Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

terça-feira, janeiro 10, 2006

Freud e Outras Coisas Mais

Não posso afirmá-lo com certeza matemática, mas a palavra “ressabiado” deve ser a segunda mais utilizada na blogosfera futebolística portuguesa – a primeira é naturalmente “capanga”.
Não pode uma alma penada manifestar-se como antibenfiquista sem ser fustigado com dureza pela sua audiência. Nem Freud imaginaria tamanha legião de seguidores instalados nas bancadas de estádios portugueses. Surpreso? Experimente o leitor sugerir que a estalada do capanga de Veiga (lá está a palavra capanga!) não foi propriamente o acto mais elegante da história do Benfica. Logo se levantará um coro (ou coiro) de ayatollahs, que o tomará como infiel e que associará rapidamente traumas de infância à sua interpretação do caso.
Questione a aquisição de Marco Ferreira e logo verá como um grupo de verdugos se abaterá sem piedade sobre si, acusando-o de ter sido maltratado na infância. Sugira que os métodos de Veiga e Vieira se parecem um poucochinho com os gangsters de Chicago da década de 1920 e logo verá que, afinal, a sua posição deriva apenas de uma homossexualidade recalcada. Reconheça que os golos de Luisão resultam invariavelmente de entradas com os cotovelos que fariam os próprios visigodos corar de vergonha e logo tomará o gosto dos críticos, que lhe chamarão drogado, abusado, violado e por aí adiante.
(Abro um parênteses para dizer que, que me lembre, só fui violado uma vez. Eu e mais 30 mil pessoas. Foi num Sporting-FC Porto para a Taça, e o violador foi um árbitro chamado Mário Leal. Nesse jogo, reconheço, houve violação às claras. Ganhou o FC Porto por um árbitro a zero e a partida terminou com uma valente carga policial sobre os adeptos desarmados. Corria o ano da graça de 1992.)
Tenho, porém, uma novidade, meu primitivo amigo benfiquista. Admito que ela ainda não tenha chegado aí, à copa das árvores, onde o amigo pula e esbraceja, mas é verdade: a psicologia já abandonou Freud. Os traumas de infância não chegam para explicar tudo. O recalcamento sexual não ajuda muito a explicar a opinião dos críticos da aquisição de Manduca e objectivamente acredite que é possível questionar a direcção do Benfica sem ressabiamento, nem frustração. É possível e louvável.
Não lhe peço, meu primitivo amigo, que compreenda. Entretido que está a catar os parasitas do lombo do primata alfa, admito que a premissa lhe pareça absurda ou complexa. Limite-se a soltar um grunhido caso tenha percebido ou dois caso a névoa irrompa pelo seu engenho cognitivo.
Grr! Grr!
Esqueça.
E nuguum puru u Bunfuca! E nungum puru u Bunfuca!

47 Comments:

At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Jonathandisse...

Brilhante, meu caro.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger patovicdisse...

Espectáculo! O blog mais sarcástico de todos... Gostava que pudessem actualizá-lo mais frequentemente... Desespero à espera de novos posts...

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Anatolydisse...

Ah Ah Ah Ah Ah! Lindooooooo

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger El Ranysdisse...

Uga, uga, bonga,bonga...
É o fungagá da bicharada. ehehehehe.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Figas_21disse...

Mto bom mesmo...

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger master kodrodisse...

Magnífico, Bulhão. É exactamente assim, sem tirar nem pôr. É essa a experiência deste vitoriano que é apelidado de sportinguista, portista (até benfiquista, por um néscio encarnado ainda mais distraído) e sempre, obviamente, anti-benfiquista. Ainda acrescento o outro prisma: cada vez que um blogger/opinador/comentador/presidente encarnado dá um peido (aqui no sentido figurado, e daí...) todos os seguidores batem palmas. Não interessa o quê.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Francisdisse...

A referênçia ao " ALFA " é absolutamente extraordinária.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous pibermandisse...

Finalmente uma visão lúcida, que nos dá, num breve olhar sobre as bancadas da Luz (ou a casa de meninas da 2ª circular), um fiel retrato da massa populacional que vegeta nas mesmas...

Saudações Leoninas!

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous hdisse...

Até acaba por ser simples, Bulhão Pato: vai levar no cú ...

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

No fundo, a tua vida não era nada sem o glorioso Benfica.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous hdisse...

Censura, portanto. és mesmo palhaço, ó grande Filho de Puta. Se também levares umas estaladas no focinho ... não te admires

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

No interesse do post, publicam-se hoje todos os comentários sem excepção. Como o do amigo h.
Uga.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Chalanadisse...

A gestão dessa merda dos comentários retardados dá-te muito jeito, não dá. Calculo que censuras o que não te agrada, como bom fascista que deves ser. Quanto a mim, e esperando que o meu comentário possa passar pelo lápis azul, continuo a achar que és um frustrado, que deves ter sido enrabado por quinze guineenses do Benfica

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Octávio Partodisse...

Eh, eh, eh...de facto, enquanto sportinguista digo e continuo a dizer: só o Benfica é que me dá alegrias!

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Octávio Partodisse...

Eh, eh, eh...de facto, enquanto sportinguista digo e continuo a dizer: só o Benfica é que me dá alegrias!

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Pibermandisse...

O must - "quinze guineenses do Benfica" - tendo em conta o texto, digo:
- redundância!

Glorigozo no seu esplendor, provavelmente escrtito(?) pelo primata mor, "O Barbas"!

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Jay Jay Okochadisse...

Continuo a achar que tens algum problema a resolver com o Benfica e que esse conflito já vem de trás. Mas acho que nada justifica o insulto gratuito dos meus colegas de clube.
Campeões somos nós. SLB4ever.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Antes de mais, um valente "uga" a toda a plateia. Só pude comentar agora porque a internet foi abaixo aqui na bananeira. Peço desculpas pelo atraso.

Tenho a dizer que, se todos os "anti-benfiquistas" fossem como o Bulhão, a minha relação com a sátira futebolística seria muito melhor. Parabéns. És o único que me faz rir - desta vez foi atés às lágrimas... - com sátiras e humor venenoso sobre o meu clube.

E, para os restantes camaradas encarnados, apenas um conselho: riam-se, aproveitem. Nem sempre a prosa blogueira nos dá a oportunidade de fazê-lo com tamanha satisfação. Além disso, rir de si próprio nunca fez mal a ninguém.

Claro que isto não significa que eu não possa dar réplica um dia destes...

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Peyroteodisse...

Simplesmente genial!!

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Anonymous Alexanderdisse...

Engraçado como os neandertais da Luz enfiam logo o barrete.

Nice post!

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Ruidisse...

È verdade... a do Mário Leal foi a arbitragem mais habilidosa que já vi na minha vida, sem no entanto ter existido um unico caso!!

E também é verdade, já depois do CI ter "varrido" a zona da Juve, sem nenhuma justificação, incluindo uma pequena tareia a uma mulher óbviamente grávida, vi já no exterior um daqueles policias do antigamente, de bigodaça e unhaca para tirar o serôdio cá para fora (era lampio, de certeza, pelas caracteristicas) a atirar pedradas aos adeptos Leoninos.

Pela minha parte vinguei-me uns tempos depois numa dupla colega do "porco".

Quanto ás galinhas... que fazer?

É deixá-las andar que tirando o cheiro até nem incomodam... e a vida seria muitissimo mais infeliz sem os palhacinhos!!

PS. Na moderação dos comentários, fascismo absoluto. É levar e calar! Não gosta não come.

 
At terça-feira, 10 janeiro, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Mau, em que é que ficamos? Neadertais ou primatas que vagueiam de galho em galho? Vocês decidam-se. Não se aconselham ofensas confusas, especialmente tendo em conta o diminuto QI que nós, benfiquistas, possuímos e exibimos junto a roulotes de bifanas, enquanto empinamos minis e urramos uns com os outros... Vá lá ver.

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Olá.
Proponho a substituição de "filho da puta" por bulhão pato.
De aqui em diante passaremos a dizer: "olha-me aquele bulhão pato" ou "Vamos à mãe do bulhão pato".
Considero justo!
Num tom mais calmo... olha que o teu clube também tem feito umas lindas merdinhas, hein... ó... paneleiro do caralho!

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Anatolydisse...

Ó cabrão. Nem assinas essa merda. És um cobarde. Para além de lampiurso.
Só vens comprovar lindamente a máxima expressa por este post. Parabéns, Bulhão. E não esmoreças com estes fdp.

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

LAGARTOS:
São 100 anos de frustrações
O vosso clubezeco nasceu À conta de uma frustração:
"Ó tio, dá-me lá dinheiro para fazer um clube só para mim".
A partir daí foram sempre atrás de uma cenoura: O glorioso S.L. Benfica.
E nem percebem que de segundo clube nacional passaram a terceiro. Cuidado com o Braga e Boavista. (reparem bem nos últimos 20 anos)
Enfim, um clube onde os seus adeptos não escolhem os seus dirigentes, que tem o pior estádio dos 3 grandes, que cada vez menos aparece nos campeonatos das outras modalidades e cuja a equipa de futebol só 15 joagadores para apresentar em Braga.
E os seus adeptos o que fazem?
Pensam no Benfica

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Octavio Partodisse...

Em cada lampião há um gibão

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Juvenenodisse...

Bulhão, suspeito que os animais que agrediram o outro no aeroporto se soubessem ler estavas entalado. A tua sorte é que a maioria dos lampiões são analfabetos, e até estes palhaços que aparecem aqui a ofender-te devem ter tido ajuda para ler o teu post.
Continua, a merda dos lampiões têm de ser dizimados (para os lampiões mais crentes informo que dizimado não é sinónimo de dizima).
A luta continua!!!

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Eu percebo, falas no Sporting e tens uma dezena de comentários. Falas no Benfica e tens tres vezes mais (fora aqueles que apagas).
Pareces o Record

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Tu és igual á escumalha lagarta que puxa carroças e usa palas nos olhos.
Abre os horizontes não olhes para a LUZ porque ficas cego.

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous JLAFdisse...

Excelente post! E após passar os olhos pelos comentários denota-se o seu alcance. Questiono-me se os comentadores "h" e "anónimo" terão ditado a alguém para escrever por eles ou se terão sido treinados como o chimpanzé Jeremias o foi para separar o lixo? Pela verborreia entende-se que "h" é um frequentador assiduo das bancadas da Luz, tais as palavras plurissilábicas que aprendeu a grunhir..
Saudações Leoninas e um UGA para os demais!

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Cocasdisse...

Eles hádem de cá virem que nós não somos povo da solidaridade, póssamos ou não ter o Rui Costa, quem vier a seguir morre.

E nuguum puru u Bunfuca! E nungum puru u Bunfuca!


PS: É urgente alterar o mapa do metropolitano de Lisboa para uma melhor e eficaz utilização.

Luz/Jardim Zoológico

Colégio Militar/Sete Rios

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous JLAFdisse...

Fantástico post! E passando os olhos pelos comentários, entende-se o seu alcance! O comentador "h", por exemplo, demonstra ser um assíduo frequentador das bancadas da Luz a avaliar pelo tipo de palavras plurissilábicas que aprendeu a grunhir...E o que dizer dos anónimos? Até a australopiteca Lucy tinha nome...
Saudações Leoninas e um grande Uga para os demais!

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Sancho Urracodisse...

Para o tal anónimo que se refere aos cem anos de frustrações, gostaria de corrigir algumas inverdades que proferiu:

Quem fundou o clube não foi pedir dinheiro ao tio, foi ao avô, o visconde de Alvalade. Não se deve, nunca, confundir um tio com um avô. Só os primatas não sabem ver a diferença.

Até podem ser cem anos de frustrações - tirando as medalhas olímpicas e outros "pormaiores" - mas são cem anos verdadeiros. E repara que é difícil seguir atrás daquilo que apelidas de cenoura SLB, porque, em 1906, simplesmente não havia SLB.

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Blogger Briggite Bardotdisse...

Vim cá ter porque me enviaram este post por mail.
Genial.
Por acaso sou lagarto mas mesmo que fosse lampião acho que ria na mesma.

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Dia 28 vai ser lindo ver os betinhos a levar na tromba dos primatas, à vai vai....
E aí bem podem pedir ajuda à polícia!

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

A mim não me enganam. Os comentários ressabiados são feitos pelo próprio Bulhão para animar o site! Os primatas que tentaram ler este texto não o perceberam.

São a vergonha de Portugal inteiro!

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Blogger Mark3rdisse...

Uga, Uga, arf, arf, grr, grr, UGAAAAAAAA

Tirei um curso de lampionês na escola do Barbas e ja consigo comunicar com eles :)

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Blogger Guitarristadisse...

Confesso que fico abismado. Depois de um post destes - com nível, bem escrito e cheio de graça-, as reacções de alguns dos sportinguistas - orgulhosos, peito feito por terem entre as suas fileiras alguém que sabe escrever - conseguem ser tão primárias quanto as reacções dos ofendidos benfiquistas.

Ó Bulhão, parece que também há lagartegm pendurada na vegetação, pá...

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Blogger Apredisse...

Fabuloso!
Não se retira uma vírgula, nem um grunhido sequer.

 
At quarta-feira, 11 janeiro, 2006, Blogger Rantasdisse...

Mais uma excelente posta do melhor blogger de 2005. Os meus parabéns.
Quanto aos comentários (ressabiados, pois então!) de alguns (capangas?) - não levem estas coisas tão a peito. Fosse eu benfiquista (lagarto lagarto!) e acharia piada à mesma a esta peça de humor. Raio de gente, que leva tudo tão a sério, e se leva também demasiado a sério.

 
At quinta-feira, 12 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

para o sancho:

Sport Lisboa de 1904 manteve:
AS mesmas pessoas
as mesmas cores
o mesmo emblema
A mesma numeração

O mesmo não podes dizer do Sporting


por mais que te custe são 102 anos gloriosos

 
At quinta-feira, 12 janeiro, 2006, Blogger Sancho Urracodisse...

Para o anónimo:

Acho que era melhor reveres essa história clubística de pacotilha...

Então o Sport Lisboa de 1904 manteve o mesmo emblema? Então onde estava a roda da bicicleta?
As mesmas cores? Vê e pesquisa bem as fotos da época e vê se consegues descortinar algum encarnado, ou és daltónico? (não, não tem nada a ver com os irmãos Dalton).

E, fantástico, manteve as mesmas pessoas? Bem, o Belas de 1902 também tinha as mesmas pessoas que fundaram o Sporting, mas não arranjamos subterfúgios para esconder a verdadeira data de fundação do SCP. A não ser que queiras dizer que as mesmas pessoas são aqueles velhinhos com 124 anos que ainda hoje assistem aos jogos do SLB 1908 no estádio pré-fabricado de Carnide.

Uga!

 
At quinta-feira, 12 janeiro, 2006, Blogger Lars o Kirkdisse...

Simplesmente brilhante e, acima de tudo, verdadeiro!

Em relação ao picanço anonimo vs. Sancho, um conselho:

Anonimo, desiste! O Sancho, do alto dos seus provectos (mas lucidos) 142 anos, viveu isto tudo em idade adulta, e é imbatível em datas. Afinal, não é à toa que é unanimemente reconhecido como o grande mentor de Rui Tovar...

 
At quinta-feira, 12 janeiro, 2006, Blogger Lars o Kirkdisse...

Não resisto! Aproveito a pequena janela de ausencia de censura para gritar bem alto:

Em cada lampião

Há um grande mandrião...

 
At quinta-feira, 12 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

Ó sancho , então as cores não são as mesmas? ou estás brincar ou és mesmo...
Nem vou perder tempo com a questão das cores, porque realmente...

"Tudo começou no ano de 1904, na Rua Direita em Belém. Existia uma farmácia que tinha o nome de "Farmácia Franco". Alguns andares acima dessa farmácia, viviam algumas famílias que gostavam bastante de futebol (recorde-se que nessa altura, todos os termos eram ingleses, daí a designação Sport Lisboa e Benfica). Entre essas famílias, estavam os irmãos "Catataus" que decidiram formar um clube com sede na "Farmácia Franco". Os membros que formavam o clube eram (por ordem alfabtica): Abílio Meireles, António Rosa Rodrigues, Cândido Rosa Rodrigues, Carlos França, Eduardo Corga, Francisco Reis, Jorge Sousa, Jorge Afra, José Linhares, Manuel França, Raul Empis e Virgílio Cunha. Daniel Santos Brito era o secretário, Manuel Goularde o tesoureiro e José Rosa Rodrigues o presidente. As camisolas já eram vermelhas e o símbolo do clube era um igual ao actual símbolo do Benfica (retirando a roda tinha escrito "S.L." no lugar de "S.L.B.")."

 
At quinta-feira, 12 janeiro, 2006, Anonymous Anónimodisse...

A tradição ainda é o que é.
Vocês andaram sempre atrás do Benfica. è a vossa História.
Sempre foi uma tradição antiga, que vem das origens do próprio clube, esta apetência por jogadores de coração vermelho ou que tivessem algo a ver com o Benfica. Até Eusébio da Silva Ferreira, se não fosse escondido numa casa de banho do Aeroporto Internacional de Lisboa, a esta hora não tinha estatua à entrada da Nova Catedral.
Já em 1907, o Clube de Cosme Damião, passou por uma das suas maiores crises, pondo em causa a sua sobrevivência. Aliás, os relatos da época são bem elucidativos de como algumas coisas ainda continuam iguais.

“O problema do campo era insolúvel e mais actividade tomou quando surgiu o Sporting Clube de Portugal, dono de um campo vedado, com instalações decentes (…).
Como parece evidente, José Holtreman Roquete, interessado em arrancar a sua equipa da mediocridade em que se encontrava, fez o aproveitamento do desânimo dos jogadores do Sport Lisboa (…).
O Sporting oferecia aliciantes que os futebolistas perseguiam: Campo Próprio, sede e dinheiro, a equipa estreava uma bola cada jogo e este pormenor impressionava bastante quem nem sequer tinha uma, caso do Sport Lisboa (…).
Mais tarde depois de salvo o Sport Lisboa, apesar da debandada de alguns dos seus mais ilustres futebolistas para o recente Sporting, no turbulento ano de 1907, disputou-se o primeiro Benfica – Sporting(…).
O Sporting venceu por 2-1, mas, o Jogo não foi pacifico. Já na segunda parte com o resultado em 1-1, começou a cair forte chuvada e os sportinguistas deixaram o campo. Ficaram adversários e o árbitro, Burtenshaw, do Carcavelos. O inglês levou algum tempo a convencer os “Leões” a regressarem ao terreno de jogo e à chuva… Comentário de “Os Sports” : “A chuva, tendo tornado frios os rapazes do Sport Lisboa, abate um pouco a sua energia e os adversários aproveitado-se, marcam novamente um golo, fazendo o resultado.”
Memórias do primeiro Benfica-Sporting. “Gloria e vida dos 3 gigantes”. Jornal “A Bola”.

 
At sexta-feira, 13 janeiro, 2006, Blogger Sancho Urracodisse...

Como vês anónimo, só me estás a dar razão: "O primeiro Sporting Clube de Portugal-Sport Lisboa foi em 1907". Não em 1904, como apregoas que é a data de fundação do teu clube.

E se fores às origens do Sporting, também podes começar com "... e tudo começou em 1902..."

I rest my case e obrigado por me teres deixado elucidar-te em relação às questões históricas.

Et Uga Ploribus Unun!

 

Enviar um comentário

<< Home