Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

domingo, dezembro 18, 2005

Carlos Ferreira e as Modalidades Amadoras

Com algum atraso, mas com a mesma relevância, o Mãos ao Ar afixa parte significativa de uma entrevista do antigo guarda-redes de andebol do Sporting ao jornal "O Jogo". Entrevista na íntegra disponível aqui.

"Como sportinguista, ex-atleta e ex-capitão do Sporting, quero expressar o meu lamento pelas palavras do jornalista, escritor e sub-director do jornal do Sporting (Fernando Correia). E pergunto: Acabar com as modalidades amadoras do Sporting porquê? Será que o orçamento das amadoras dá para pagar sequer a um jogador de futebol profissional? É que profissionalismo não é só um estatuto, mas sim uma maneira de estar e sentir o desporto que se pratica. Ou será que profissionalismo é insultar o treinador, não cumprir os regulamentos internos do clube e dizer que não se quer jogar ou dizer que não reconhecem o seu valor no clube porque se ganha pouco? Sem querer generalizar, e falo por experiência própria, pelos 20 anos de andebol sénior, onde fui campeão em todas as equipas, ter amor à camisola é jogar lesionado, com entorses, fracturas, gripes, febres, hérnias ou lesões que tais e, já agora, devo dizer que mialgias não existem no vocabulário das amadoras. Ter amor à camisola é viajar no próprio dia do jogo, fazer viagens de horas intermináveis, desde avião, comboio e autocarro numa só deslocação, comer no McDonald's de madrugada e sob temperaturas negativas ao ar livre, porque nada mais há e levar comida de casa. Ter amor à camisola é dormir em hotéis duvidosos, sem aquecimento, sem água quente, com lençóis comidos por baratas e sabe-se lá que mais e ter, por isso, de dormir vestido. Tudo isto em vez de termos voos charter, hotéis luxuosos e cozinheiro particular. Se isto não é amor à camisola, então não sei o que é?", disse, de uma assentada, o internacional A português, que continuou praticamente sem se deter: "Se calhar, e digo se calhar, é por pessoas como este senhor que o nosso belo país tem a mentalidade e cultura desportiva que tem, já que tudo é futebol em Portugal, onde se fazem todos os sacrifícios apenas para se levantarem belos e estrondosos campos de futebol. Mas este é um país onde as amadoras trazem títulos e medalhas que não vale a pena enumerar por serem muitas e do conhecimento geral, e no qual as federações têm de pagar às televisões para que os jogos dos que têm amor à camisola sejam transmitidos, seja na TV pública ou não e muitas vezes nem assim...".

14 Comments:

At segunda-feira, 19 dezembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Bem gostaria de dizer qualquer coisa, mas esta entrevista é mesmo...sem comentários...

 
At segunda-feira, 19 dezembro, 2005, Anonymous Jonathandisse...

É uma vergonha o k o Sporting está a fazer às modalidades amadoras. Com muita pena minha, devo admitir que os orks do outro lado da segunda circular nos podem dar lições nesse aspecto.

 
At segunda-feira, 19 dezembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Eu conheço muito bem o Carlos
Ferreira, pelo que a entrevista não me surppreendeu minimamente.
É um grande LEÃO.
Os sportinguistas têm que estar atentos, as modalidades não podem acabar mas sim reactivar as que foram encerradas.

 
At segunda-feira, 19 dezembro, 2005, Anonymous Jay Jay Ojochadisse...

Eh pá! Um texto que não diz mal do Benfica e critica o Sporting. Estás bem?

 
At segunda-feira, 19 dezembro, 2005, Blogger paparucodisse...

Ainda falta muito para as eleições?...

 
At segunda-feira, 19 dezembro, 2005, Anonymous Anatolydisse...

Não creio, Jonathan, que os gajos estejam assim tão melhores. À excepção do voleibol, as amadoras do Benfica estão também um nojo.

 
At terça-feira, 20 dezembro, 2005, Anonymous Anónimodisse...

Não tem mesmo nada a ver, mas sabem quem é que brilha na equipa mexicana dos Pumas, que anteontem perdeu a final da Taça Sul-americana com o Boca Juniors? O mítico e inolvidável Bruno Marioni. Não estão a ver quem é? E se vos disser Bruno Gimenez, vão lá?

 
At quarta-feira, 21 dezembro, 2005, Blogger Visigordodisse...

Quem leva isto para o mundo do sporting, faz bem, tem é que depois adequar isto ao resto dos clubes. O Benfic? Alguém falou no Benfic?
Aham aquilo é só lucro.....
Mais, a lampionage está a apostar muito nisso, ou seja, haja guita e nossa senhora aparecida das acções que não valem a ponta do corno tem mantido aquilo de pé.
No dia em que a santa deixe de pagar subornos, a religião tá toda fodida.

 
At quinta-feira, 22 dezembro, 2005, Blogger Deepdreamdisse...

Onde está o ciclismo?
O volei?
O basquetebol?
Entre outras modalidades que tantas alegrias nos deram...
Um 25 de Abril em Alvalade já...

 
At quinta-feira, 22 dezembro, 2005, Anonymous Rui Gomesdisse...

Tantos dias sem posts? Não me digam que os meninos foram para a neve?

 
At sexta-feira, 23 dezembro, 2005, Anonymous Várzea do Lagarto Embuchadodisse...

Toda a gente sabe que a linha verde não pára na Amadora! Porque é que esta direcção do Sporting se devia apear em qualquer amadora?!
Há que continuar o bom trabalho que se está a fazer no futebol (os bons resultados estão aí!) e sugar os poucos recursos das Amadoras pra ajudar o Paulo Bento a acabar o curso de treinador!
É verdade, continuem a rir do Vale e Azevedo e continuem a assistir a um Sporting a ser gerido por gajos que são os maiores nos números mas que hão-de sair do clube debaixo de calduços e escarradelas!
Este Sporting continua na moda!!!
A seguir às saídas de emblemáticos do clube como o Pedro Barbosa, o Rui Jorge, o Barbosa, o Rui Jorge, o Barbosa, o Rui Jorge, o P. Barbosa, o R. Jorge, o Pedro, o Rui, enfim, são tantos que já lhes perdemos a conta, eis que agora abala o Beto, esse grande central que fez história no Real Madrid.
No fundo saem todos menos os Fernandos Correias, os Dias Ferreiras, os Cintras, os Rochas, os Barrosos e os gigantes do conselho leonino... todos os que fazem este Sporting trilhar o caminho que não deixaram Vale e Azevedo trilhar no Benfica!!!
O grande Carlos Lisboa foi enxovalhado, em directo na TV2, por um talhante da direcção de Vale e Azevedo. Só fica bem ao igualmente grande (e com peso a mais e tudo!) Carlos Ferreira não se deixar ir ao tapete por causa desta cambada de filósofos e parasitas que orbitam o futebol, sem sequer saberem o que é competir por devoção a um emblema!
No fundo a grande questão é saber se vale a pena acabar com as Amadoras pra ir mantendo o 4º/5º lugar na liga de futebol!!!

 
At sexta-feira, 23 dezembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Custa-me responder a este artista da várzea do milhafre, porque pobre coitado não sabe de história.
Sabes qual o segundo clube com mais títulos europeus ganhos em todas as modalidades a seguir ao Barcelona?
Sabes qual é o único clube português que conta no seu seio com campeões europeus, mundiais, olímpicos, etc...
Pois é, adivinhaste... é o SCP.
O teu clube resume-se a uma história triste de um pobre macaco a quem deram amendoins à mãe para o terem, mas isso foi quase há cinquenta anos, a partir daí vocês são um clube de natação... nada, nada, nada.
Quanto ao apeadeiro o vosso é em Alverca e no Estoril, é que o Veiga e o Vieira já acabaram com estes, vocês estão a seguir.
Já agora para vocês Bulhão e Sancho, um bom Natal, pelo menos que os inspire a escrever qualquer coisa. Ou será que o fisco vos está a investigar por burla?

 
At sábado, 24 dezembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Não é o fisco, é o Pai Natal. São 15 horas de dia 24 e ainda me faltam coisas. Quem disse que esta é uma época de concórdia?

 
At sábado, 24 dezembro, 2005, Blogger Apredisse...

Isto é que é amor à camisola, alguém devia mostrar esta entrevista ao Maniche por ex, ou ao Liedson, etc, do plantel leonino, cujo cancro das ultimas décadas tem sido a falta de amor à camisola mais que qualquer outra razão, em meu entender.

Bom Natal e feliz 2006

 

Enviar um comentário

<< Home