Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

terça-feira, novembro 08, 2005

Alguém o Quer?

Há casos estranhos de paixão irracional. Não há motivos legítimos para as claques do Sporting idolatrarem Pinilla como um deus inca ou as do Benfica vibrarem loucamente com Mantorras. No passado, a loucura que Quinzinho despertava, sempre que entrava em campo com a camisola do FC Porto, desafiava a lógica e o bom senso.
Há jogadores assim. Geram paixões, mesmo que o seu contributo seja intermitente e o seu impacte na equipa não se meça em conquistas.
O sportinguista Carlos Martins é o meu caso de loucura irracional. Ele e Valentina Torres, bem entendido.
Analisando friamente, creio que Martins não somou mais do que dois ou três grandes jogos com a camisola do Sporting. É o protótipo do mariquinhas. Queixa-se por tudo e por nada. Protesta. Está sempre envolvido nas confusões e embrulhadas (vide jogo de Guimarães do ano passado). Se o colocam à direita, chateia-se e abdica de jogar. Se o posicionam à esquerda, amua e desinteressa-se da bola. Se o colocam ao meio, não era bem ali que ele queria jogar. Perde horas em permanente quezília com o mundo, com os colegas, os adversários, os treinadores. Se o Carlos fosse um animal (aliás é premissa que não ponho totalmente de parte), ele seria um jumento.
Há dez anos, ouvia-se falar de um miúdo especial nas camadas jovens do Sporting – tão genial como problemático. Era o Carlos. Há dez anos, tinha muita graça o culto do puto rebelde. Hoje, é quase insultuoso verificar que ele continua igual.
Nós, os indefectíveis martinistas (leia-se seguidores de Martins e não de Martinis), perdoamos-lhe tudo, sempre à espera do lançamento a 40 metros que nos faz vibrar ou do remate ao ângulo que mais ninguém consegue imitar (lembram-se do Sporting-Moreirense do ano passado?). Vivemos das migalhas que o Carlos, quando lhe dá a travadinha, faz o favor de distribuir.
O único problema deste fascínio assolapado é que, um dia, até o mais pacífico dos fãs se cansa. Tivesse o Carlos Martins um cérebro maior do que um amendoim e já teria percebido que está a chegar à fronteira da tolerância. Alvalade, creio, não é injusta, mas também não é franciscana nem tem eterna benevolência.
Um dia, os sócios e adeptos fartaram-se das palermices, queixumes e amuos do Litos e do Mário Jorge. Um dia, porventura próximo, Alvalade dirá “chega” ao Carlos Martins. E o mais triste de tudo é que o Carlos nunca perceberá porquê.

21 Comments:

At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Anonymous RRdisse...

Se calhar ajudava que o rapaz não entrasse logo em campo a tirar a camisola para fora dos calções e a discutir com o árbitro!

Mas também como fiel martinista eu digo "este ano é que ele vai explodir"! Ou então não...

 
At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Anonymous Conandisse...

tanto tempo a tentar explicar o caso do carlos, que quem segue o sporting já percebeu onde ele vai chegar(daqui a 2 anos está no boavista ?no moreirense ?), quando para mim temos um verdadeiro case study na equipa. Esclareçam-me sobre o melhor jogador do sporting, pelo menos nos ultimos 20 anos, e que tão mal aproveitado têm sido o seu raro talento. muy bueno

 
At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

O Carlos Martins é um génio que a todo o momento vai dar o salto... para o Oliveira do Hospital

 
At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Anonymous Jonathandisse...

Já me disseram que o irmão dele, que joga nos juniores, é igualzinho!

 
At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Anonymous Rui Gomesdisse...

Eu ainda tenho esperança nele. Acho que tem tudo para ser o grande talento da sua geração. Assim ele queira e lhe dêem mais oportunidades.◊

 
At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Blogger GoncaloSoaresSilvestredisse...

Somos todos martinistas. Já estou à espera dele desde que foi para o Campomaiorense mandar o treinador "tomar no ..."
Temo bem que ele só jogue para o contrato e agora que renovou até 2008, só daqui a ano e meio é que se vai esforçar. Ah! porque entretanto a imprensa é capaz de fabricar o fantasma que o Pinto da Costa o quer e ele é consegue disciplinar o miúdo e pô-lo a jogar.

 
At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Ao fim de alguns meses, eis, por fim, a primeira vitória do Mãos ao Ar. Um leitor chegou a este blog através da expressão "cápsula de alcachofra" digitada no Google. É para servir estes leitores que nós existimos. Bem hajam.

 
At quarta-feira, 09 novembro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Jonathan, eu conheço bem o irmão, e posso garantir-te que o talento está lá todo desde os infantis, e em termos físicos até pode suplantar o Carlos, agora se consegue dar jogador... vamos a ver:

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Blogger paparucodisse...

Tens toda a razão. E é uma pena, pois o Carlos se quisesse, era um grande jogador. Mas de eternas promessas está o Carcavelinhos cheio...temos pena, mas azar do camano, ou joga mais ou...até um dia destes.

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous Vascodisse...

O martinistas são seguidores de Martins, Martinis ou do pequeno Martunis?

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Reforço a ideia de Conan. O grande valor sub-aproveitado do nosso plantel não é o Carlos, mas sim um nobre sul-americano que tem sido literalmente pau para toda a obra, sem nunca ter tido oportunidades na sua verdadeira posição. por mais treinadores que rodem nenhum o dispensa pois todos lhe reconhecem qualidades invulgares. Mais que Martinistas devemos, sim, falar de Rodriguistas!

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous RRdisse...

Eu realmente mantenho-me martinista, mas isso cada vez mais quer dizer que acredito no Obafemi e não no Carlos!

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Ó Lars. Rodriguista? Só se for por causa do Rodrigo Leão! Nunca do Tello

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Aproveito para fazer aqui um parêntesis no Martinismo e no Rodriguismo, movimentos dos quais sou sócio desde a respectiva fundação de ambas as instutuições. É que acabei de descobrir o novo Mourinho do futebol português!! está encontrado o sucessor do P. Bento! um génio da táctica e um nome de classe (mais um bom para o Bulhão decorar)!! passo a transcrever uma notícia do jornal "O Jogo":
"O moçambicano Faquirá continua na frente da Tabela TMT. Para muitos, o nome do jovem treinador do Estoril-Praia poderá constituir uma enorme surpresa. Mas para quem tenha acompanhado, nos últimos anos, as divisões secundárias do futebol da zona de Lisboa, o nome Daúto Xaharmane Amade Faquirá não será totalmente desconhecido. Nas últimas oito épocas, Faquirá treinou três equipas dos arredores da capital (Sintrense, Odivelas, Barreirense). E em todas elas alcançou êxito, garantindo quatro subidas de divisão. Apesar das trapalhadas directivas, dos misteriosos investidores ingleses, dos salários em atraso, o Estoril-Praia ocupa as primeiras posições da Liga de Honra e mantém-se na Taça de Portugal. Mais do que tudo, Faquirá soube construir uma equipa multicultural, com jogadores de dez países, que pratica um futebol atraente, ofensivo e eficaz. Ninguém marca tantos golos quanto o Estoril. Faquirá é um autêntico génio das reviravoltas (cinco) no marcador. Um mestre das vitórias folgadas. E dos golos que saíram do banco de suplentes (seis). O comando da TMT está bem entregue."

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

O artigo em causa não terá sido escrito pelo próprio pai do Daúto Faquirá? Ou por um parente próximo?

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous Apredisse...

Eu quero. Tenho o mesmo sentimento com o Paulo Sergio e antes com o ... Neca.
Eu sei é outra dimensão.

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Parece que não! estive a consultar e é de um tal Paulo Anunciação, que escreve directamente de Londres. Se calhar é um heterónimo do próprio José Sou Deus na Terra...
Ó Apre, eu tb tenho esse sentimento em relação a esses 2 jogadores. O P. Sérgio era o novo Gnomo Sabrosa e o Neca incluo-o todos os anos na minha Liga Record...

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous Agoiro Jr.disse...

Mais uma notícia...ao que isto está a chegar!!
"Chelsea e Manchester United estão a arregaçar mangas para uma nova batalha, depois do recente jogo em Old Trafford, agora pela contratação de um candidato a grande jogador, um australiano com apenas sete anos , apontado como o mais talentoso e promissor da sua geração. Um DVD com as habilidades do jovem de Sydney terá despertou os dois rivais para a corrida à contratação do «craque», de seu nome Panos Armenakas."

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous Sector B32disse...

Belo post. Antes do Pinilla, já Luis Filipe, José Dominguez, Lima (o cenourinha), e tantos outros. Mas a bola é isto mesmo.

E o Carlos Martins é mesmo burrinho. Inteligência de facto próxima de um jumento.

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Blogger Peyroteodisse...

É um post que, além de estar muito bem escrito, representa o que muitos sportinguistas (inclusive eu) pensam sobre o Carlos Martins. São lesões a mais e futebol a menos para um jogador com tanto talento. E já se ouviram alguns assobios no jogo com a U. Leiria...

 
At quinta-feira, 10 novembro, 2005, Anonymous Conandisse...

O que queremos no grande Sporting : Classe, estilo, técnica, robustez, instinto assassino, dedicação, devoção. Tudo isto está personalizado : RODRIGO TELLO. É de longe o jogador mais completo que atravessa a história de êxitos e sucessos do nosso clube. Honra ao clube que nos permitiu desfrutar desta pérola. Quando daqui a longos e tristes anos, ele abandonar a competição desportiva, o Sporting vai atravessar um período de descaracterização, pois ao contrário do que dizem, existem homens insubstituiveis, eu antevejo desde de já a alteração do nosso simbolo : Rodrigo Tello com um leão ás costas.

 

Enviar um comentário

<< Home