Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

quarta-feira, outubro 05, 2005

Vamos a isso, Ruanda

Já me está a chatear esta pseudo-unanimidade em torno da qualificação de Angola para o próximo Campeonato do Mundo. Os nossos pitorescos jornais desportivos fazem disso uma bandeira e seguem os estágios dos "palancas" pela Amadora, pelo Bessa, por todo o lado. Não quero saber! É-me indiferente se se apura Angola (que tem de ganhar o último jogo no Ruanda) ou Nigéria (que está dependente desse jogo para poder seguir para a Alemanha). Não quero saber se os responsáveis angolanos temem que o "polvo nigeriano" (palavra que li isto, não inventei) está a mexer os cordelinhos para que os jogadores do Ruanda, essas feras que não dão quartel, joguem cheios de motivação. É-me indiferente o Hotel do Ruanda em que a equipa angolana vai pernoitar. Não ligo a nada do que estrelas do quilate de Mendonça ou Akwá têm a dizer. A situação de desempregado do guarda-redes João não me comove.
Se me permitem o desabafo, de tanta intoxicação mediática, já acendi uma velinha pelo Ruanda. Vamos a eles, rapazes. Vamos fazer do caldeirão de Kigali um inferno. Allez.

37 Comments:

At quarta-feira, 05 outubro, 2005, Anonymous Lars o Kirkdisse...

Pessoalmente, e sendo até natural de Luanda, só tenho uma única espectativa para este encontro:
- Que seja o último jogo da carreira de Mantorras!

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous Apredisse...

Compreendo que o Verde da Nigéria seja mais atractivo que o vermelho boi dos algolanos.

Partilho do desejo do lars o kirk: 'Que seja o último jogo da carreira de Mantorras! '

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Da minha parte, faço votos para que o Benfica encontre neste seleccionado o seu terceiro "novo Eusébio – depois de Akwá e Mantorras.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous professor pardaldisse...

Angola vai lá estar...e Pantorras vai marcar!!!

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Espero que não. Pelo menos apelei às forças do mundo oculto [sem piada racista, bem entendido] para que Angola perca.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Sancho Urracodisse...

Nada me move contra Angola (até achei piada àquela palhaçada em Alvalade) e muito menos contra o Ruanda, mas estou plenamente solidário com este movimento anti-angolano. Entre os dois, que ganhe o Ruanda, um país que visitei várias vezes e do qual só tenho a dizer bem.

Contudo, ao contrário de alguns dos comentaristas deste "post", não espero que este seja o último jogo do Mantorras, espero que seja o penúltimo. O último deverá ser no final da época, quando se fizer uma festa de homenagem ao veterano jogador angolano no cesto do pão encarnado

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous Conandisse...

Só sinto tristeza por os retornados não voltarem todos para lá.Bando de traumatizados. Fazem-me lembrar os filmes do Rambo.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Quero aqui desfazer um equívoco, Conan. Não sou retornado. Só não gosto de palancas. Nem do Mantorras. Nem do Akwá. Nem do guarda-redes João. Nem do Benfica. Nem do Manuel João Ramos. Nem do programa de culinária da RTP África. Nem... enfim, percebem a ideia.
Por outro lado, tenho um mundo de afinidades com o Ruanda. Até já aluguei o filme "Hotel Ruanda" e percebi quase tudo. Ajude-nos a fazer o Inferno de Kigali. Ru-Ru-An-An-Daaaa

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Leão Verdedisse...

Espero de facto que a Nigéria seja apurada.
Mas não desejo mal nenhum ao Mantorras e acho lamentável que aqui se façam votos para que um ser humano como vocês não possa ganhar a vida na sua profissão. O que lhe aconteceu foi muito grave. Se calhar o corpo clínico do Benfica (antes de Camacho) teve culpas, mas eu tenho uma certeza: O Mantorras é que não tem culpa nenhuma.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous professor pardaldisse...

O Rwanda não é aquele pequeno país da África Central berço dos gorilas da montanha? Hum, talvez me tivesse equivocado há pouco em relação aos professores, se é que me faço entender...:)

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Não, não se fez entender, professor Pardel. E há pouco o Conan também me fintou com o Rambo associado a filmes sobre retornados. Mas enfim: há bolas que vão ao poste.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous Várzea do Lagarto Embuchadodisse...

Caro Colhão Preto, oops!... Pato, saiba que no último censo a diferença percentual entre emigrantes (legalizados em Portugal) Ruandeses e Angolanos é de 99,9%... estando os "Palancas" em superioridade. Imaginando o meu caro Colhão como português e não magrebino, denoto assim nas suas palavras uma acentuada ponta (lá vem a menção aos cornos do Peseiro!) racista!...
O meu caro nunca terá comido uma muamba... ou terá sido comido em Luanda?... Das duas uma!
Tanta azia leonina anda a toldar-lhe a escrita!... Se precissa de pretextos pra não ir a Alvalade... olhe, dê o cú a algum Ruandês (têm fama de cumpridores e de tê-lo comprido!) que tenha escapado às chacinas dos Tutsi e fique sem se poder sentar durante umas jornadas!!!
Deixe lá os "Palancas" irem ao Mundial para ver se o meu Benfica empandeira o Mantorras por alguns milhões e a gente se livra de gastar dinheiro em joelhos!...

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Caro lagarto incubado, as percentagens provam o que quisermos, e 75% das pessoas sabe-o bem.
De todo o modo, aplicando a sua regra estatística, estaríamos também pela Ucrânia, pela Moldávia, pelo Brasil, por Cabo Verde e demais nacionalidades representadas pelos emigrantes em Portugal. Parece-me pouco para justificar um desígnio nacional. E sobretudo confuso quando estes países jogassem uns com os outros.
Há alguma confusão na sua percepção, o que não me espanta – de tanto meter os pés pelas mãos, acabou com outros órgãos anatómicos na boca. Pela força das palavras naturalmente. Daí talvez o embuchado do seu nick. As melhoras pelo enfartamento.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous Anatolydisse...

Começa a haver paneleirajem a mais nestes comentários.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous Balakovdisse...

O Tootsie não era o Dustin Hofman?

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Sancho Urracodisse...

Faço minhas as palavras do anatoly (será um emigrante russo em Portugal?). Realmente, perece haver por aqui muitas confusões de cariz sexual.

Por outro lado, acho que é abusivo apelidar-se o Bulhão de racista. Será que os ruandeses são de uma cor mais clara que os angolanos? Aqui discutem-se questões futebolísticas e não de foro racista. Eu também estou pelo Ruanda porque quero, simplesmente, que os verdinhos da Nigéria sejam apurados.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Este blog está cheio de lampiões ressabiados e de tendência sexual duvidosa.
Quanto ao Mantorras, o único jogador que chegou à sala de imprensa daquela merda daquele clube e disse ser SPORTINGUISTA tem todo o meu apoio e espero que recupere as peças e fuja o mais depressa daquele antro de cães raivosos.
Mantorras para Angola e Luis Filipe Vieira para a Colômbia, cada um para o seu habitat.

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous Alexanderdisse...

Eh pá, fiquei a saber deste blog através do Apre, e gostei muito! Parabéns!

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Anonymous professor pardaldisse...

Ó Colhão, parece-me que um urraco URRA, mas com tanta devassidão que por aqui vai, (não só se pegam logo à primeira lasca de verniz, como também são velhas conhecidas de outras sortes!) já nada me admira, caríssimo! ;)

 
At quinta-feira, 06 outubro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Ah pois é, pois é!! Também o Eusébio era sportinguista desde menino, formado nas escolas da filial da então Lourenço Marques. Só que depois, coitado, foi raptado por dois senhores (da linhagem ancestral de LFV e JV consta-se). Logo contraiu a lampiose, essa doença venerea crónica, flagelo da humanidade. Que não haja ilusões, o pantorras, o gnomo e outros tantos também estão contaminados e, até haver uma cura eficaz (está para breve), a solução remediável será o isolamento. Eu sei que é eticamente reprovável, desumano até, mas há que preservar a saude futebolistica do planeta e protege-lo desta pandemia. Assim, sugiro a minha terra-natal, Ilha de Bouvet, clima ameno, paisagens bucólicas, vida calma...

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger Pitons D´Alumíniodisse...

Assim que lêm algo que não gostam, e ainda por cima com ex-colónias à mistura, aí está a lampionada toda a acusar os outros de racistas.
Como se torcer pela Nigéria fosse torcer por uma naçao ariana contra uma africana, não ha realmente limites para a ignorancia desta corja...

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Ru-ru-an-an-daaaaaa

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Anonymous Sector B32disse...

Sou sportinguista, não retornado, e estou por Angola. Obviamente. Quero é que a Nigéria se f.... Quero é que o Ruanda se f...

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Anonymous Conandisse...

O jornal "a bola", esse baluarte da isenção, vai acompanhar em directo, na sua emissão on line,o jogo de Angola. Será com comentários de toni ?

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Que mania! Retornado porquê? Não se pode puxar pela Nigéria sem se ser acusado de neocolonialista? Ooookooochaaaa!
Diz "A Bola" de hoje que milhões apoiam os palancas negras de Mantorras e Akwá. Não! Milhões menos um. Ru-ru-an-an-daaaaa!

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Anonymous professor pardaldisse...

Perante a indisponibilidade temporária de kick o lars e sacho que urra por motivos pessoais a que só nos próprios diz respeito, foi com evidente orgulho que Colhão Pato aceitou ser o comentador do Rwanda. "Será um prazer estar rodeado pelos gorilas da montanha, de quem tenho um mundo de afinidades!" declarou o popular bro...bloguista!

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Permita-me que o corrija, professor.
1) "Ruanda" e não "Rwanda"
2) "com os quais" e não "de quem"

Para um professor, coloca-se demasiado a jeito para a bandarilha gramatical!

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Caro Professor Pardel

V.Exa sabe como é dificil para mim escrever neste blog quando tenho o portatil em cima das suas costas...

Já agora:
Mas alguem percebe peva do que este gajo cospe para aqui para dentro????

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Anonymous professor pardaldisse...

Ó Colhão, não queira fazer minhas as suas palavras, (por isso é que estão lá as aspas!) essa farpa foi outro que lha espetou, não eu!

Já viu como a irmandade mangolé se começa toda a pavonear? Esta gentalha só pretende protagonismo desde que o amigo aceitou o 'trabalhinho' lá para Kagali...

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger paparucodisse...

Eu também sou do Sporting (à séria camano!), tb sou não retornado (embora essa questão do neocolonialismo seja muito interessante), tb torço pelo Ruanda, estou-me nas tintas para Angola. O único que respeito, é Man Torras, afinal de contas ser do Sporting e levar com aqueles otários, mais os 254 milhões de lampiursos que existem (dizem...) na terra natal, não é fácil. Tem a minha solidariedade e compreensão. No resto, só tem aquilo que merece (tirando lesões), quem é que o manda comer bolo-rei em casa do orelhas com aquele açucar que vem lá nos pneus?...

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Assim se vê a implantação do Ruanda cá na terra: este já é o post que despertou mais comentários na curta história do Mãos ao Ar. Ó gente de pouca fé: quem disse que o Ruanda não desperta paixões e ódios? Que o diga o professor Pardel, que me confidenciou ter sido entochado por um bando de tutsis. A sangue frio. Juntemo-nos num curto momento de solidariedade pelo palanca entochado. Ru-ru-an-an-daaaaaa

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Anonymous Conandisse...

Para quando a emigração maçica de ruandesas para terras lusas, por forma a podermos comemorar convenientemente o apuramento desse "verdadeiro" país irmão que é o Ruanda ?

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Blogger Sancho Urracodisse...

Eu também não percebo patavina do que o professor Pardel anda para aqui a debitar no blogue, mas acho que devemos estar todos solidários com ele. É que não é todos os dias que se conhece um palanca entochado.

 
At sexta-feira, 07 outubro, 2005, Anonymous RRdisse...

Que se lixe Angola e os angolanos! Já bem bastam os directos da Casa do Brasil quando esses gajos jogam nos mundiais...

Allez, Ruanda!!!!

 
At sábado, 08 outubro, 2005, Anonymous professor pardaldisse...

"entochado"!? Ó diabo, a que se estarão estas sumidades a referir? Bem, antes "entochado" que entulhado, empalado ou qualquer outra mui nobre palavra acabada em 'ado'...imaginação foi coisa que nunca vos faltou, heim rapazes?

 
At sábado, 08 outubro, 2005, Anonymous professor pardaldisse...

O popular e pitoresco artista do mãozóar Colhão Akwá Akwá, saíu hoje chamuscado do inferno de Kagali...vem pesaroso, de vagarzinho, mas com o sentimento do dever cumprido, pois ostenta orgulhosamente um (Ru)an-an-da-r completamente novinho em folha!

Quem diria, heim!? :)

 
At segunda-feira, 10 outubro, 2005, Blogger Apredisse...

Começo a suspeitar que o virus do Sancho já infectou o Bulhão:- Akwá foi o marcador do golo do apuramento!

 

Enviar um comentário

<< Home