Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

sexta-feira, setembro 02, 2005

Santos e Tansos

O guarda-redes do Sporting e da selecção é um frangueiro. Não é opinião. É um facto. Ao lado do artista do Montijo, o Rudolfo Rodriguez era um rapaz talentoso. O Vital, então, era um prodígio. O Dias Graça (que o terceiro anel imortalizou como "Desgraça") era o Dassaev. O Bella Katzirz e o Baroni eram estratosféricos.
A verdade, por muito que custe aos "leões", é que o Sporting tem tido uma longa sequência de "patos" com a responsabilidade de guardar a baliza. Depois de Vítor Damas, foi um descalabro, e a baliza de Alvalade (estádio velho e estádio novo) só atrai artistas. Lembram-se do Ivkovic, o do golpe de vista, que conhecia de gingeira o Geraldão? O mesmo que, em Alvalade, sofreu um golo do meio-campo, apontado pelo Jorge Couto? E que sofreu o golo mais estúpido do mundo, marcado pelo Kostadinov?
E do Rui Correia, protótipo de anão adaptado à baliza? Julgo que, na história do Shwarowski Tirol, não consta mais ninguém que tenha sofrido quatro golos no mesmo jogo - só o Rui Correia em 1987.
E o Vital? Em Alvalade, contra o Benfica, na ânsia de captar um "chapéu" de abas largas do Abel Campos (quem? - pergunta o leitor amnésico), esbarrou com a testa no poste e foi assistido durante vinte minutos.
Juntemos ainda o Sérgio, guarda-redes da Baixa da Banheira, que foi massacrado pelo Grashoppers. O Costinha e o Lemajic que, somados, não faziam um guarda-redes. E o De Wilde, guarda-redes internacional que até marcava penalties - mas era sem bola e com o copo de tinto.
Em 1998/1999, o clube teve porventura a pior dupla de guarda-redes da história - Tiago e Nélson, ou Nélson e Tiago se preferirem. Um desastre. Nessa época, o Sporting sofreu alegrememente três golos do FC POrto (Tiago), mais três do Benfica (Nélson) - mais dois do Benfica (Tiago) e outro do FC POrto (Nélson). Este último, marcado por Zahovic com a anca!
Schmeichel prometia mundos e fundos, mas fez à sua conta uma capoeira de respeito. A memória do Viking Stavenger faz soar o sinal de alarme?
Em 2003, chegou, com pompa e circunstância, o Ricardo, troféu de caça surripiado ao Benfica. Nestas coisas da memória, o Sancho Urraco custuma ter lacunas, mas eu até vou registando. Que me lembre, o pateta do Montijo custou a eliminatória com Gençlerbirligi (mais o Mário Sérgio), o jogo com o Benfica (Geovanni), outro jogo com o Benfica (Luisão), a final da UEFA (Wagner Love e companhia), a eliminatória da Champions (Udinese) e mais alguns frangos dispersos.
Irado, o presidente do Sporting exige respeito pelo guarda-redes da selecção. O clube de Alvalade persiste em apaparicar o frangueiro, protegendo-o da "pressão externa" e dos mauzões que não querem ver a evidência. A evidência, senhores, é só esta: santos e tansos escrevem-se com as mesmas letras, mas querem dizer coisas diferentes. Qual dos nomes encaixa melhor nos fãs do Ricardo?

5 Comments:

At quarta-feira, 14 setembro, 2005, Blogger EvOl rOmAdisse...

A prosa está espectacular! ... só um senão, a alegada má prestação de ricardo na final (não concordo), só terá sido possível porque na 1ªmão com o AZ evitou por várias vezes a derrota enfentando sózinho os avançados!
Como costumo dizer: não tenho memória de uma grande equipa do Sporting sem 1 keeper e 1 ponta de lança de excepção!!

 
At quarta-feira, 14 setembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Concordo. E até alargo o elogio ao Ricardo no segundo jogo com o Newcastle, em Alvalade. Mas são excepções.

 
At quinta-feira, 22 setembro, 2005, Anonymous Apredisse...

Tansos, sem duvida.

Belo post, nem mais, eu Digo a todos os amigos e leitores desde antes do Euro que
UMA EQUIPA COM O RICARDO À BALIZA NUNCA MAIS VENCERÁ QUALQUER TITULO,

De tal forma estava convicto que ele ia meter àgua na final do Euro que já tinha este post preparado que saiu no Apre 2' depois do apito final e é ainda hoje o recordista de coments 175.
depculpem o copy paste, ams para não repetir o que acho dele:

RICARDO, E O EFEITO BAIA

-Tenho que admitir que Ricardo foi o Herói do Portugal-Inglaterra dos quartos de final, ao defender e marcar os penalties decisivos. Foi buscar a força e garra que lhe faltaram no ultimo ano, para exorcizar o fantásma Baia.
-Tenho que reconhecer que apesar de termos sofrido, tal como com a Grécia um 1º golo evitável com culpas tripartidas tb por ele, foi a raiva acumulada da sua titularidade discutida e dos penalties a entrar a meio da baliza, que em desespero o levaram a tirar as luvas, por uma superstição própria tipo 'para que preciso de luvas se não defendo uma', que resultou numa enorme alegria para todos os Portugueses.
-Tenho que admitir que Scolari acertou em cheio na equipa (novidade só para ele após 9 jogos sem ganhar), mas também nas substituições, com jogadores sedentos de oportunidades a corresponderem com golos e passes para golo, Simão, Rui Costa e Postiga que acrescentou ainda um penaltie à Panenka.
-Tenho que reconhecer que Scolari merece confiança agora, depois de 3 vitórias com a equipa certa, por ter dado a mão à palmatória com o nucleo do FCP a ter feito alterações com as vacas que continuam a ser sagradas pela qualidade (Rui e Figo), e o sangue novo sábiamente introduzido.
-Mas tenho que perguntar se Ricardo, (apesar de não ser tão bom como Baia que tb foi heroi há 4 anos ao defender nos quartos o penaltie Turco que dava empate),com a garra dos velhos tempos, a partir de agora que passou a ser essencial para Portugal pelo nivel dos adversários estará à altura de um Guarda Redes que permita a Portugal ser Campeão Europeu?

 
At quinta-feira, 22 setembro, 2005, Anonymous Apredisse...

Sorry enganei-me no post, o recordista e do dia da Grecia Campeã Europeia foi este:

BAIA: O FRACASSO DE SCOLARI

-Podia dizer que a não convocatória de Baia foi um erro monstruoso, e uma injustiça imperdoável para quem teve uma epoca a roçar a perfeição contra a de Ricardo que foi desastrosa.
-Podia dizer que PELÉ, RIJKAARD, BAIA são os 3 jogadores mais vitoriosos de sempre em titulos conquistados - 25!
-Podia dizer que Scolari em 2 anos não visitou o estádio do bi-campeão nacional, da Taça UEFA, nem do Campeão Europeu, esquecendo-se de convocar Baia para o Euro para surpresa dos europeus, que chegaram a dizer ser um desgosto e uma perda para o futebol (Casilhas, Dasayev, etc.).
-Podia dizer que ao contrário de Romario, Baia não faltou a nenhum compromisso para ir de férias para Cayo Coco.
-Podia dizer que nunca houve fio de jogo, e a seleção nunca passou de um conjunto de bons jogadores,(do FCP apenas Costinha era titular), até Scolari ter aproveitado contra a Russia a espinha dorsal Portuguesa do Campeão Europeu de clubes, o pôr a defesa e o meio campo do FC Porto, que jogavam de olhos fechados.
-Podia dizer que no 1ºjogo com a Grécia, não estava lá R.Carvalho nem Baia para o evitável 1ºgolo, nem Nuno Valente e Carvalho, para o evitável 2º, e com a Inglaterra sofremos tb 2 golos evitáveis.
-Podia dizer que na final com a Grécia, Ricardo se não tivesse SAIDO EM FALSO a bola batia-lhe nas canelas, e não resultaria na perda do titulo Europeu.
-Podia dizer que o resultado desta teimosia em ter um GR que sofre o dobro dos golos de Baia no Campeonato, e não tem um décimo da experiência, curriculo e qualidade deste, com o aval dos média e Portugueses ressabiados em geral, nos custou um Campeonato Europeu como País organizador, e nos rendeu em 9 jogos contra seleções do Euro no ultimo ano, zero vitórias.
-Podia dizer que milagres assim (como aconteceu com a Inglaterra) nem sempre acontecem.
-MAS NÃO DIGO, porque afinal PORTUGAL É CAMPEÃO EUROPEU de CLUBES, à conta do FC PORTO, e a jogar em casa tinha obrigação de ter sido CAMPEÃO EUROPEU de SELECÇÕES.
É caso para dizer: BAIA JÁ É CAMPEÃO EUROPEU, E TU SCOLARI?

 
At quinta-feira, 22 setembro, 2005, Anonymous Apredisse...

Ricardo é o culpado do Sporting e a Selecção serem Campeões de nada!

 

Enviar um comentário

<< Home