Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

quarta-feira, dezembro 14, 2005

A Odisseia dos Sete - Parte II

O dia 14 de Dezembro, imerecidamente, não consta da lista dos diversos feriados nacionais. Se há feriados civis e religiosos, porque não há feriados desportivos, melhor, feriados sportinguistas? Se há o dia da Imaculada Conceição, porque não há-de haver o dia da Suprema Humilhação? Segundo a versão benfiquista, se o 1 de Novembro é dia de Todos-os-Santos, então o 14 de Dezembro deveria ser o dia de Todos-os-Prantos, se o 1 de Maio é o dia do Trabalhador, o 14/12 seria o dia do Estertor, se o 1.º de Dezembro de 1640 foi o dia da Restauração da Independência, o 14 de Dezembro de 1986 teria de ser o dia da Implantação da Demência.
Hoje, portanto, é feriado. Pessoalmente, sempre gostei dos feriados, mais a mais quando um feriado como o de hoje calha num dia da semana, bem basta o Natal e o Ano Novo calharem em fins-de-semana. Para mim, todos os 14 de Dezembro são dias gloriosos – mesmo que chova a cântaros, é um dia de sol radioso; se há um ciclone, para mim é como estar no solene silêncio do deserto do Mojave; se há um terramoto, sinto-me a planar no vácuo de uma nave espacial; se faz um frio de rachar, até parece que estou de t-shirt numa esplanada de Nairobi.
Lembro-me como se fosse hoje. Ainda não conhecia o Bulhão, fui ao jogo com o meu irmão e sentei-me, como de costume, no lado esquerdo da Bancada Nova, sensivelmente a meia-altura, um pouco acima da Juventude Leonina. Na primeira parte, ainda houve algum equilíbrio, mas o Silvino, ao melhor estilo mata-moscas, lá conseguiu encaixar dois golos. Na segunda parte, foi a degola dos inocentes, a violenta carga da cavalaria leonina sobre os “sitting bulls” encarnados, o avanço da infantaria sportinguista a carregar sobre o inimigo, que deixaria Alexandre Magno invejoso quando infligiu pesada derrota ao exército persa. É nestes momentos que todos os que assistiram sabem que se está a fazer e a escrever História.
E é por isso que, ainda hoje, prefiro os livros de “Os Sete” aos de “Os Cinco”, com a devida permissão de Enid Blyton, essa empedernida sportinguista.

14 Comments:

At quarta-feira, 14 dezembro, 2005, Anonymous Seus Lagartos Broncosdisse...

"A síndrome do Natal!"

Mais uma vez, volta o fantasma do Natal para assombrar os lagartos, tal como na história de Dickens. Só que neste caso não há redenção que os valha, senão vejamos:

1 - fantasmas desportivos
Vem um novo treinador, com uma atitude muito louvável e frontal. Entretanto, tão contente que andava com os resultados (que até iriam ajudar na nota do curso de técnico principal) e, de repente, lá se foi tudo num penalti.
Prenda do Liedson para o "Paulinho boiola"!

2 - fantasmas morais
O Liedson fez asneira. O "Paulinho boiola" castigou o menino. O Liedson fez birra. O "Paulinho boiola" amuou. O Liedson deve ter dito qualquer coisa ao "Paulinho boiola" que o fez perdoar, tipo "vai tomar no cú Paulinho... mas com amor!" O "Paulinho boiola" perdoou... e quanto ao resto é o que se conhece: três pontos perdidos.
Prenda do Liedson para todos os lagartos.

3 - fantasmas financeiros
Por fim, a crise financeira está instalada de tal forma, que até o "pasquim" do clube querem encerrar.. isto para além de se falar na venda do grande projecto comercial ALVALÁXIA. Quanto ao periódico, não será grande surpresa, pois para noticias feitas à medida, mais vale comprar o Record (outro pasquim lagartão), mas agora o projecto do espaço comercial é que é fantástico: depois de gamarem dinheiro ao estado para a construção daquela WC enorme integrados no Euro'2004 (Alvaláxia incluído) e que supostamente seria o sustento do clube (qual!?... aquilo agora é só SADs), vêm agora querer vender aquilo a retalho... lindo! A "Feira do Relógio" vai ter novo espaço...
Prenda da administração para todos os lagartos!

Feliz Natal!

 
At quarta-feira, 14 dezembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Sejas bem vindo de novo Sancho. Naquela altura justicava-se realmente feriado nacional por ganhar aos lampiões, mas hoje discordo contigo, porque qualquer um ganha aquela merda. Até nós que não estamos a jogar nada podiamos este ano ter goleado outra vez uma equipa que não passou do meio-campo em Alvalade e marcou um golo sem saber às três tabelas.
Não dês importância aos gajos porque eles não a merecem, são vulgaríssimos.
PS) As declarações do Khadafi dos Pneus de hoje são um hino à seriedade. Ainda dizem que o homem é um vilão, quando afinal é um santo que não tem maldade.
Força Khadafi, os pneus estão contigo!

 
At quarta-feira, 14 dezembro, 2005, Blogger Redus Maximusdisse...

Sim que os livros dos 5 é o dos 5-0...e o dos seis também é benfiquista! Saudações Desportivas.

P.S. Os posts são muito divertidos...mesmo para sportinguistas!

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Anonymous Anatolydisse...

Lindo! Obrigado pelos recuerdos dessa tarde memorável.

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Anonymous Rui Gomesdisse...

Acho k descobri quem vocês são. Respondam-me só a isto: vocês são jornalistas do Record?

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Caro Rui Gomes.
Um tiro na água.
Eu trabalho na Divisão de Gestão Cemiterial da Câmara Municipal de Lisboa. O Sancho é embalsamador. Vamos escrevendo quando há menos movimento nos jazigos.

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Blogger Sancho Urracodisse...

Caro Rui Gomes:

A única vez que fomos ao Record foi para apoiar um piquete de greve das mulheres da limpeza. Como diz o Bulhão, somos profissionais do ramo da necrologia e, devez em quando, apanhamos lá uns quantos jogadores do Sporting.
Sit tibi terra levis...

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Ahhhh....até me vieram as lágrimas aos olhos, de saudade. Apesar de ser miudo, ainda me lembro como se tivesse sido ontem! fui com o meu mano e fiquei na Bancada Nova, a meio, do lado esquerdo. Aliás, lembro-me mais promenorizadamente desse jogo do que o da passada 6-f (acho que recalquei).

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Rui Gomes, o Bulhão a ser jornalista só podia ser do Jornal do Sexo, é que o homem passa o tempo a f**** os lampiões, quanto ao Sancho, suponho ser um frequentador do Cinebolso, onde é profissional de bilhar de bolso

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Anonymous Apredisse...

Foi lindo tive pena de não assistir ao vivo!

 
At quinta-feira, 15 dezembro, 2005, Anonymous Rui Gomesdisse...

Caríssimos. Ainda não me convenceram. E eu não me costumo enganar.

 
At sexta-feira, 16 dezembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Olhe que não, Rui. Olhe que não.

 
At quarta-feira, 15 fevereiro, 2006, Anonymous JPCdisse...

Brilhante post... só um pormenor - na 1ª parte o Silvino só encaixou 1 golo (o de Mário Jorge); na 2ª é que foi a degola... e eu NÃO ESTIVE LÁ, com muita pena minha! Mas a cassete está guardada no cofre...

 
At quarta-feira, 15 fevereiro, 2006, Blogger Bulhão Patodisse...

Tem razão. Não sei como passou tamanha gralha.

 

Enviar um comentário

<< Home