Mãos ao ar

Blogue de discussão desportiva. Qualquer semelhança entre este blogue e uma fonte de informação credível é pura coincidência e não foi minimamente prevista pelos seus autores. Desde já nos penitenciamos se, acidentalmente, relatarmos uma informação com um fundo de verdade. Não era, nem é, nossa intenção.

quinta-feira, setembro 15, 2005

Rotatividade e o troglodita

O princípio da rotatividade numa equipa de futebol é mais fácil de enunciar do que levar à prática. No papel, parece lógico que José Peseiro tenha abdicado de Liedson, Edson, Beto e Douala (por lesão) e Sá Pinto e Rogério (por opção), depois do desgastante jogo de sábado. Pela frente, tinha uma equipa paupérrima, do pior que anda na Taça UEFA, pelo que o risco seria sempre residual. A aplicação prática da noção, porém, é assustadora e tem como resultado a exibição grosseira que o Sporting realizou na Suécia.
A Miguel Garcia faltam pernas e discernimento. A Deivid falta talento. A Pinilla falta calma. A Varela e Nani falta experiência. A Silva... falta tudo. No século XIX, quando Darwin apresentou as bases do evolucionismo, houve quem contestasse o alegado parentesco do ser humano com os restantes primatas. Quem vê Silva em luta contra o relvado, contra a bola, contra os adversários e contra o atrito do ar, perde todas as dúvidas. Descendemos realmente de uma forma rudimentar de primata, como aliás o comprova a numerosa falange de apoio que compõe o Estádio da Luz regularmente!
Peseiro comporta-se como um jogador de cartas, que faz bluff sem ter jogo que o suporte. Hoje, a ameaça correu bem perante os ingénuos da Suécia. Esperemos que a rotatividade seja definitivamente metida num saco e lançada ao mar. De preferência, com o Silva lá dentro!

P.S.: Parabéns ao Sp. Braga, V. Setúbal e V. Guimarães pelos resultados positivos alcançados hoje.

6 Comments:

At sexta-feira, 16 setembro, 2005, Blogger Deepdreamdisse...

A tasca está mais uma vez presente para comentar os amigos .

Quanto ao bisnagas ( SILVA ) , acho que tem uma coisa a mais , gordura , quanto ao resto , de facto falta muita coisa , e uma delas é qualidades de jogador .

Saudações leoninas

 
At sexta-feira, 16 setembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Obrigado pelo feed-back. Se houve coisa assustadora no jogo de ontem, foi a confirmação de que, para Peseiro, Silva parte à frente de Pinilla e Varela.

 
At sexta-feira, 16 setembro, 2005, Blogger EvOl rOmAdisse...

O peseiro como grande treinador k é, colocou certamente o TrogloBisnagas para ver se ele tb se lesionava..
..temo k volte a tentar;(

 
At sábado, 17 setembro, 2005, Blogger paparucodisse...

Também acho que falta calma a Pinilla, às vezes dá a sensação que está sempre em ansiedade permanente. Mas é o melhor deles todos, Liedson à parte. E que eu saiba, também quem já provou mais. Um hat-trick contra o Braga, mais um grande golo contra o Moreirense, mais um outro contra o Boavista, uma reviravolta europeia (AZ) com outro golo de antologia, muita raça, agressividade atacante e um jogo aéreo que o seu 1,88 lhe confere. Terminou a última temporada claramente como o jogador mais em forma e mais confiante da equipa e com capacidade para fazer a diferença! Fez uma falta brutal contra o benfica e na final contra o CSKA! Por isto tudo não percebo Peseiro e muito menos as suas prioridades para o ataque...

 
At quinta-feira, 22 setembro, 2005, Anonymous Apredisse...

Houve jogadas em que o Silva parecia um Homo Sapiens vestido com o equipamento do Sporting!

 
At quinta-feira, 22 setembro, 2005, Blogger Bulhão Patodisse...

Eu diria que houve jogadas pontuais em que o Silva não parecia um homo sapiens grosseiro vestido de verde e branco. O problema é que esse não é o estado normal do Silva.

 

Enviar um comentário

<< Home