Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

sexta-feira, novembro 04, 2005

A fundação dos clubes

Os dois últimos posts do Bulhão Pato tocaram em assuntos que muito me dizem pessoalmente – a origem e a fundação dos clubes. Em relação ao Benfica 1908, a história já está toda contada e descrita minuciosamente pelo meu comparsa bloguista. Socorreu-se de declarações de antigos benfiquistas, remexeu baús, pesquisou na internet e passou horas a fio na hemeroteca. Depois dele, já nada há a acrescentar em relação à origem do clube e quem quiser consultar a verídica história da sua formação, é só ler uns posts abaixo – a verdade está lá, nua e crua.

Sobre o que não parece restarem dúvidas é a data de fundação do Sporting. Não é o Belas Futebol Clube de 1902, não é o Campo Grande FC de 1904, é o Sporting Clube de Portugal de 1906. Como é sabido, o clube resultou de uma cisão entre os membros fundadores do Campo Grande. Uns pretendiam a dedicação exclusiva ao desporto, outros pugnavam pela vertente social, onde as festas aristocratas ganhavam a primazia. Saltou discussão e foi então proferida a célebre frase de José Alvalade quando, amuado, se virou para os presentes e disse “Vou pedir dinheiro ao meu avô para fazer um clube novo!”. Saiu porta fora, juntamente com alguns apoiantes, e lá foi pedir a massa ao avô. A única frase que se conhece do visconde de Alvalade foi mais ou menos assim: “Ok, puto, toma lá o dinheiro mas vê bem o que fazes. Quero que seja um grande clube, tão grande como os maiores da Europa!”. Eis a história, daí a mania que os adeptos dos clubes rivais têm de dizer que os sportinguistas dão ares de aristocratas e que são netos e bisnetos de viscondes. Pois bem, somos, e então? Não é isso que faz de nós um clube de ricos, também há alguns sujeitos boçais nas bancadas de Alvalade, embora estejam longe do homo tipicus benfiquistus, de barriga a sair fora do cinto, botões da camisa soltos, camisola interior de alças branca cheia de nódoas e de palito no dente que assoma ligeiramente acima do farfalhudo bigode. Se é ou não bom chefe de família, isso já é outra história, assim como ser ou não um clube tão grande como os maiores da Europa, também é outra estória...

O Sporting foi fundado numa sala de uma mansão, não ao balcão de uma farmácia. Não é por aqui que se mede a grandeza de um clube, mas tais origens são sintomáticas do rumo que um clube pode tomar. Não me surpreende, por isso, que cada vez que vou a uma farmácia, todos os farmacêuticos que me atendem parecem hologramas do Luís Filipe Vieira.

Como não me surpreenderia saber que o Boavista foi fundado numa cafetaria por ingleses que tentavam atabalhoadamente filtrar doses industriais de cafeína, que o Belenenses tenha tido origem numa esconsa confeitaria de Belém (desculpa lá, Apre), que o Barreirense tenha sido formado a bordo de um arrastão do Tejo, que o Leixões tenha sido fundado por estivadores desempregados, que o Villarreal de Santo António tenha crescido na cidade portuguesa mais próxima da espanhola Valência.
Como também não me surpreende que o FC Porto seja o clube português mais antigo, tão antigo que não havia mais ninguém para jogar. Foi assim anos e anos a fio, em animadas peladinhas contra a sua própria sombra.

13 Comments:

At sexta-feira, 04 novembro, 2005, Anonymous Jay Jay Okochadisse...

Ó pateta. E quantos títulos te deu essa antiguidade histórica? Vcs são mesmo um clube de coninhas.
Campeões somos nós.

 
At sexta-feira, 04 novembro, 2005, Blogger Sancho Urracodisse...

Jay jay, por acaso revês-te no homo tipicus benfiquistus? Pelo menos, parece...

 
At sexta-feira, 04 novembro, 2005, Anonymous Jay Jay Okochadisse...

Diz lá qts títulos tem o teu ao fim dos 99 anos de dinheiro e honra? Meia dúzia.
Já o glorioso… Não chegam as mãos para os contar. Campeões somos nós.

 
At sexta-feira, 04 novembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Desculpa lá ó lampião, a maioria dos títulos que ganhaste foram no tempo do Salazar e o do ano passado à conta da APAF, e tu com esse nome, suspeito que sejas preto, senão de raça pelo menos de intelecto.
Sugiro-te ainda que mudes o nome para gay gay okocho

 
At sexta-feira, 04 novembro, 2005, Blogger agruras do passadodisse...

Sr. Sancho Urraco,

Folgo em saber que o senhor está de volta às lides bloguistas e que a sua internet lá para os lados de Carnaxide parece ter recuperado a velocidade.

Depois tenho a dizer que embora o meu clube tenha sido formado numa farmácia, e tenha uns homos tipicus, tenho a dizer-lhe que já fui ao seu WC (vulgo estádio Alvalade XXI) e encontrei alguns desses também por lá... Bigodes, meias brancas, barrigas a saltarem por cima dos cintos (o Bola 7 diz-lhe alguma coisa?)...

Portanto, bossais existem em todo o lado, até no seu clubinho de condes e viscondes.

Não seja tão faccioso fica-lhe mal...

Do seu mais que tudo

O Rato Agruras

 
At sexta-feira, 04 novembro, 2005, Blogger agruras do passadodisse...

Sr. Juveneno à quanto tempo não falávamos...!

Sabe que ao ler o seu comentário em que referia que o meu clube só ganhava campeonatos no tempo da Salazar, lembrei de lhe perguntar se porventura se lembra de um antigo presidente do Sporting desse tempo. Um tal brigadeiro que era da pide... Recorda-lhe alguma coisa?!

Sendo assim pergunto-lhe: Se nós ganhávamos nessa altura, porque é que vocês tendo um presidente que pertencia às ordes fascisóides também não ganhavam?

Diga lá aqui que ninguém nos ouve: tem saudades desses tempos não tem?

Do seu Ratinho mais que tudo...
O Agruras

 
At sexta-feira, 04 novembro, 2005, Blogger agruras do passadodisse...

Boa noite senhoras lagartixas,

Não resisti em noite de jogo do vosso inefável clube, de redigir uma letrinhas: cambada de gaysorros!

Mas será que vocês não sabem ganhar um joguinho sem dificuldade? Ok! Três pontos já vocês têm, mas à custa de quê? De jogarem mal, de roubarem golos clarissimos ao adversário, de queimarem tempo para que os pontos sejam vossos?

Vergonhoso!... "Shame on you"...

Não venha agora o senhor venenoso, nem o senhor Urraco e muito menos o senhor Patinho dizer que que a vitória é merecida, se o fizerem não só não sabem ver futebol, como não têm bom senso nenhum nessas cabeçorras duras.

Do vosso muito vermelhinho e amigo do coração...

Rato Agruras

 
At sábado, 05 novembro, 2005, Blogger Ruidisse...

Eu sei que para um rato, provavelmente de esgoto, que se deve alimentar do caixote do lixo do 5º esquerdo pertencente á familia benfiquista dos Santos, aproveitando os restos gordurosos das pataniscas e do carneiro cozido com grão, será dificil escrever algumas poucas linhas sem uma ou outra calinada.

Em todo o caso, porque é sempre bom aprender e os Sportinguistas gostam de ajudar os mais intelectualmente desfavorecidos, aproveito para esclarecer o rato Mique (pronunciado á maneira grunha-benfiquista) que boçais não se escreve com dois S's.

 
At sábado, 05 novembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Agruras, gosto muito de te ver a convidar-me para o diálogo, aliás sabes como ninguém que eu tenho uma natural apetência para questões sociais de lampiões, raça que apesar de nojenta não pode (ainda) ser escorraçada da sociedade.
Quanto ao Brigadeiro da Pide que foi nosso presidente, passo a informar-te que até nas coisas más nós estamos no topo, já que vocês mesmo nesse tempo apenas serviam para ser aquilo a que se convencionava chamar de "bufos" e para tirar umas bicas aos chefes, podendo também chamar-se de "sopeiras", aquelas raparigas a quem os patrões deixavam sair ao domingo à tarde para ir ver o clube do milhafre.

 
At sábado, 05 novembro, 2005, Anonymous João santosdisse...

Juveneno, sou sportinguista e tu metes-me nojo.

 
At sábado, 05 novembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

joão santos, não sejas assim, porque eu sou um menino bem comportadinho, sempre que a minha mãe me manda estudar eu digo sempre que sim, gosto dos DZRT, não vejo o canal 18, enfim, sou um menino que já não é destes tempos.

 
At segunda-feira, 07 novembro, 2005, Blogger GoncaloSoaresSilvestredisse...

Este blog parece-me mais mal frequentado que o estádio da luz em dia de jogo.

É pena, porque os textos têm uma qualidade acima da média.

 
At segunda-feira, 07 novembro, 2005, Anonymous Apredisse...

'esconsa confeitaria de Belém'?!?

Um local digno de ser a origem do maior império de franshising do mundo -os pasteis de Belém-, que só por mera inepcia para o negócio, não transformou o Belenenses no maior clube empresa do mundo, capaz de figurar no G15.

Penso que o futuro será algo assim, o McDonalds Milão contra o Francesinhas Porto, ou o Pasteis Belenenses contra o Leitões da Bairrada Sporting.

Era a forma de combatermos os Chelseas deste mundo.

 

Enviar um comentário

<< Home