Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

quarta-feira, novembro 16, 2005

E pagam-lhes?!

Muitos de vós, seguidores atentos do fenómeno futebolístico, põem-se a par do que se passa através da leitura dessa aberração que é haver três jornais desportivos diários. Outros, decididos a não pactuar com as gordas manchetes encarnadas ou com o fervor clubístico tão escarrapachado nas capas, preferem seguir as notícias através da internet ou através de blogues. Eu, num estranho fenómeno de auto-flagelação, consumo tudo o que diz respeito ao pontapé na bola – jornais desportivos, não desportivos, o jornal do metro, o Dica do Dia, os folhetos dos hipermercados, o jornal da região, os jornais on line, chats, fóruns, blogues e programas televisivos. É superior a mim, mesmo que o Sporting não ganhe.
Muitos de vós, também, iniciaram-se nestas lides da leitura, particularmente aqueles que rondam os 30 anos ou mais, pelo jornal “A Bola”. Seguiam avidamente as suculentas narrativas de “monstros sagrados” do jornalismo como Aurélio Márcio, Homero Serpa, Carlos Pinhão, Cruz dos Santos, Santos Neves, Carlos Miranda, Bruno Santos, que me fez vibrar com as peripécias heróicas da Volta à França, e até, em tempos mais recentes, nacos de prosa de Vítor Santos, Afonso de Melo e João Alves da Costa, este embrenhado num estranho mundo só seu. Mas todos, sem excepção, foram autores de verdadeiros hinos jornalísticos.
Hoje, olha-se para as páginas de “A Bola” e, tirando uma ou outra excepção, nota-se uma tristeza confrangedora. Uma quantidade de banalidades, de míseras apreciações, de futilidades, de manipulações e de facciosismo, sobretudo facciosismo. Poderiam salvar-se os autores das páginas de opinião, mas aí, lamentavelmente, “A Bola” deu guarida a uns quantos mentecaptos – mentecaptos e facciosos. Lembro-me, por exemplo, das crónicas de Miguel Sousa Tavares, que destilava ódio em cada palavra e onde Lisboa era a capital do império do mal. Para o autor do agradavelmente surpreendente “Equador”, havia uma cabala à escala planetária contra o FC Porto, que vencia, vencia e vencia contra tudo e contra todos, árbitros, organismos, entidades e aquilo a que apelidava de roubos de igreja. E logo, estranhamente, numa década em que os portistas dominavam tudo o que era árbitro, organismo e entidade e em que as rédeas do poder estavam na posse de Pinto da Costa e dos guardas Abel deste mundo.
Mas pior que Tavares veio revelar-se Leonor Pinhão. Ao que sobrava no primeiro em verve, escasseia em Pinhão no discurso confuso. Tavares era coerente no seu mundo pintado de azul, Pinhão distribui incoerentemente fogo contra tudo o que mexe, fazendo a faixa de Gaza parecer um paraíso turístico. Leonor Pinhão é um cocktail Molotov em pessoa, como se liderasse uma intifada só sua. O Benfica era um coitadinho, vítima da inveja dos outros “grandes” e até dos maiores clubes mundiais; depois, foi a telenovela que inventou meses a fio – mesmo assim melhores que a chatice dos filmes do seu marido/companheiro – sobre o facto de o Sporting não ter tido nenhum penalty contra durante ano e meio; seguiu-se uma xaropada infindável devido ao Sporting ter tido 14 penalties a favor no ano do último título; agora arma-se em paladina dos clubes pequenos que são tão vilmente roubados em Alvalade ou no Dragão. Leonor Pinhão tem pelo menos dois problemas – é cega e tem a memória curta.
O que mais me custa é “desconfiar” que é paga para escrever tamanhas barbaridades. Se “A Bola” quer alguém que escreva coerentemente e que seja faccioso, porque raio não há-de o Bulhão Pato ter direito a escrever uma crónica no tablóide da Queimada?

P.S. – Encheu-me de júbilo a eliminação do Uruguai às mãos da Austrália. Pode ser que, a partir de agora, A FIFA se aperceba que o campeão da Oceânia vale mais que o 5.º classificado do torneio sul-americano. Boa, “kiwies”!

34 Comments:

At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Caro Sancho, andei eu a elogiar-te e a dizer que eras um dos puros e genuinos leões, e agora referes o Vitor Santos - por acaso um dos poucos sportinguistas daquela geração de lampiões da A Bola - como um jornalista recente.
Passo a informar-te, e espero que pela última vez, até porque este erro é imperdoável mesmo para um "cota" do interior como tu. Devias referir como recente o Rui Santos, por acaso sobrinho desse "monstro" a que te referes.
Do teu ex-admirador Juveneno, apesar de te continuar a preferir ao Bulhão, um jovem nestas andanças e com uma prosa muito engraçada e fluida, mas que teve aquele passado desportivo que todos nós sabemos, e que lhe devem provocar "n" de intoxicações e de lavagens ao estômago.
Assim acabo, depois de matar dois coelhos de uma só cajadada, com as mais cordiais saudações leoninas

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Anonymous evol romadisse...

O k essa pinhoa tem falta, sei bem do k é!
Mas pela minha parte vai ficar a jejuar...

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Tanto quanto sei, Sancho, a única coisa que tenho em comum com a Leonor Pinhão é o facto de ambos gostarmos de mulheres.

 
At quarta-feira, 16 novembro, 2005, Blogger Ruidisse...

Caro Sancho,

Com esse júbilo todo em relação á eliminação do Uruguai é que borraste a pintura toda.

Agora para "castigo máximo" não ponho cá os pés durante 1 mês...

PS. A Pinhão tem um outro defeito... cheira mal dos pés!!

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Ricardodisse...

Ó Sancho Urraco, a Pinhão mete medo ao susto e a sua escrita está cheia de mentiras e disparates, é verdade, mas convém não copiar o seu estilo: o Sporting esteve 4 anos (e não um e meio) sem sofrer penaltys, e no último ano em que foi campeão o Sporting teve 18 penaltys (e não 14) assinalados a seu favor, dos quais 17 resultaram em golo. O único penalty que Jardel falhou foi defendido pelo... por quem?.... claro, pelo grande Vítor Baía, num jogo em que Jardel ainda teve direito a marcar outro (nesse dia era até entrar) depois de mais um mergulho do João Pinto. E quem era o árbitro desse jogo? Esse portista ferrenho (o que faria se não fosse!) que dá pelo nome de Martins dos Santos.

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Jonathandisse...

Esse não foi também o mesmo jogo em que o Sporting acabou com oito jogadores – expulsões de Paulo Bento, Jardel e Barbosa? Nesse jogo, o Martins dos Santos (MM) foi expulsando jogadores até o FC Porto empatar (2-2). O que terá acontecido naquele túnel ao intervalo do jogo para que o MM mudasse tanto?

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Ricardodisse...

Não sei o que terá acontecido. Se calhar o homem pôs a mão na consciência... E o Porto empatou contra 10 (as outras duas expulsões foram já no final - a do Jardel, nos descontos)

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Sofiadisse...

Finalmente alguém me percebe!Aquela Leonor Pinhão é uma vergonha para a classe... feminina. Sim, porque isto de ser gaja e gostar de futebol já tem as suas agruras!Com gente desta a dizer disparates destes em local público, só vem confirmar a ideia feita de que "futebol não é para menina!". E nós, as restantes ferrenhas do desporto-rei, que trocamos a novela por um bom jogo de futebol, e um filme lamechas por uma ida ao estádio de cahecol, camisola e tudo a que temos direito (impropérios incluídos), e que até percebemos umas coisas e podemos manter uma conversa coerente sobre o assunto,levamos por tabela. Já não há paciência para essa senhora!

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Sancho Urracodisse...

Adendas ao post colocado ontem:

Juveneno, tens razão, o Vítor Santos é um dos da "velha guarda", e quero-me penitenciar por uma lacuna grave - faltou um dos meus jornalistas preferidos, não pela sua cor clubística, mas pela prosa: Alfredo Farinha.

Ricardo, 4 anos sem sofrer penalties?! Faça lá as contas. Se assim fosse, o Sporting estaria registado no Guiness Book of Records, mas não consta na última edição actualizada.

Rui, essa agora, porque não posso estar pela Austrália? Não estivemos todos nós também pelo Ruanda?

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Já agora, mais uma adenda: "Kiwis" são os vizinhos da N. Zelândia...
AUSTRAAAAAALIAAAAA!!!


P.S.: Sofia, queres casar comigo???

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger KaGaydisse...

Rejubilas pela Austrália agora, mas quando "a" apanhares na fase final do Campeonato do Mundo e acontecer o mesmo que aconteceu com o EUA, até choras, choras tu e todos nós...

No meio desses Jornalistas todos, penso que te esqueceste de um ou outro que passaram pela "saudosa" GAZETA, esse sim, um desportivo de qualidade e que ninguém percebe porque acabou...

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Ah, concordo com o texto. Tambem acho que 3 diários de desporto são demais para este País, e é por isso que "inventam" notícias e são notícia coisas que não deveriam ser. Eu só comprei jornais até serem trissemanários. Quando passaram a diários, passei a dar uma olhada na net.

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger KaGaydisse...

Agoiro, acho de péssimo que venha com essas coisas para este Blog, que eu saiba aqui discute-se Futebol e não engates.

E partir logo assim para um pedido de casamento??? Haja bom senso.

Sofia, não ligue a estes machistas apaneleirados, gostei muito do seu comentário, acha que podiamos discuti-lo melhor durante um cafézinho???

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Vocês são uma vergonha, Agoiro e Kagay. Partem para a abordagem romântica com o charme de uma carga de cavalaria.
Sofia, já alguém lhe disse que as suas palavras são como o mel da mais bela colmeia? Posso interessá-la num concerto ao ar livre no jardim botânico?

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Apredisse...

Eu acho que tanto o Bulhão como o Sancho eram dignos de figurar nas páginas da bola, ou do Publico, secção de 6ªfeira.

Acho que já deviam ter enviado o curriculo para lá ou para as PF.

Togo e Austrália para o Grupo de Portugal já! Porque o Ricardo nunca sofreu frangos desses continentes.

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous PANTERAdisse...

OUTRA VEZ SANCHO; NÃO HÁ UMA MERDA DE EDIÇÃO, QUE O NOSSO GENTIL PATINHO NÃO SUJE A LETRAS VERDES...
DE FACTO ACHO QUE A BOLA DEVERIA SABER ESCOLHER MELHOR OS SEUS COLABORADORES

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Jay Jay Okochadisse...

Acho k os lagartos que comentam estas páginas gostam todos de homens. Isto precisa mesmo de machos do Glorioso. Campeões somos nós. SLB4ever

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Cara Sofia,

Estou plenamente de acordo consigo. Pessoalmente também acho que o futebol deveria ser, por lei, vetado às mulheres. Não me interpretem mal. É que há muitas meias para coser...

PS. Um cafezinho comigo estará fora de questão, não?

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Peyroteodisse...

De facto, os artigos de opinião já tiveram melhores dias! Assim de repente, não tou a ver nenhum que se aproveite actualmente...

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous cafidisse...

Porra, que lentes selectivas tu tens Bulhão. Vais querer convencer-me que na Bola não há lagartos a dar com o pau? Aquele cromo com as lentes grossas chamado JA Lima sabes de que clube é? E o ultra-palas facciosas do Daniel Reis?? Sabes qual é a diferença para o MST? É que este não finge que é jornalista isento aos fins de semana no Expresso . PQP!!!

Mas é só a BOla? Não, tens o Record que é só o vosso jornal oficial, o jornal capaz de tornar o escândalo do século pós-Calabote e Bruno Paixão num lance de "dificl análise"!!! PQP mais uma vez!!!

Mas é só aí, claro que não, na Televisão e na Rádio quantos queres que não desmentiam a sua cor clubística e eram facciosos como tudo?? Vocês dominam tanto a imprensa como os lampiões, portanto, trata lá de actualizar a tua base de dados, lá porque a coisa está menos desiquilibrada hoje não quer dizer que o vosso forte não seja tentar na imprensa aquilo que não conseguem no campo!!!

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Jay Jay, gosto muito dos teus comentários que me fazem gostar de gajos atrevidos.
Digo-te então que quando se algum dia me dedicar a gostar de homens, obviamente que vou prefiro os lampiões, daqueles que cheiram mal dos presuntos e dos sovacos, ou seja, uma mistura de merda com pais de nata.

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Caro Cafi, este post foi assinado pelo Sancho e não por mim. As opiniões expressam o pulsar – ainda que lento – do meu colega de blog e não necessariamente as minhas.
Pessoalmente, penso que "A Bola" está repleta até ao telhado de adeptos do Sporting. Só que, para não dar muito nas vistas, optam por fazer o jornal que todos (re)conhecemos.

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Kagay,
eu ao menos não estou sob o efeito do alcool...

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger KaGaydisse...

Agoiro

Essa foi forte demais e por esse motivo, sabes quem vai jogar CONTRA ti amanhã???

Hhhhuuummmmm.... parece-me que alguém não vai tocar na "chicha"!!!

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger KaGaydisse...

Realmente, que é feito desses "Machos" do glorioso??? Que é feito dessas BORBOLETAS SALTITANTES???

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Anonymous Sofiadisse...

Cafezinho, concerto ao ar livre... e pagarem-me o bilhete do próximo jogo do Sporting em Alvalade, está fora de questão?
E, lars o kirk, é por gente como você que as únicas mulheres que escrevem sobre futebol e são lidas pelos homens,são como a Leonor Pinhão... capice?

 
At quinta-feira, 17 novembro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Irra! Custou mas foi...

 
At sexta-feira, 18 novembro, 2005, Anonymous Conandisse...

Parece-me que a Sofia é um belo espécime femenino de 1.83mts com 95 kgs e que faz a barba todos os dias antes da cerveja ao pequeno almoço....

 
At sexta-feira, 18 novembro, 2005, Anonymous Conandisse...

Peço desculpa : feminino

 
At sexta-feira, 18 novembro, 2005, Blogger Sancho Urracodisse...

Bom, já que parecem uma alcateia de lobos esfomeados agora que aparece uma comentadora do sexo feminino, não poderia deixar passar em claro a hipótese de fazer um pedido muito mais mundano:

"Sofia, prego, parlame de calcio!"

 
At sexta-feira, 18 novembro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Cara Sofia,

Peço-lhe desculpa se ficou de alguma forma ofendida com o meu primeiro comentário, mas estou em crer que as minhas palavras terão sido mal interpretadas, por si e por outros leitores. Assim, devo tornar bem claro que:

- Nunca foi minha intenção convidá-la para tomar café comigo.

 
At sexta-feira, 18 novembro, 2005, Anonymous Conandisse...

feio é fumar !

 
At domingo, 20 novembro, 2005, Blogger Mark3rdisse...

Daqui para a frente quando se referirem a LP, agradeço que usem o termo "Psycho Bitch", agradecido...

 

Enviar um comentário

<< Home