Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

terça-feira, novembro 15, 2005

Sermão aos Peixes

Estou desapontado convosco, leitores. Esperava mais. Mais empenho, mais entrega, mais entusiasmo. Poderia fazer um exercício de autocrítica, mas a culpa não é minha. É vossa. Exclusivamente vossa.
Como Luther King, eu tive um sonho. Desta vez, não foi com a Valentina Torres (arrgh!). Sonhei com uma petição que, tal qual o kit do Benfica, ousasse penetrar em todos os lares e arrancasse os portugueses da letargia. Pedi-vos uma corrente de solidariedade mais forte do que o Live Aid e, em troca, deram-me uma causa com menos adeptos do que o Nova Democracia. Três, para ser mais preciso, já incluindo o Manel Monteiro, a esposa e o filho que já tem idade para votar.
Sonhei que uma petição reabilitaria Vale e Azevedo e levá-lo-ia de volta ao trono de onde foi rudemente afastado. Sonhei que um pedaço de espaço virtual geraria um modelo parsoniano voluntarista da acção (já contei que costumo sonhar com sociólogos utilitaristas? Acontece muito).
Ao fim de quinze dias, a petição está mais vazia do que um concerto dos Delfins. Não vos toquei a alma? Não vos comovi? Reunimos apenas 46 signatários, o que é pouco. Mais público do que isso teve o Luís Filipe Vieira dançando em truces na festa do futsal do Benfica e não creio que o espectáculo dele seja melhor do que o nosso. Nunca me viram de truces, recordo.
Aborrece-vos que só possam votar uma vez? Façam batota, viciem, enganem. As petições online, como as assembleias-gerais do Benfica e as nomeações da APAF, foram feitas para serem manipuladas. Têm pudor em trapacear uma iniciativa solidária? A vossa acção choca com o imperativo categórico kantiano? Ora, caros amigos, lembrem-se da máxima do nosso Vale: "Numa folha branca de um contrato, eu vejo a semente para criar riqueza. A minha, preferencialmente." Fosse Kant português, e vivo - que também é importante -, e ele seria do Benfica. Bigode, já tinha!
Peço-vos... não. Rogo-vos que copiem o link e mandem e-mails em barda. Assinem dez vezes com nomes diferentes. Dêem o nome de colegas, amantes, agentes de liberdade condicional. Testemunhas da Casa Pia. Reabilitem a Pide e bufem, bufem muito. Se têm heterónimos, votem por eles. Se de noite são travestis, votem pelo ele e pela ela que há em vós. Se têm ébola, votem rapidamente... antes que o baço vaze para o teclado.
Aos leitores que mais vezes votarem, o Mãos ao Ar distribuirá pêlos reais das sobrancelhas de Guerra Madaleno (1m por 60cm), verdadeiras jóias da indústria embalsamadora. *
Parafraseando Luís Filipe Vieira, vaiam ao site e deiam o vosso contributo.

* Oferta limitada ao stock existente.

12 Comments:

At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous Sector B32disse...

Muito bom! Muito bom mais uma vez! Vou difundir esta petição pelos meus contactos! E este post também. A produção aqui no Mãos Ao Ar está a atingir níveis de qualidade fabulosos!

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous Simelão da iaquintadisse...

A sapalhada é uma minoria de ranhosos. Eu bem me aprecia que vcs só conseguiam meia dúzia de assinaturas nessa petição lagarta.
Bela ideia a tua ó Bichão Pato!

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous V. Azevedodisse...

agradeço todo esse respeito pela minha pessoa, mas neste momento não estou disponivel para o glorioso. estou a preparar a minha candidatura para as eleçoes no sporting, é que por lá eles já estão habituados ao meu tipo de gestão. sporting 4ever

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous O Patetadisse...

Jay Jay, serás tu disfarçado?

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous Filosofodisse...

Quero aqui protestar por uma informação totalmente errada. Immanuel Kant não tinha bigode.

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Caro filósofo, tem toda a razão. Tinha Kraepelin em mente (ver http://www.thoemmes.com/gallery/image372.htm), ele sim, possuidor de um virtuoso manto capilar facial. Estarei mais atento. Aos descendentes de Immanuel Kant e de Kraepelin, as minhas desculpas.

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

E antes que me esqueça, obrigado pelas palavras simpáticas, Sector 32B.

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous Jonathandisse...

AH AH AH AH AH AH! Lindooooooo.

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous Rui Gomesdisse...

Eu, como bom portuguÊs e chefe de família, já assinei. Quem ajuda os bebedores de vinho está a dar de comer a um milhão de portugueses

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous lisberto leonardodisse...

apoiado e assinado

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Sector B32disse...

O meu caro Bulhão, não deve frequentar o estádio josé Alvalade. O nome correcto do Sector é B32 e não 32B!

:)

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Perdão pelo lapsus linguae.
O meu sector é o B2. Pelos vistos, estamos mesmo em frente um do outro.

 

Enviar um comentário

<< Home