Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

quarta-feira, outubro 26, 2005

Mãos à Obra, Rapazes

Nestes tempos de hoje, a solidariedade é muitas vezes uma palavra oca, mas nós, no Mãos ao Ar, não somos ingratos. Gostamos de honrar quem nos tratou bem. De servir quem nos guiou espiritualmente. De ajudar quem pode pôr o Benfica no trilho certo.
João Vale e Azevedo é o mentor do nosso blog, o guru da nossa jovem comunidade, o nosso Siddharta Gautama, o nosso subcomandante Marcos, o nosso Xanana Gusmão. Mas ele, como todos os santos, é um homem modesto e acanhado. Humilde e sincero. Na vida não quer mais do que um escasso quinhão de bens terrenos, a comunhão dos amigos e um ou outro iate registado em Itália.
No Mãos ao Ar, a solidariedade não é apenas uma palavra que o Luís Filipe Vieira não sabe soletrar. Tomámos por isso em mãos a reabilitação do nosso presidente. Criámos uma petição, aproveitando as maravilhosas ferramentas digitais de hoje, que visa reabilitar o Homem e a Causa. Junte-se a nós aqui e vote, vote muitas vezes. Lembre-se: o que der hoje ao Benfica receberá a centuplicar no paraíso.
Para os mais preguiçosos, que não queiram votar mas apenas consultar o texto da petição, aqui fica o essencial:

João Vale e Azevedo foi injustiçado. Foi preso por delito de opinião (e por um ou outro furto qualificado, mas, admitamos, que em Portugal isso não é bem crime). Deixou um projecto de longa duração incompleto. Ajude-nos a recuperar Vale e Azevedo, o homem que fará do Benfica um clube ímpar entre os contribuintes do Estado português. O Benfica expulsou-o de associado, mas, com a sua ajuda, reabilitaremos o Homem e a Causa. Ajude-nos a terminar a injustiça. Ajude-nos a pôr fim à barbárie. Ajude-nos a colocar Vale e Azevedo no cadeirão de presidente do Benfica.
Como uma petição também deve ser apelativa, tomámos a liberdade de produzir umas quadrinhas de apoio que, devidamente musicadas, têm todos os condimentos para se tornar o próximo êxito de Verão do mercado nacional discográfico.

Balada do Bravo Azevedo
No Colombo, na Luz e noutros pontos do reino,
há milhares de benfiquistas de fato-de-treino.
De garrafão, linguiças, unhas grandes e zurrando aos céus.
que melhor clube para o Khadafi dos pneus?

Fio de ouro ao pescoço e unhaca amarela
Voz de cana rachada, conduz um táxi na Arrentela.
Finais perdidas já leva muitas, mas não é vingativo
Na última que ganhou, ainda Kennedy estava vivo.

João, João, presidente ideal
Tornaste o Benfica um paraíso fiscal.
Não páres, não desistas – não deixes de lutar.
Com a tua ajuda, a risota vai voltar.


Os versos são deste vosso servidor, verdadeiro poeta multifacetado e animador de baptizados. Bem hajam!

12 Comments:

At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Anonymous Anónimodisse...

Vale e Azevedo devia ser considerado socio honorario do Benfica, nunca um presidente neste clube fez tanto em tao pouco tempo.
O Circo esteve no seu expoente maximo, apesar da dupla LFV E JV serem grandes continuadores dessa qualidade circense e a introducao do "Kit" foi simplesmente genial.
O Circo nao pode parar!

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Blogger Deepdreamdisse...

Quero aqui expor a minha mais sincera opnião ...

O LVF e o JV têm feito muito em prol do riso em Portugal para colmatar as dificuldades financeiras que o pais atravessa , mas ...

Não me posso esquecer desse marco histórico que foi o reinado desse grande colosso da direção galinacea ...

A operação coração ... a operação 150 mil sócios ( na semana a seguir a terem conseguido o objectivo , apareceram mais de 30 mil cartões rasgadas na derrota caseira frente ao salgueiros ) ...

Isto sim , era uma epoca dourada da risota , que saudades ... ainda me lembro como se fosse ontem , quando eu e um grupo de amigos nos junta-mos e doa-mos 30 escudos ao gloriosa da galinha , eu contribui com uma moeda de 2$50 ... velhos tempos ...

Por isso faço votos que a petição tenha o maior dos sucessos ...

E proponho que lancem agora algo como operação GR contratado fora de tempo , abre-se uma conta bancária para se doar dinheiro para no fim já não ser preciso , porque os jogadores já não estão lesionados ...

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Anonymous Apredisse...

Fizeste bem em concretizar a sugestão, já assinei pois claro, pois trata-se de uma verdadeira causa de utilidade publica!

Viva João Vale Azevedo!

PS: Falas do post sobre o Nuno Gomes e o que isso te saiu caro, imagina que eu no dia em que o Belém ia ainda jogar com o D.Aves fiz um post chamado Gripe das Aves!
Um tipo, hoje em dia, tem que medir todos os caracteres!

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Tens razão, Apre. Continuo a sentir-me responsável pelo início de época do N. Gomes. Pior: há semanas, fiz um post sobre o Jesualdo. Foi o suficiente para o Sp. Braga saltar para a frente da tabela...

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Blogger Lars o Kirkdisse...

Caros,

A ideia da petição é adequada e já assinei. Contudo é minha firme convicção de que… é pouco.

Á semelhança de Niels Bohr em 1922, Sir Alexander Fleming em 1942, Arne Tiselius em 1948, James Watson em 1962, Kary Mullis em 1993, ou José Saramago em 1998, proponho que S. Vale e Azevedo seja considerado para o PREMIO FRANCISCO STROMP 2006.

Há muito que S. Vale merece ser agraciado com tão grandiosa distinção!

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Blogger El Ranysdisse...

Este "Mãos ao Ar" é uma fonte de gargalhadas. Obrigado, Bulhão Pato, por nos demonstrar que um sportinguista ainda pode, apesar de tudo, rir com vontade. :)

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Desconhecia a veia poética do Bulhão, que não para de me surpreender.
Deixo aqui mais uma humilde dica para juntar ao processo.

Vale meu grande amigo
contigo estou solidário
volta mais uma vez
para destruir o aviário.

P.S.) Adorei o segundo golo do Simão, apesar de um amigo, jogador daquela modalidade, me ter confidenciado que até no râguebi aquela entrada sobre o defesa era falta.

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Blogger agruras do passadodisse...

Não há nada como ver os lagartinhos todos juntos por alguma causa...
O nossos glorioso é tão magnanime que põe ao vosso dispor presidentes de tão "alto gabarito" para que possam dar todos as mãos cantando e rindo lá vão vocês todos juntos... Por falar em grandes presidentes que transformam clubes desportivos em paraísos fiscais, já ouviram falar em: Jorge Gonçalves, ou este nome não vos diz nada?... E Sousa Cintra?...João Rocha (senhor o qual deve ter dado cabo de todo o orçamento sportinguista em fraldas e Przac)... Bom , foi só uma recordação!

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Anonymous Conandisse...

Não entendo a gestão da opinião deste blog.
Desde quando este espaço pretende ser um espaço democrático e aberto????
Há uns tempos atrás, com a introdução do lápis azul, pareceu-me que estava a exitir uma tentativa de isto ser um espaço saudável,mas quando leio neste post importantissimo, com uma questão nacional, após vários comentários inteligentes e integros,a opinião de um agnóstico lampião(nem sequer sabia que os lampiões tinham conhecimentos da palavra escrita), que veio pura e simplesmente conspurcar um ambiente que se quer habitável.
Haja decênçia.

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Anonymous Juvenenodisse...

Conan, não sejas tão radical, porque o extermínio vai ser gradual, tanto neste blog como da face da terra.

 
At quinta-feira, 27 outubro, 2005, Blogger agruras do passadodisse...

Acabei de me rir a "bandeiras despregadas" quando fui à vossa maravilhosa petição e verifiquei que o Excelentissimo Senhor Sancho Urraco só a assinou em 13º lugar, a internet deve demorar para chegar a Carnaxide, e o caríssimo juveneno, senhor o qual tem alguma mania que a Bica é o melhor bairro de Lisboa, nem sequer se deu ao trabalho de a assinar.
LINDO... LINDO...

 
At sexta-feira, 28 outubro, 2005, Anonymous fáj mumbicodisse...

Há algum tempo que andava para prestar uma visita a este boteco mal lavado de que tanto tenho ouvido falar. O Google tem entradas para o "Mãos ao Ar"; o New York Times tem uma coluna dedicada aos melhores blogues do momento e há várias semanas que só refere o "Mãos ao Ar"; o director do El Mundo já assinou dois editoriais dedicados ao "Mãos ao Ar"; O Museum of Modern Art de NI tem uma escultura pós-moderna de um bloguer do "Mãos ao Ar"; o Boletim da Associação Recreativa dos Amigos dos Doentes de Osgood Schlatter tem um número especial dedicado ao "Mãos ao Ar"; e até o Público pondera fazer uma edição especial dedicada ao "blogue que mudará a face do país e, quiçá, do Mundo". Perante tanto frenesi, tive de visitar o dito boteco.

E, na verdade, ele há coisas que não se percebem. Esperava encontrar aqui a cura para a doença do pé de atleta, o mapa com o respectivo X para o Santo Graal, a pedreira da Arrábida de onde foi retirada a pedra filosofal ou mesmo a razão porque as tartarugas voltam sempre à praia onde nascem. Mas não. Procurei, procurei, procurei, e a única coisa que encontrei foi uma série de dissertações de dois autores que até nem escrevem nada mal, com uma pitada de humor aqui e um pouco de conhecimentos de bola acolá e... mais nada.

Pensei que tivesse vindo ao blogue errado e já desesperava pensando que havia neste momento 375.451.211 pessoas a ler o blogue correcto e eu, feito palerma, estava aqui a perder tempo
Nota: o número de visitantes é exagerado, mas deve-se ao anúncio recente de que o blogue está indicado para receber uma comenda do presidente Sampaio. Será a última do seu mandato, em jeito de excepção, fora do época das comendas (ali por inícios de Junho, quando elas estão mais fresquinhas), porque o presidente estava chateado por ter dado um colar todo catita ao bica curta (Kofi Anan) e não ter dado nada ao blogue de que todos falam.

Adiante...

Estava eu a pensar que já me tinha enganado... quando deparo com esta pérola do bem escrever, assinada pelo senhor ameijoa, na qual é criada uma petição apelando ao regresso do JVA.

E aí tudo fez sentido. Os planetas voltaram às suas órbitas, os rios voltaram a correr para o mar, os jovens futebolistas portugueses voltram a violar raparigas em hotéis e os treinadores da primeira liga voltaram a ser despedidos. Tudo estava nos eixos. Afinal... o senhor ameijoa é, na verdade, um grande benfiquista, cujo objectivo é unir os adeptos desse clube em torno de um ideal, seja ele qual for.

E como as únicas alturas em que os adeptos do benfica se unem verdadeiramente é quando sobem para a estátua do Marquês (o que aconteceu apenas duas vezes nos últimos anos) ou quando aparam os pêlos da barba todos ao mesmo tempo antes dos jogos (para aparecer na televisão), era de facto urgente unir os benfiquistas. E nada melhor para o fazer do que potenciar a chacota em torno de JVA.

Shame on you, sr. ameijoa.

 

Enviar um comentário

<< Home