férias de turismo sénior (+85 anos) no Inatel para ti e para os teus netos.

 
At segunda-feira, 06 março, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Não seja por isso, Bulhão. Posta o texto. A gente faz de conta que o Benfica não ganhou o jogo.

PS - "O topo da montanha classificativa"...? Eu julguei que o Sancho era do Sportém. Afinal, sai-me mais um tripeiro.

 
At segunda-feira, 06 março, 2006, Anonymous Apredisse...

Fica para uma PRÓXIMA oportunidade!

 
At segunda-feira, 06 março, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

Não é bem, bem, o topo, mas é quase. Assim o Koke não se constipe.

 

Enviar um comentário

<< Home